29/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Chapecó vinha representando com muita honra o Brasil, diz ministro do Esporte

chapecoense

Ministro do Esporte, Leonardo Picciani ressalta campanha histórica da Chapecoense

Agência Brasil – O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, divulgou nota na qual diz que a pasta e o governo brasileiro estão trabalhando para apoiar os esforços de resgate e o tratamento dos sobreviventes da queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense, jornalistas brasileiros e cidadãos de Chapecó, que se deslocavam para a Colômbia para disputar a final da Copa Sul-Americana.

Na mensagem, Picciani afirma que o governo prestará todo tipo de auxílio possível às famílias das vítimas do acidente. E acrescenta: “o time de Santa Catarina vinha representando com muita honra o Brasil na competição. A campanha histórica da Chapecoense é motivo de orgulho para todos os brasileiros.”

“Pessoalmente, e em nome do Ministério do Esporte, lamento profundamente a tragédia e me solidarizo com familiares, amigos das vítimas e a população de Chapecó”, diz ainda a nota de Picciani.

Oitenta e uma pessoas estavam a bordo e 76 morreram, segundo as autoridades colombianas. A equipe do Chapecoense viajava para Medellín, na Colômbia, onde disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, amanhã (30) à noite. O segundo jogo seria em Curitiba.

Compartilhe:
29/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Fox Sports confirma falecimento de seis profissionais em tragédia na Colômbia

FOX Sports Latin America expressa o mais profundo pesar pelo acidente aéreo ocorrido hoje, em Medellín, nas primeiras horas da madrugada, no qual viajava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol para jogar na Copa Sul-Americana, e entre os seus passageiros se encontravam seis companheiros da nossa equipe do FOX Sports Brasil:

Deva Pascovicci;

Mario Sergio;

Paulo Júlio Clement:

Victorino Chermont:

Rodrigo Santana

Júnior Lilacio.

Em meio a uma profunda tristeza e consternação pelo ocorrido, estamos atentos a todas as informações que surgem minuto a minuto, o FOX Sports se solidariza e acompanha as famílias dos nossos profissionais e colegas do FOX Sports Brasil, dos jogadores do clube Chapecoense e daqueles que perderam suas vidas nesta tragédia para a comunidade do futebol latino-americano.

Via Nominuto

Compartilhe:
29/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Família confirma morte de Gil, da Chapecoense: ‘Deus nos conforte’

gil

Potiguar, Gil era volante da equipe da Chapecoense (Foto: Laion Espíndula)

G1 RN – “Quando vem de Deus, só podemos nos conformar. Deus nos conforte”. As palavras vêm de um dos irmãos do volante Gil, da Chapecoense, um dos mortos na madrugada desta terça-feira (29) na queda do avião da LaMia, na Colômbia. Toda a família do jogador mora na cidade de Nova Cruz, na região Agreste potiguar.

“Uma pessoa foi socorrida ainda com vida após o acidente, mas morreu a caminho do hospital. Essa pessoa foi justamente o Gil. A última vez que ele esteve em casa, conosco, foi em dezembro, nas férias dele. Estávamos todos esperando que ele passasse o fim de ano com a gente novamente, só que desta vez campeão da Sulamericana. Mas, quando vem de Deus, só podemos nos conformar. Deus nos conforte”, disse José Obdiedson Alves.

Ainda segundo o irmão de Gil, os pais do jogador receberam a notícia da queda do avião ainda na madrugada. Já pela manhã, precisaram ser medicados e foram levados para um hospital da cidade. “Estamos todos arrasados”, concluiu. Um dos irmãos de Gil é o ex-jogador Geraldo Madureira, que defendeu o ABC de Natal.

Compartilhe:
29/11/2016
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Caminhoneiro de Jucurutu participa de manifestação em Brasília

eimar

Caminhoneiro de Jucurutu participa de manifestação em Brasília

O caminhoneiro seridoense Eimar Araújo (de Jucurutu/RN) participa em Brasília de um protesto que reúne pessoas de vários estados brasileiros em busca da aprovação do projeto de  Lei 528 que está paralisado nas comissões do Senado Federal. No ramo há 20 anos, o caminhoneiro espera que a lei seja aprovada, já que beneficiará a categoria que sofre com estes e outros problemas do setor.

De acordo com o relato do texto, consta o chamado “Piso Mínimo de Frete”, que permite ao Governo Federal a implantação mínima do frete em caráter obrigatório em todo território nacional. O objetivo é de que haja uma tabela mínima que favoreça o setor de transporte rodoviário e que cubra, no mínimo, o custo efetivo do frete. O Movimento Independente União do TRC iniciou a convocação de todos os caminhoneiros, autônomos ou não, a aderirem o protesto previsto para acontecer até amanhã (30), em frente ao Congresso Nacional.

O objetivo da manifestação é pressionar os deputados para que haja uma resposta urgente e favorável a reivindicação do setor. Informações repassadas a nossa reportagem dão conta que o protesto acontece de forma pacífica e ordeira. Aos que não estiverem em Brasília na data marcada, o pedido é que estejam aderindo o protesto por meio de uma paralisação nas rodovias, atingindo assim, toda malha rodoviária do país. Os caminhoneiros que se manifestarem desta forma devem obedecer aos horários: das 07h às 11h e das 13h às 17h.

Por Wllana Dantas

Compartilhe:
29/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Missa de 30 dias de falecimento do radialista Tião Silva ocorre no próximo domingo

missa-pai-d-graciano

Familiares e amigos do ex-locutor, Sebastião Pereira da Silva, que popularmente era conhecido por Tião Silva, da Rádio Ibiapina FM de Florânia, relembram no próximo domingo (04), os trinta dias de seu falecimento, ocasionado por problemas de saúde. A missa será realizada às 7 horas da manhã na igreja matriz de São Sebastião daquela cidade.

Compartilhe:
29/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Polícia confirma 75 mortos em acidente com o avião da Chapecoense

aviao-chapecoense-acidente

Foto: Reprodução/Twitter

UOL – As autoridades colombianas confirmaram a morte de 75 pessoas no acidente aéreo com a delegação da Chapecoense na madrugada desta terça-feira (29), na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. Ainda não há confirmação oficial do nome das vítimas.

Inicialmente o general José Acevedo Ossa, membro da polícia local e responsável pelo resgate, e o prefeito de Medellín, Federico Guitiérrez Zuluaga, divulgaram um total de 76 mortos. Posteriormente, porém, o corpo de bombeiros divulgou que mais uma pessoa foi retirada com vida dos destroços e encaminhada ao hospital: o zagueiro Neto.

“Milagres existem. Temos que tirar todos da aeronave. Encontramos mais uma pessoa viva na aeronave”, disse um dos bombeiros envolvidos, sobre o resgate de Neto.

Além do zagueiro, outras seis pessoas sobreviveram à tragédia. Três deles são jogadores da Chapecoense: o lateral esquerdo Alan Ruschel, além dos goleiros Danilo e Follmann. O jornalista Rafael Henzel e a comissária de bordo Ximena Suarez também foram resgatadas com vida. As informações são de hospitais da região e de familiares dos jogadores.

“Estamos trabalhando também para resgatar os corpos dos mortos e entregar às suas famílias. Conseguimos resgatar cinco pessoas com vida. Quando amanhecer, vamos retirar os corpos e iniciar o processo para enviar ao país de origem das pessoas. O procedimento do resgate de corpos estará a cargo da polícia”, disse Ossa.

“Socorristas trazem a informação deste lugar de muito difícil acesso. Estou fazendo a coordenação dos transladados dos corpos e chamando a polícia legal. São quase cinco da manhã. Vamos trabalhar toda a noite. Expressamos nossa solidariedade às famílias, estamos de luto. Algumas vítimas têm diferentes nacionalidades. Prestamos solidariedade total. Lamento muito, estamos solidários. É muito duro. Não cabe tanta gente que está querendo trabalhar nos resgastes. Não cabe mais ambulância, mais carros. Temos que valorizar o trabalho de toda essa gente”, disse Zuluaga.

O presidente do Atlético Nacional destacou solidariedade à Chapecoense à Telemedellín, TV colombiana. “Estamos falando com todos os departamentos administrativos e de crise que temos para ajudar e estamos trabalhando junto aos organismos de socorro. No momento podemos nos solidarizar. Desejamos o melhor. Creio que não temos cabeça no momento (para falar de jogo)”, comentou.

No voo estavam 81 pessoas, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. No total, eram 48 membros da Chapecoense, incluindo 22 jogadores, 21 jornalistas e três convidados, além da tripulação.

O modelo do avião é o Avro Regional Jet 85, também conhecido como Jumbolino, de matrícula CP-2933, produzido pela British Aerospace. O avião tem lugar para 95 pessoas, mas segundo as autoridades colombianas, tinha 72 passageiros e 9 tripulantes no momento do acidente.

Alguns atletas da Chapecoense não viajaram com a delegação. A lista inclui os seguintes jogadores: Neném, Demerson, Marcelo Boeck, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima. Eles não vinham sendo utilizados pelo treinador Caio Júnior. Entre todo o time, o goleiro Nivaldo é o mais antigo do elenco e está no grupo desde que a equipe estava na Série D.

Na lista de convidados da Chapecoense para a viagem à Colômbia, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, não estava no voo. Outros dois membros da delegação, Rodrigo Ernesto e Pablo Castro, também não estavam com o restante da equipe. Ambos cuidam da logística do time, chegaram antes a Medellín e estavam no aeroporto para o receptivo.

Compartilhe:
28/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Prefeitos do RN vão a Brasília para garantir recursos da repatriação

prefeitos-do-rn-vao-a-brasilia

Prefeitos do RN vão a Brasília para garantir recursos da repatriação

Uma comitiva de prefeitos do Rio Grande do Norte irá a Brasília nesta semana para discutir a garantia dos recursos de multas e juros da repatriação para os municípios. A mobilização é organizada pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), e foi definida em uma reunião de prefeitos realizada na última quinta-feira (24). A Federação tenta, junto a Confederação Nacional dos Municípios – CNM – um encontro com o presidente da República, Michel Temer, para discutir a garantia dos repasses.

Recentemente, o presidente da FEMURN e prefeito de Assú, Ivan Lopes Júnior, anunciou que a Federação entraria na justiça para garantir os repasses de juros e multas da repatriação para os municípios potiguares. Mas na última quarta-feira, 23 de novembro, o Senado aprovou projeto que abre nova janela para a regularização de recursos mantidos ilegalmente no exterior, e os parlamentares exigiram a inclusão no texto da repartição a divisão dos recursos obtidos como multa com Estados e Municípios. A União entregará 46% do montante da arrecadação da multa aos entes.

Com a ida a Brasília, os gestores pretendem expor as dificuldades que a queda de repasses tem causado aos municípios: “Tivemos dois anos de imensas dificuldades. Todos os cidadãos, infelizmente, vivenciam os problemas que ocorrem nos municípios, e muitas cidades sobrevivem basicamente dos repasses da União. Precisamos mostrar essa situação ao Presidente da República e sensibilizá-lo, e principalmente garantir os recursos das multas e dos juros para as cidades”, afirmou Ivan Júnior. Além do presidente da FEMURN e Prefeito de Assú, participaram da reunião, os prefeitos dos municípios de Carnaubais, São Paulo do Potengi, Arez, Jucurutu e Pilões, e a assessoria jurídica da Federação.

Compartilhe:
28/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Jovens de Aracati usam caixas de leite para reduzir temperatura de casas em até 8°C

alunos

Jovens usam caixas de leite para reduzir temperatura de casas em até 8°C

Tribuna do Ceará – Após o consumo, o que você faz com as caixas de leite e de sucos? Alunos do Instituto Federal do Ceará (IFCE) de Aracati, a 170 quilômetros de Fortaleza, desenvolveram um projeto que pretende reaproveitar as embalagens dos produtos para reduzir a temperatura dentro das residências e ambientes fechados da cidade.

Sendo uma ação de custo bem acessível, o projeto criado pelos irmãos gêmeos Diego e Gabriellen de Vasconcelos oferece uma redução de até oito graus de temperatura em pleno sertão cearense.

“Essas caixas possuem seis camadas (duas de alumínio, duas de plásticos e duas de papel), daí a iniciativa consiste em colocar mantas de embalagens Tetra Pak abaixo das telhas e entre os caibros e as ripas (madeiras fixas no teto para segurar o telhado). Com isso, ela tem a propriedade de refletir os raios solares e, consequentemente, diminuir a temperatura do local”, explica Diego.

A ideia é aproveitar as embalagens Tetra Pak para a construção de mantas de isolamento térmico, e surgiu após uma pesquisa realizada por Gabriellen e através de uma ação involuntária da sua mãe. “Minha mãe é professora de Química, e ela foi preparar uma aula pra utilizar esses materiais pra fazer telhas. Percebi, então, que aquilo dava pra fazer um projeto para enviar para as feiras de ciências da região. Já tinha visto algumas pesquisas sobre o assunto, e resolvi testar”, detalha a estudante.

Apesar do seu potencial, o projeto ainda não está sento praticado na região. Conforme Gabriellen, a falta de incentivo é um dos principais motivos. “Não possuímos uma bolsa de estudos ou algo que pudéssemos nos dedicar inteiramente ao projeto. Caso tivéssemos, poderíamos amplificar ainda mais essa iniciativa e torná-la mais eficaz e acessível”, conclui.

Compartilhe:
28/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Em crise, estados e municípios devem mais de R$ 120 bilhões a bancos públicos

banco

Estados e municípios devem mais de R$ 120 bilhões a bancos públicos

Mergulhados em uma crise financeira sem precedentes, Estados e municípios devem R$ 120,6 bilhões aos bancos públicos, segundo levantamento do Estado. O passivo é resultado de uma política que, nos últimos anos, irrigou esses governos com recursos federais.

Até setembro, a exposição no Banco do Brasil chegou a R$ 38 bilhões, enquanto na Caixa a dívida era de R$ 33 bilhões. No BNDES, o valor atingiu R$ 49,6 bilhões da carteira em junho – o banco ainda não divulgou dados do terceiro trimestre.

Os maiores beneficiários foram os Estados, incluindo aqueles que já estavam em péssimas condições financeiras e apresentavam maior risco de calote. A injeção de recursos foi possível porque a União avalizou a maioria das operações, ou seja, deu garantia de que pagaria a dívida em caso de inadimplência.

Normalmente, os bancos ficam mais restritivos quando clientes vivem situações financeiras desfavoráveis. Não foi o que ocorreu com os Estados – especialmente nos últimos meses. Enquanto a arrecadação caía, a carteira de crédito da Caixa para o setor público saltou 22,1% em 12 meses até setembro. O BNDES também foi mais generoso, e as operações subiram 11,8%.No caso do BB, a queda foi de 1,7% em um ano.

O Estado apurou que, do total emprestado pela Caixa, 42,5% têm o aval da União. No BB, essa parcela é de 97%. O BNDES não informou o porcentual exato, mas disse que a maior parte dos créditos tem garantia do Tesouro Nacional.

ASSESSORIA DE IMPRENSA FEMURN

Compartilhe:
28/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Fies e Prouni devem ser reformulados em 2017

prouni

Foto: Divulgação/EBC

O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou nesta segunda-feira (28) que o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (ProUni) serão reformulados em 2017. Objetivo é garantir sustentabilidade financeira e eficiência aos programas do governo de acesso à educação superior.

O anúncio foi feito em reunião comempresários e economistas que compõem o conselho da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Na ocasião, Mendonça Filho afirmou, ainda, que os programas serão mantidos no próximo ano e que o governo não pretende fazer qualquer modificação sem antes discutir as inovações com a sociedade. “Vamos enfatizar a sustentabilidade. São programas importantes para o País, que não podem ser usados para ganhos eleitorais”, reforçou o ministro.

Segundo Mendonça Filho, mudanças no Fies são necessárias para garantir saúde e o equilíbrio financeiro. “Dados publicados recentemente pelo Tribunal de Contas da União, projetam [para o Fies] um rombo estratosférico. Então, a gente precisa ter cuidado em preservar esse mecanismo importantíssimo de acesso ao ensino superior no nosso país”, enfatizou.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros