23/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Prefeitura de Martins inicia projeto com objetivo de prevenir obesidade na primeira infância nas escolas

A prefeitura de Martins iniciou nas Escolas da Rede Municipal de Ensino o Projeto Educação Alimentar e nutricional: Prevenindo a obesidade na primeira infância. A primeira escola a receber a visita foi o Centro Educacional Professora Aninha Leite.

O projeto é uma iniciativa da secretaria de Educação, Cultura e Esportes em parceria com a secretaria de Saúde, por meio das Nutricionistas Flaviany Teodoro e Priscila Magno. O objetivo da ação é trazer uma abordagem lúdica sobre o tema, incentivando a construção de hábitos alimentares saudáveis.

O público alvo do projeto são alunos de 0 a 5 anos, matriculados na rede municipal de ensino, pois o índice de obesidade e outros agravos nutricionais nessa faixa etária está elevado em nosso município.

Vale salientar que os demais alunos também receberão a devida atenção, pois o aluno que for detectado (por meio do PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA) com algum problema no estado nutricional, seja baixo peso ou obesidade, receberá um comunicado informando o problema e passando as instruções para o devido acompanhamento nutricional, de modo que o responsável pelo menor que receber o comunicado deverá entregar uma via à escola, devidamente assinada, atestando que está ciente da necessidade do acompanhamento profissional. Dessa forma, pretende-se acompanhar todas as crianças e adolescentes que estejam com alguma desordem nutricional.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

RN inicia vacinação contra o sarampo de todas as crianças entre 6 meses e 1 ano

Foto: Reprodução/TV TEM

Por G1 RN

A Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN (Sesap) já iniciou a vacinação contra o sarampo de todas as crianças de seis meses a 1 ano. A recomendação para que todas as crianças nessa faixa etária sejam vacinadas é do Ministério da Saúde. Dados divulgados na terça (20) apontam que o Brasil registra 1.845 casos de sarampo em 2019, em 88 cidades de 11 estados. O Rio Grande do Norte tem 1 caso confirmado.

Em nota, a Sesap informou que “as doses específicas para esta população alvo ainda serão entregues pelo Ministério da Saúde, mas as atividades vão começar utilizando o estoque estadual atual”.

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa causada por um vírus do gênero Morbillivirus, da família Paramyxoviridae. A transmissão pode ocorrer por meio da fala, tosse e/ou espirro. O quadro de infecção pode ser grave, com complicações principalmente em crianças desnutridas ou com sistema imunológico debilitado.

No dia 26 de julho foi confirmado um caso de sarampo em um rapaz que mora em Natal, mas viajou para São Paulo. Já no dia 13 de agosto exames iniciais confirmaram um caso de sarampo em uma criança de 1 ano e seis meses moradora de Tibau do Sul. A Sesap aguarda o resultado de um exame realizado em SP para confirmar este caso.

Nova recomendação

O Ministério da Saúde divulgou uma nova recomendação: todas as crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias devem receber uma dose adicional, a chamada “dose zero”. A recomendação vale para todo o país, e deve alcançar 1,4 milhão de crianças. O ministério ressalta que essa dose não substitui ou elimina a necessidade de tomar as demais que integram o calendário nacional de vacinação.

Antes, o reforço era indicado somente para aquelas que fossem viajar para municípios com surto da doença no país. De acordo com o ministério, o grupo formado pelas crianças menores de 1 ano é o mais afetado pela doença.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Currais Novos: MPRN recomenda intensificação do combate ao mosquito da dengue

A prefeitura de Currais Novos, município do Seridó potiguar, deve intensificar a fiscalização nas residências e prédios públicos e particulares visando a eliminação dos recipientes que sirvam de criadouro ao mosquito transmissor da dengue. Foi o que recomendou o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio de ato elaborado pela Promotoria de Justiça da comarca e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (20).

A situação foi tema de investigação realizada pela Promotoria de Justiça da comarca, a partir da informação de que o município de Currais Novos não atingiu a cobertura mínima preconizada pelo Ministério da Saúde de 80% nos dois últimos ciclos de visita de imóveis, sendo os resultados atingidos no 1º ciclo de 89,7%, no 2º ciclo de 69,9% e o 3º ciclo de 75,3%.

De acordo com o Índice de Infestação Predial, o Município de Currais Novos atingiu, no primeiro e segundo índices, os percentuais de 4,6 e 5,6, respectivamente, feito que caracteriza estado de risco de epidemia, visto que o recomendado pelo Ministério da Saúde é que o Índice de Infestação Predial seja menor que 1,0.

A legislação sobre a matéria determina que, quando verificada situação de iminente perigo à saúde pública pela presença do mosquito transmissor e dos vírus dengue, chikungunya e zika, poderão ser adotadas medidas para a contenção das doenças causadas pelos vírus, destacando-se o “ingresso forçado em imóveis públicos e particulares, no caso de situação de abandono, ausência ou recusa de pessoa que possa permitir o acesso de agente público, regularmente designado e identificado, quando se mostre essencial para a contenção das doenças”.

O MPRN recomendou ainda que o Município realize, em 2019, todos os ciclos anualmente previstos de controle e combate às arboviroses, encaminhando, no prazo de até 20 dias, relatório circunstanciado das medidas adotadas e dos resultados obtidos, incluindo ações educativas junto à comunidade local, a serem amplamente divulgadas.

Para ler a recomendação completa, clique aqui.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Assú

Prefeitura de Assú e Banco do Nordeste intensificam ações para levar benefício a agricultores em débito

Com o objetivo de garantir a inclusão do maior número possível de agricultores do município que estão inadimplentes em operações de crédito rural contraídas junto ao BNB local, uma delegação da Prefeitura do Assú, da instituição financeira e do Sindicato Trabalhadores Rurais se deslocou na manhã desta terça-feira (20), à área do Trapiá e adjacências.

A intenção, conforme diz o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, Paulo Morais, é enquadrar a maior quantidade de pequenos produtores nesta situação aos benefícios do Termo de Liquidação do Crédito Rural via Pronaf firmado entre o banco e a prefeitura.

No dia 23 de maio passado o prefeito Gustavo Montenegro Soares celebrou o Termo de Liquidação do Crédito Rural via Pronaf, operacionalizado pelo BNB. A projeção é de que o montante financeiro a ser abatido atinja a importância de R$ 2,3 milhões, correspondendo a 339 operações de crédito realizadas pela agência, com amparo na Lei Municipal nº 655, de 16 de abril deste ano. Para o investimento que beneficia diretamente cerca 200 pequenos agricultores familiares e produtores rurais, a prefeitura do Assú aplicou a importância de R$ 65 mil por intermédio do Fundo Municipal de Amparo ao Trabalhador Rural.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena, concurso 2.181: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 35 milhões

Foto: Marcelo Brandt/G1

Por G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.181 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta (21) em São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 01- 08 – 19 – 33 – 36 – 48.

A quina teve 138 apostas ganhadoras; cada um receberá R$ 19.778,72. Já a quadra teve 8.329 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 468,15.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

UFRN lança concurso fotográfico do campus central

Em homenagem ao Dia Mundial da Fotografia, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) lança o concurso fotográfico #UFRNgo no período de 19 a 29 de agosto. Os participantes precisam explorar um bom ângulo e compartilhar a foto no seu feed do Instagram com a hashtag  #UFRNgo e marcar os perfis @urfn.br e @cooperativacultural. Durante a semana, serão sugeridas fotos de espaços diferentes da Universidade.

A cada três dias, será publicada uma seleção das melhores fotos na página do Instagram da UFRN. Os seguidores vão comentar e escolher a melhor. Cada comentário equivale a um voto. As três fotos mais comentadas ganharão um vale-livro de R$ 50 para compras na cooperativa cultural. O primeiro espaço que deve ser fotografado é o Tridente da UFRN, localizado na BR 101.

A data foi escolhida porque, em 19 de agosto de 1839, o governo da França apresentou sua “nova invenção”: o daguerreótipo, primeiro processo fotográfico a ser comercializado. O método foi desenvolvido por Louis-Jacques-Mandé Daguerre, que foi o precursor da fotografia da maneira como a conhecemos hoje.  A foto deve ser do monumento postado. Qualquer pessoa que ame fotografia pode participar. A princípio, o concurso só vai acontecer no campus central, mas nas próximas edições seguirá com os outros campi da Universidade.

Mais informações sobre o concurso podem ser conferidas no Instagram.

(Bolsista Lívia Rodrigues, sob supervisão da Agecom/UFRN)

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Terreno e casa à venda próximos a Vila do Velame em Jucurutu/RN

Vende-se terreno com casa, localizado próximo a Vila do Velame em Jucurutu/RN!Contato para outras informações (084) 9 9658 5895, falar com Gilvan.

Posted by Jucurutu Notícias on Tuesday, August 20, 2019

Compartilhe:
21/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Plenário da Câmara aprova projeto que regulamenta a vaquejada

Foto: Tatiana Azeviche/Governo da Bahia

Por Agência Brasil*  

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu na noite dessa terça-feira (20) a votação do projeto de lei que regulamenta as práticas da vaquejada, do rodeio e do laço no Brasil (PL 8240/17), após rejeição de três destaques do PT ao texto. A proposta vai à sanção presidencial.

O projeto é resultado da Emenda Constitucional 96 que, entre outros pontos, reconhece a vaquejada como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro. A emenda determinou a regulamentação da prática por uma lei específica, que assegure o bem-estar dos animais envolvidos.

De acordo com o texto aprovado, ficam reconhecidos o rodeio, a vaquejada e o laço como expressões esportivas e culturais pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial.

A proposta aprovada define as modalidades que passam a ser reconhecidas como esportivas, equestres e tradicionais. Na lista estão, entre outras, o adestramento, o concurso completo de equitação, o enduro, o hipismo rural, as provas de laço e velocidade, a cavalgada, a cavalhada, o concurso de marcha, a corrida, as provas de rodeio e o polo equestre.

Em relação ao bem-estar dos animais, deve-se, em relação à vaquejada, assegurar água e alimentação suficiente sempre à disposição, assim como um local apropriado para o descanso. Também será necessário prevenir ferimentos e doenças por meio de instalações, ferramentas e utensílios adequados, além da prestação de assistência veterinária.

*Com informações da Agência Câmara

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros