05/06/2016
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena acumula em R$ 28,5 milhões

A Caixa realizou neste sábado (4) o concurso 1.824 da Mega-Sena. Foram sorteadas as dezenas 05 – 06 – 12 – 19 – 30 – 60. Ninguém acertou os seis números, e o prêmio acumulou em R$ 28,5 milhões.

A Quina teve 157 acertadores. Cada um ganhou R$ 14.170,67. Outros 8.192 apostadores acertaram a Quadra. O prêmio, para cada, neste caso, é de R$ 387,97. A estimativa de prêmio era de R$ 10 milhões. O sorteio foi às 20h (horário de Brasília), no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo (SP).

Compartilhe:
05/06/2016
Por Danilo Evaristo em Esporte

Copa América: Brasil só empata com Equador na estreia

brasil

FOTO: GETTY IMAGES

ESPN.com.br – A seleção brasileira mostrou 45 minutos de bom futebol na estreia da Copa América, mas caiu de rendimento no segundo tempo e contou com um erro da arbitragem para não perder para o Equador, na noite deste sábado. A equipe de Dunga empatou sem gols com o rival no estádio Rose Bowl, em Pasadena, nos Estados Unidos.

Assim, no palco do tetracampeonato mundial, conquistado em 1994 com Dunga como capitão da equipe, a seleção foi vaiada pela torcida. O erro de arbitragem aconteceu aos 21 minutos do segundo tempo, quando o atacante Bolaños, do Grêmio, foi até a linha de fundo e cruzou para a área. O goleiro Alisson falhou ao tentar agarrar a bola e a desviou para o gol. O tento só não foi validado porque a arbitragem entendeu que a bola saiu do campo após o cruzamento do rival, o que não ocorreu.

O empate sem gols e o erro de arbitragem acabaram por ofuscar algumas mudanças feitas pelo técnico Dunga que tiveram efeito positivo. A entrada do volante Casemiro no lugar do cortado Luiz Gustavo mexeu com a cara da equipe. O resultado deixa Brasil e Equador empatados na segunda colocação do Grupo B. O Peru lidera com três pontos, enquanto o Haiti, próximo adversário brasileiro, não pontuou.

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Cardozo recorre ao STF contra redução do prazo do impeachment no Senado

O primeiro dos quatro recursos anunciados ontem (3) pelo advogado da presidente afastada Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, já foi protocolado na Secretaria Geral da Mesa do Senado. O recurso diz respeito ao prazo para alegações finais da defesa de Dilma, que na quinta-feira (2) ficou estabelecido em cinco dias, após o presidente da Comissão Processante do Impeachment, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), acatar questão de ordem da senadora Simone Tebet (PMDB-MS).

Cardozo encaminhou o recurso ao presidente do processo e última instância recursal, ministro Ricardo Lewandowski, alegando que o prazo para as alegações finais da defesa não pode ser menor que 20 dias. Em resposta à argumentação da senadora, Cardozo informou que, à época do impeachment do ex-presidente Fernando Collor, havia um vazio legal em relação à questão no Código Penal, o que propiciou a adoção de prazo de 15 dias. De acordo com a senadora, o código foi alterado posteriormente e, agora, seria possível aplicar o prazo de cinco dias para acusação e mais cinco para defesa nas alegações finais.

“Não pode prevalecer o fundamento da eminente senadora no sentido de que, quando do julgamento do STF para o caso Collor em 1992, havia um vazio normativo do Código de Processo Penal”, afirmou o advogado. Segundo ele, havia sim a previsão de prazo de três dias à época, mas o próprio STF determinou que fosse considerada como base a Lei 8.038/90 para os procedimentos de impeachment.

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Esporte

Arena das Dunas confirma clássico Fla x Flu para o dia 26

arena das dunas

Foto: Klênyo Galvão/GloboEsporte.com

GloboEsporte.com – A Arena das Dunas confirmou nesta sexta-feira a realização do clássico entre Flamengo e Fluminense, pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A partida está agendada para as 11h, em Natal. Segundo a assessoria de imprensa do consórcio que administra o estádio, ainda não há uma data para o início da venda dos ingressos. Mais cedo, a direção do Fla havia revelado que só aguardava o posicionamento da Ferj para concretizar a transação com a Arena das Dunas.

A escolha por Natal pelo Rubro-Negro acontece em virtude da logística do clube, que jogará quatro dias antes contra o Santa Cruz, no Estádio do Arruda, em Recife. A distância entre as duas capitais nordestinas é de 286 Km. Em 2015, o mesmo planejamento foi adotado para os jogos contra Sport, em Recife, e Avaí, em Natal. O Mengão enfrentou o Leão na Arena Pernambuco e após a partida embarcou para Natal. Na Arena das Dunas, o Flamengo goleou o Avaí por 3 a 0, no dia 2 de setembro do ano passado. Os gols foram marcados por Alan Patrick e Kayke. Naquela partida, 22.825 espectadores estiveram presentes ao estádio.

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Rio 2016: Rio Grande do Norte recebe a Tocha Olímpica

rn

Foto: Frankie Marcone/Nominuto.com

A Tocha Olímpica se despediu da Paraíba e chegou ao Rio Grande do Norte na manhã deste sábado (4). No estado potiguar, o revezamento do símbolo do maior evento esportivo do mundo teve início na cidade de São José do Mipibu.

A tocha foi recebida pelo governador em exercício, Fábio Dantas, e pelo prefeito Arlindo Dantas. Mesmo com chuva, o público não deixou de ir às ruas do município para prestigiar o percurso. O primeiro a conduzir a tocha foi o jovem cidadão mipibuense John Lennon Oliveira.

O monumento percorrerá dez pontos da cidade. Três estudantes estudantes do Centro de Educação Rural da Comunidade (CERU), localizado na comunidade de Laranjeiras do Abdias, participam da solenidade. Kauane da Silva Freire, Juliana Inácio da Silva e Raynara Camila Figueredo dos Santos conquistaram o privilégio de ser anfitriãs da Tocha ao serem premiadas no concurso de redação “O Brasil e os Jogos Olímpicos”, promovido pelo Ministério da Educação (MEC).

Paralelo ao movimento da Tocha Olímpica, a prefeitura organizou uma vasta programação com artistas da terra. As atrações montam um mosaico representativo da cultura local. Após o percurso em São José do Mipibu, a Tocha irá para o Cajueiro de Pirangi, na cidade de Parnamirim e em seguida para Natal.

Via Nominuto

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

RN é um dos cinco Estados do país escolhidos para receber Tocha Paralímpica

IMG000000000118768

RN é um dos cinco Estados do país escolhidos para receber Tocha Paralímpica

O trabalho realizado pelo Governo do Estado com os paratletas do Rio Grande do Norte vem colhendo bons frutos. Na manhã desta sexta-feira (3), o governador em exercício, Fábio Dantas, recebeu o comitê dos Jogos Rio 2016, com a notícia de que Natal foi escolhida pela organização e será a cidade representante do Nordeste para receber a Tocha Paralímpica no dia 3 de setembro. Durante a reunião, Fábio Dantas agradeceu a escolha e disse que o Estado está de portas abertas para o evento.

“Estamos muito felizes por Natal fazer parte desse roteiro da Tocha. Isso evidencia o potencial dos paratletas potiguares e é uma forma de incentivar as pessoas com algum tipo de deficiência a se engajarem com o esporte. O Estado tem total interesse em apoiar futuros paratletas, exemplo disso, é que em 2015 fomos o primeiro Estado da região Nordeste a sediar as Paralímpiadas Escolares com a participação de mil atletas de todo o país”, enfatizou Dantas.

O diretor de Operações do Comitê Olímpico, General Marco Aurélio Vieira fez a apresentação do projeto, destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Estado com os atletas do paradesporto e justificou a escolha da cidade. “O RN é o Estado do Clodoaldo Silva, um dos maiores nadadores paralímpicos do Brasil. Além disso, Natal é a cidade da região Nordeste com o maior número de medalhas paralímpicas”, disse o General.

Todos os detalhes da passagem da Tocha Paralímpica na capital potiguar serão discutidos no mês de julho, quando uma equipe técnica da organização dos jogos virá ao Rio Grande do Norte para se reunir com a Secretaria do Esporte e do Lazer do Estado e representantes da Prefeitura de Natal.

“Vamos definir em conjunto os locais de visita da chama olímpica, a rota do revezamento, locais de cerimônia de abertura e celebração e os nomes dos atletas”, acrescentou o secretário estadual do Esporte e do Lazer, Canindé de França. Além de Natal, as outras cidades que receberão a Tocha Paralímpica são: Belém/PA, Brasília/DF, Joinville/SC e São Paulo/SP.  Também participaram da reunião o secretário-adjunto do Gabinete Civil, Flávio Oliveira e o coordenador de ações de Paradesportos da SEEL, Tibério Maribondo.

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Emater-RN realiza I Conferência Estadual do Meio Ambiente

Com a proposta de debater os principais temas relacionadas à ecologia, o Governo do Estado, através da Emater-RN, realiza na próxima terça-feira (07) a I Conferência Estadual de Meio Ambiente – Ecocidadania no Campo e na Cidade. O evento será no Auditório Master I da Escola de Governo, no Centro Administrativo, a partir das 8h.

A conferência é destinada aos extensionistas da Emater-RN, servidores das secretarias de Estado, representantes de escolas públicas, professores de ensino superior, promotorias de meio ambiente e instituições públicas que atuem no segmento ambiental. Durante a manhã, serão apresentadas experiências exitosas de agricultores familiares e de extensionistas rurais, cujas ações no campo priorizam a sustentabilidade ambiental.

À tarde, será o momento das palestras “Aquecimento Global: História, Ciência e Perspectivas”, apresentada pelo professor doutor Aristotelino Monteiro; e “Ecocidadania”, pelo juiz da Cidadania, Jarbas Bezerra. Os participantes da I Conferência Estadual do Meio Ambiente poderão assistir, também, às apresentações culturais “Música e Meio”, da Escola Namus (zona norte de Natal); e “Toré”, da Comunidade Indígena Catu.

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena pode pagar R$ 10 milhões neste sábado (04)

O sorteio do concurso 1.824 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 10 milhões para quem acertar as seis dezenas neste sábado (4). O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília), no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo (SP).

De acordo com a Caixa Econômica Federal, se um apostador levar o prêmio sozinho e aplicá-lo integralmente na poupança, receberá cerca de R$ 65 mil por mês em rendimentos. Caso prefira poderá montar uma frota de 66 carros de luxo ou adquirir 16 casas no valor de R$ 600 mil cada.

Compartilhe:
04/06/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Minha Casa Minha Vida: Atuação do MPF resulta em criação de cadastro nacional do programa

A atuação do Ministério Público Federal (MPF) resultou na criação do Sistema Nacional de Cadastro Habitacional (SNCH) do Programa Minha Casa Minha Vida. Sob autoria e gestão do Ministério das Cidades, o cadastro centraliza os dados, o processo de seleção e o sorteio dos candidatos a beneficiários em todo o país.

A criação do sistema é resultado de recomendação feita, em março deste ano, pelo Grupo de Trabalho Intercameral Habitação de Interesse Social – formado pelas Câmaras de Coordenação e Revisão do MPF de Direitos Sociais e Atos Administrativos em geral (1CCR), do Consumidor e Ordem Econômica (3CCR) e de Combate à Corrupção (5CCR); e pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC). O cadastro foi regulamentado em 6 de maio pela Portaria 163/2016 do Ministério das Cidades.

Segundo o coordenador do GT, procurador da República Edilson Vitorelli, o sistema atende à recomendação do MPF e é um avanço para que a política pública, de fato, atenda aos verdadeiros beneficiários. Ele destaca a centralização e uniformização dos cadastros feitos pelos municípios e o sorteio automático dos beneficiários, que possibilitam a pesquisa e o cruzamento de dados para identificar irregularidades. Antes de editar a recomendação, inclusive, o grupo identificou mais de 5 mil ações e investigações do MPF especificamente sobre fraudes no cadastro.

O procurador explica, ainda, que muitos sorteios eram realizados próximos às eleições e em grandes eventos públicos, com índole claramente eleitoral. “Agora, o sorteio é feito por sistema eletrônico entre os beneficiários que estão automaticamente priorizados. Então não existe a possibilidade de priorização indevida nem de transformar o sorteio em um evento político-eleitoral”, ressalta o procurador.

Além disso, o sistema permite a consulta pública a qualquer cidadão, o que facilita o controle social do programa e vai ao encontro da Lei de Transparência, aspecto destacado na recomendação do MPF. Nesse sentido, para o procurador da República Ailton Benedito, responsável pela atuação do MPF em Goiás em relação ao programa, o sistema traz objetividade, transparência e publicidade. “É possível saber, por exemplo, os nomes das pessoas beneficiadas pelo programa em qualquer lugar do Brasil e acompanhar o seu próprio cadastro”, afirma.

Edilson Vitorelli destaca que o MPF vai continuar vigilante para que a implementação do sistema aconteça de maneira adequada e garanta a continuidade e efetividade do programa habitacional. Em relação às seleções já realizadas com alguma irregularidade, as unidades do MPF em todo o Brasil têm atuado por meio de ações na Justiça para que as casas sejam retomadas e colocadas à disposição do programa para serem entregues às pessoas que são, de fato, beneficiárias.

Compartilhe:
03/06/2016
Por Danilo Evaristo em Esporte

Justiça do Trabalho suspende jogos das 11h da Série C

esporte

Estádio Almeidão está agendado para Botafogo-PB x ABC neste domingo (Foto: Larissa Keren)

GloboEsporte.com – A Justiça acatou o pedido do Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Norte e aprovou a suspensão dos jogos marcados das 11h na Série C do Campeonato Brasileiro que envolvam o ABC ou América-RN, bem como que a Confederação Brasileira de Futebol não agende novas partidas para o horário das 11h às 14h, sob pena de pagamento de multa de R$ 2 mil por cada jogado envolvido.

A decisão foi publicada na tarde desta quinta-feira pela juíza do trabalho Simone Medeiros Jalil. O processo foi protocolado pedindo a imediata suspensão ou a modificação das partidas programadas para tal horário. A denúncia partiu do Sindicato dos Atletas de Futebol Profissional do Rio Grande do Norte, que representa na ação os jogadores de ABC e América-RN. O pedido é referente aos jogos do Grupo A, que reúne clubes das regiões Norte e Nordeste do país.

Para o procurador regional do trabalho da 21ª Região, José Diniz de Morais, a medida precisa ser vista com urgência, em virtude da realização do jogo entre Botafogo-PB e ABC neste domingo, às 11h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa. A tabela traz outro duelo neste horário, entre América-RN e ASA, no dia 18 de junho, na Arena das Dunas, em Natal.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros