04/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Detran inicia por Nova Cruz cronograma de testes de direção veicular de setembro

Detran inicia por Nova Cruz cronograma de testes de direção veicular de setembro

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) inicia nesta segunda-feira (04) a execução do cronograma de exames práticos de direção veicular que serão aplicados nos municípios do interior do Rio Grande do Norte durante o mês de setembro. Os examinadores estão hoje na cidade de Nova Cruz, no Agreste Potiguar, e no decorrer do mês outros 17 municípios polos distribuídos em todas as regiões do Estado terão candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) avaliados pelo Departamento.

Somente no interior, a previsão é de que cerca de três mil candidatos passem pela avaliação no mês de setembro. O processo de exames realizado pelo Detran é contínuo e vem evitando a demanda reprimida e possibilitando que os testes sejam realizados periodicamente sem espera por parte dos usuários, como é o caso das avaliações realizadas na sede do Detran em Natal onde o usuário, muitas vezes, consegue agendar e realizar o teste prático no mesmo dia.

O cronograma de exame de direção veicular foi planejado observando a necessidade de abranger todas as principais cidades de cada região, que devem receber também usuários dos municípios circunvizinhos. Os peritos analisam o conhecimento prático de volante dos alunos que já foram considerados aptos nos exames médico e psicológico, e que também já concluíram a carga horária de aulas prática e teórica ministradas pelo centro de formação de condutor de sua escolha.

Para que o candidato seja aprovado no teste é necessário que ele não cometa nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três. No caso de reprovação o candidato só poderá repetir o exame decorrido 15 dias da divulgação do resultado.

De acordo com informações coletadas no setor de Estatística do Detran, durante os primeiros sete meses deste ano foram realizados 33.596 testes práticos de direção veicular no Estado. A média mensal deste ano corresponde a 4.800 avaliações. No primeiro semestre de 2017 foram expedidas 12.583 CNHs com registro de primeira habilitação, o que corresponde a 12% das expedições desse tipo de documento no ano. Já a frota atual é de 1.215.590 veículos.

Cronograma de Exame Prático de Direção Veicular – Setembro 2017

04/09 – Nova Cruz;

05/09 – Canguaretama;

06/09 – São José do Mipibu;

11/09 – Macau;

12/09 – João Câmara;

13/09 – Ceará Mirim;

14/09 – São Paulo do Potengi;

15/09 – Angicos;

18/09- Patu;

19/09 – Caicó;

20/09 – Jucurutu;

21/09 – Parelhas;

22/09 – Currais Novos;

25/09 – Santa Cruz;

26/09 – Alexandria;

27/09 – Pau dos Ferros;

28/09 – Apodi;

29/09 – Caraúbas.

Assessoria de Comunicação Detran/RN

Compartilhe:
04/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Sífilis pode aumentar chances de contaminação pelo HIV, alerta especialista

A Organização Mundial de Saúde estima que todos os dias sejam diagnosticados pelo menos um milhão de novos casos de infecções por doenças sexualmente transmissíveis.

No Brasil, o número de casos de sífilis aumentou cinco mil por cento em cinco anos. Só em 2015, mais de 65 mil casos foram registrados.

RadioAgência Nacional

Compartilhe:
04/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Robinson Faria destaca turismo religioso no RN após a canonização dos Mártires

No mês de outubro, os mártires de Cunhaú e Uruaçu, vítimas de massacres ocorridos em 1645, nos municípios de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante, serão canonizados e reconhecidos como santos pela Igreja Católica. O fato marca a história, religião e turismo do Rio Grande do Norte, já que o estado potiguar terá os primeiros mártires santificados do Brasil. Damiana Vicente Ferreira, mora em Canguaretama, é devota dos mártires de Cunhaú e comemora a canonização. “Minha família inteira tem devoção pelos mártires que derramaram sangue por Jesus. Tudo que peço a eles, consigo alcançar”, contou a fiel.

Para discutir os detalhes do evento que acontecerá no Vaticano, em Roma e o apoio do Governo do Estado na preparação do município de Canguaretama para receber fiéis após a canonização, o governador Robinson Faria esteve na cidade da região Agreste na manhã deste domingo (03) e participou de uma missa no Santuário Chama de amor, com o padre José Neto. Antes da missa, Robinson visitou a Fazenda Cunhaú, onde está a capela Nossa Senhora de Candeias, um dos cenários do massacre.

Na ocasião, o governador afirmou que será construída uma área de lazer, banheiros e serão oferecidas opções de lanchonetes e restaurantes. Além disso, Robinson destacou que a estrada que liga a BR-101 a igreja principal será restaurada. “O local ficará adequado para receber a alta demanda de visitantes”, destacou o chefe do executivo estadual.

Robinson acrescentou que “após a canonização, nosso estado receberá peregrinações e movimentação de fiéis do mundo inteiro nas cidades onde os mártires passaram. Por isso, vamos investir na infraestrutura e incentivar cada vez o turismo religioso em Canguaretama e São Gonçalo do Amarante, gerando emprego, renda e desenvolvimento para a região”.

A prefeita de Canguaretama, Fátima Marinho, agradeceu o apoio e ações do governo. “Estamos em contato permanente com a administração estadual para colocar em prática o projeto e atrair mais turistas e fiéis para nosso município”, disse Fátima.

Acompanharam o governador na visita ao município, a primeira-dama e secretária da Sethas, Julianne Faria e o deputado estadual, Dison Lisboa.

HISTÓRIA

Os mártires potiguares foram vítimas de dois massacres, ambos no ano de 1645, no contexto das invasões holandesas no Brasil. O primeiro na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho de Cunhaú, município de Canguaretama; outro em Uruaçu, comunidade do município de São Gonçalo do Amarante. Todos foram brutalmente assassinados por ódio à Igreja Católica. Entre eles, estavam os padres André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro, além do camponês Mateus Moreira, que teve o coração arrancado.

Compartilhe:
04/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Quatro suspeitos de assaltos a banco morrem em confronto com a PM no RN

Armas utilizadas pela quadrilha apreendida pela PM (Foto: Blog Catolé News)

Quatro criminosos foram mortos durante um confronto com policiais militares do Rio Grande do Norte e da Paraíba, na tarde deste domingo (3), em uma fazenda entre as cidades de Campo Grande e Janduís, na região Oeste potiguar. Armas de grosso calibre foram apreendidas. Um policial levou um tiro de raspão, mas passa bem.

De acordo com a PM potiguar, os bandidos faziam parte de uma quadrilha que estava sendo perseguida desde a cidade de Brejo do Cruz, na Paraíba. Pela manhã, a quadrilha havia invadido a cidade paraibana em três veículos e explodido uma agência bancária. Moradores foram feitos de reféns na porta da agência.

Ainda segundo a polícia, a quadrilha fugiu em direção ao RN. A Polícia Militar paraibana pediu apoio à PM potiguar. Na fuga, os bandidos ainda queimaram um dos carros para conter os policiais, mas já em Campo Grande houve o confronto.

Os mortos estão na sede do Itep de Mossoró, para serem reconhecidos.

A polícia também conseguiu apreender o armamento que a quadrilha usava. Pelo menos quatro membros da quadrilha conseguiram escapar.

G1 RN

Compartilhe:
04/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Maior açude do Ceará, Castanhão chega a menor volume de sua história

Foto: Divulgação/Ministério da Integração Nacional

Edwirges Nogueira – Correspondente da Agência Brasil

Maior açude público de usos múltiplos do Brasil, o Castanhão, no Ceará, chegou esta semana ao volume mais baixo de toda a sua história. Atualmente, o reservatório mantém 4,46% de toda a sua capacidade de 6,7 bilhões de metros cúbicos (m³). Uma marca semelhante a essa só havia sido atingida em 2004, quando era recém-inaugurado e estava pegando os primeiros aportes de água.

Pelos cálculos da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do estado (Cogerh), essa quantidade de água deve ser suficiente para manter os usos do açude, que já estão reduzidos, até por volta de janeiro de 2018. Após essa data a situação será reavaliada considerando os prognósticos do período chuvoso do Ceará, que começa em fevereiro e se estende até maio. O volume total disponível atualmente é de 298,5 milhões de m³. Desses, 75 milhões de m³ correspondem ao chamado volume morto.

O gigante cearense é um dos principais responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza, onde vive quase metade da população do estado. No entanto, hoje ele  responde somente por 10% da água que chega às casas da capital. Cerca de 7 metros cúbicos por segundo (m³/s) viajam por 250 quilômetros, via Eixão das Águas, para complementar os outros 90%, que são oriundos de reservatórios localizados na própria região. Ano passado, a lógica era contrária: o Castanhão contribuía com 70% da água consumida na Grande Fortaleza.

“O Castanhão é o mais emblemático dos açudes do Ceará. Ele é o maior e teve aportes muito pequenos. Há seis anos que ele não recebe quantidade suficiente de água”, relata o diretor de planejamento da Cogerh, Ubirajara Patrício. Neste ano, quando o estado registrou precipitações dentro da média histórica, o reservatório captou 121 milhões de m³, mas em 2016 o aporte foi de apenas 75 milhões de m³.

A queda do volume do Castanhão vem desde 2012, quando começou o longo ciclo de seca no Ceará que permanece até hoje. Mesmo ficando dentro da média histórica, as precipitações da chamada quadra chuvosa (entre fevereiro e maio) ocorreram de forma irregular e localizada. Com isso, os maiores açudes do estado, Orós e Banabuiú, a exemplo do Castanhão, não conseguiram se recuperar das perdas acumuladas.

Poucas chuvas e evaporação são dois dos fatores climáticos mais sensíveis nos açudes do semiárido cearense. Por outro lado, os usos da água também afetam essa equação. “Em tese, o consumo de água é crescente. Há mais produção, mais áreas irrigadas, as cidades crescem. Buscamos alternativas para fazer o balanço entre oferta e demanda”, explica Patrício.

Os perímetros irrigados públicos de Jaguaribe-Apodi e de Tabuleiro de Russas, que usam as águas do Castanhão para suas atividades, estão com restrição de pelo menos 70% de água, segundo a Cogerh. Além disso, ainda conforme o órgão, não há nenhuma permissão para irrigação usando a água do açude no percurso do Eixão das Águas. Os criadouros de tilápia também foram drasticamente reduzidos. Com pouca água, há pouco oxigênio, o que inviabiliza a criação.

Com essas restrições, as águas do Castanhão atualmente abastecem oito cidades ao longo de um trecho de 100 quilômetros do rio Jaguaribe, que foi perenizado pela obra do açude, além dos municípios que ficam ao longo do Eixão das Águas e do antigo Canal do Trabalhador.

Compartilhe:
04/09/2017
Por Danilo Evaristo em Esporte

Operário-PR faz 5 a 0 contra o Globo FC fora de casa e fica próximo do título da Série D

Uma vitória incontestável e um placar arrasador. O Operário-PR  fez 5 a 0 neste domingo e passou por cima do Globo FC nesta primeira final da Série D do Campeonato Brasileiro no estádio Barretão, em Ceará-Mirim. Os gols da partida foram marcados por Tiago Lima (contra), Lucas Batatinha, Quirino, Jean Carlos e Dione.

O placar começou a ser construído na primeira etapa de jogo, quando o Fanstama abriu logo 2 a 0 no placar em jogo que se mostrava com poucas oportunidades de gol de lado a lado. Na segunda etapa, a situação mudou quando o time da casa precisou sair para buscar o empate e nos contra-ataques o Operário-PR matou o duelo com mais tentos em lances parecidos.

Com a vitória massacrante, o Fantasma pode perder até por quatro gols de diferença na volta, no próximo domingo no estádio Germano Krüger, que irá se sagrar campeão desta Série D do Brasileirão.

Globoesporte.com

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Del Rayssa exibe suas peças na FINECAP em Pau dos Ferros

Del Rayssa exibe suas peças na FINECAP

A empresa Del Rayssa de Jucurutu – de propriedade do casal Menezes e Fátima -, exibe suas peças íntimas na FINECAP, em um estande exclusivo durante a realização de uma das maiores feiras de negócios do Rio Grande do Norte, que está sendo realizada em Pau dos Ferros até amanhã (04). As peças produzidas pela empresa também serão exibidas nos desfiles de moda na passarela do espaço Sebrae.

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Com jeito de centrão, 36º partido brasileiro está prestes a nascer

Apesar do nome Muda Brasil, o 36º partido brasileiro está longe de apresentar uma novidade no cenário político nacional. A legenda evita se posicionar em algum campo ideológico, definindo-se como de centro, e tem o sucesso na sua criação atribuído ao ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado no mensalão e principal liderança do PR. O presidente da nova legenda, José Renato da Silva, afirma que Valdemar o ajudou apenas “não atrapalhando”, mas reconhece que está no PR a origem de seu partido.

— Sobre o Valdemar, tenho afeição por ele. Fiquei 15 anos no PR. Ele não me ajudou como eu gostaria. A ajuda que eu tive dele foi de não atrapalhar, de me dar liberdade de conversar com ex-companheiros. Alguns puderam me ajudar. Tive apoio de pessoas de praticamente todos os partidos, mas claro que no PR tem uma afinidade grande e foi uma boa base do apoio que eu tive — afirmou José Renato.

O pedido de registro do partido já recebeu parecer favorável do Ministério Público Eleitoral. Com isso, falta apenas o ministro Napoleão Nunes Maia preparar seu voto e levar o caso ao plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com a aprovação até o dia 7 de outubro, a legenda já estará apta a disputar as eleições de 2018.

José Renato afirma que está aguardando a aprovação pelo TSE antes de concluir as negociações com parlamentares interessados em se filiar à legenda. Ele destacou que, como o prazo para filiações para quem quer disputar cargos em 2018 só se encerra em abril do próximo ano, há mais tempo para negociações. Sobre a ideologia do novo partido, o presidente afirma que será uma legenda de “propostas”, mas sem deixar claro quais ideias defenderá.

— Defendemos ser um partido de propostas. Nesse linguajar popular, de direita e esquerda, seria de centro. Temos algumas coisas, como o pensamento de que o ser humano é o objetivo maior da política, de que temos de fazer tudo pensando no bem-estar do cidadão. Sobre a participação do estado, pensamos que tem de ser o mínimo possível. É preciso deixar valorizar os segmentos da sociedade — afirma o presidente do Muda Brasil.

O Globo

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Papa Francisco pede reconciliação entre as Coreias

Foto: Tiziana Fabi/AFP

Por Reuters

O papa Francisco pediu neste sábado (2) a uma delegação de líderes religiosos sul-coreanos que promovam a reconciliação e rechacem a violência e o medo, em meio à tensão na Península das Coreias.

Representantes de diversas religiões se encontraram com o pontífice no Vaticano e ouviram um discurso no qual Francisco disse que eles deveriam começar a “arregaçar as mangas”.

“Líderes religiosos são chamados para iniciar, promover e acompanhar processos pelo bem-estar e pela reconciliação de todas as pessoas”, disse o papa a uma delegação de 20 pessoas.

“Somos chamados para sermos os arautos da paz, proclamando e incorporando um estilo não violento, um estilo de paz, com palavras claramente diferentes daquelas da narrativa do medo, e com gestos que se opõem à retórica do ódio.”

A rica e democrática Coreia do Sul está tecnicamente em guerra com a reclusa e pobre vizinha do Norte, que regularmente ameaça destruir o Sul e seu principal aliado, os Estados Unidos.

Atos da Coreia do Norte aumentaram a tensão na região na semana passada, quando o país lançou um míssil balístico de médio alcance que sobrevoou o Japão e caiu no oceano Pacífico.

Em resposta, os EUA e a Coreia do Sul concordaram em revisar um tratado que limita o desenvolvimento de mísseis balísticos, que o Sul quer usar para aumentar suas defesas.

Alguns dos líderes que visitaram o papa, incluindo um budista, vestiam trajes religiosos. O Vaticano não disse quais outros credos estavam representados no encontro.

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

TCU observa desvios até 70% maiores na Petrobrás

Foto: ANDRE DUSEK | ESTADAO CONTEUDO

Fábio Fabrini, O Estado de S.Paulo

A análise de provas da Operação Lava Jato tem feito o Tribunal de Contas da União (TCU) rever a apuração de prejuízos em obras da Petrobrás. A corte refez os cálculos de superfaturamento, com base em documentos obtidos em quebras de sigilo de empreiteiras investigadas, e já descobriu desvios até 70% maiores do que os constatados em auditorias antigas.

A reavaliação foi feita em três contratos da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e um do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). As perdas ao erário até agora apontadas nesses casos, em valores atualizados, somam R$ 3,7 bilhões.

O TCU recebeu da 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, do juiz Sérgio Moro, notas fiscais emitidas por fornecedores de materiais usados pelas empreiteiras nas obras da Petrobrás. Os documentos mostraram o custo real de equipamentos específicos da indústria de petróleo, os chamados “itens tagueados”, que antes não constavam dos sistemas oficiais de pesquisa de preços consultados pelo tribunal. Ao comparar os valores praticados no mercado com os previstos nos contratos, revelou-se um rombo maior.

A corte está refazendo as contas de pelo menos mais nove contratos de Abreu e Lima, da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, e também da Usina de Angra 3, gerida pela Eletronuclear.

O entendimento dos ministros é de que, se o dano ao erário apurado superar o que já foi devolvido pelas empreiteiras em acordos de leniência firmados com o Ministério Público Federal ou o governo, cabe cobrá-lo integralmente.

Maior diferença. O novo pente-fino do TCU indicou superfaturamento 70% maior do que o já conhecido na construção da Central de Desenvolvimento de Plantas de Utilidades (CDPU), uma das estruturas mais importantes do Comperj. As perdas saltaram de R$ 295 milhões para R$ 505 milhões, conforme relatório sigiloso, obtido pelo Estado – em valores atualizados em outubro do ano passado, chegam a R$ 686 milhões.

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Marinha do Brasil alerta para ondas de até 4,5 metros entre Natal e Salvador

Por G1 RN

A Marinha do Brasil emitiu um alerta aos navegantes do litoral nordestino para a presença de mar grosso/muito grosso, além de ventos fortes, que devem causar ondas de até 4,5 metros de altura entre Natal e Salvador a partir da noite do sábado até as 21h desta segunda-feira (4).

A Capitania dos Portos recomenda que as embarcações de pequeno porte evitem navegar no mar neste período e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Outras informações sobre previsões meteorológicas estão disponíveis no site do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM).

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Trump decreta dia nacional de oração: “Deus é nosso refúgio e fortaleza”

Trump decreta dia nacional de oração: “Deus é nosso refúgio e fortaleza”

Jarbas Aragão/Gospel Prime

A cena parece ter saído dos relatos do Antigo Testamento. Exortado por líderes religiosos, o líder de uma nação inteira decreta “um dia nacional de oração”.

Após o furacão Harvey passar nos últimos dias pelo sul dos Estados Unidos, causando bilhões de prejuízo em um rastro de destruição e mortes, o presidente Donald Trump tomou a decisão de convocar o país a dedicar o domingo (3/9) para pedirem a benção de Deus sobre o país. Ao lado do vice, Mike Pence, ele assinou um documento oficial.

O anúncio foi feito após ele receber a visita de pastores e líderes evangélicos em seu gabinete. O pedido de Trump se alia ao do governador do Texas, Greg Abbott, que também convocou os texanos a orar pela recuperação do seu estado.

“Estamos profundamente gratos por aqueles que se dedicam ao serviço, e oramos por cura e conforto para os necessitados”, afirma a proclamação do presidente, divulgada pela assessoria de imprensa da Casa Branca.

“À medida que os esforços de resposta e recuperação continuam e, à medida que os americanos oferecem o alívio necessário para as pessoas do Texas e da Louisiana, lembremos da promessa das Escrituras de que “Deus é nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações”, continua a nota, citando o Salmo 46.

“Exorto todos os americanos e casas de culto em toda a Nação a se juntarem em uma única voz de oração, enquanto buscamos apoiar um outro e ajudar aqueles que sofrem com as consequências dessa tempestade terrível”, afirmou Trump. Ele anunciou também que doará 1 milhão de dólares de seu próprio bolso para as vítimas.

A oração feita sobre Donald Trump, com imposição de mãos, foi liderada pelo pastor Robert Jeffress, líder da Primeira Igreja Batista de Dallas, um influente líder cristão que esteva ao lado de Trump desde a campanha presidencial.

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Temer diz que ainda acredita na aprovação da reforma da Previdência

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Agência Brasil

O presidente Michel Temer disse neste sábado, em entrevista ao Jornal da Band, que acredita que o governo ainda vai conseguir colocar em pauta e aprovar a reforma da Previdência no Congresso Nacional.

De acordo com ele, os últimos 90 dias, apesar de “muito tumulto político”, foram um período de notícias positivas na economia, como a criação de empregos e o crescimento do PIB, o Produto Interno Bruto. Como altera a Constituição, a proposta precisa ser aprovada em dois turnos, na Câmara e no Senado, com alto quórum [308 deputados e 49 senadores].

Citando a vitória do governo em outros assuntos tratados pelo Planalto como reformas estruturais, como a emenda que institui um teto para os gastos públicos e a mudança de leis da CLT, a Consolidação das Leis do Trabalho,Temer disse estar disposto a levar adiante as alterações ao acesso à aposentadoria e, posteriormente, promover uma reforma tributária. “Penso que ainda vamos conseguir aprovar a reforma da Previdência”, afirmou.

Compartilhe:
03/09/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Partido Novo quer devolver dinheiro do fundo partidário

João Amoêdo, fundador do Novo, disse ao Globo que o partido não usa a cota que recebe do fundo partidário.

“Fica aplicado, a gente não usa. Está parado no Banco do Brasil e a gente está consultando a Receita sobre como poderíamos devolver esse dinheiro para o Tesouro. As palestras [de simpatizantes ilustres, como Bernardinho] são uma forma de sustentar o partido sem demandar que todo cidadão pague imposto para ir para os partidos, via fundo partidário.”

Outra forma de financiamento adotada pelo Novo é a cobrança de mensalidade dos filiados, de cerca de R$ 30.

O Antagonista

Compartilhe:
Página 20 de 22« Primeira...10...1819202122

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros