26/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Governadores do Nordeste se reúnem em PE para discutir PEC e retomada de obras

robinson

Foto: Divulgação/governo de Pernambuco

Governadores de oito estados do Nordeste se reuniram em Recife (PE) nesta sexta-feira (25) para discutir a aplicação da PEC do teto nos estados, ações de combate aos efeitos da seca, liberação do fundo penitenciário, retomada de obras federais paradas, entre outros. O governador Robinson Faria participou atendendo a uma sugestão do governador pernambucano Paulo Câmara. A reunião ocorreu na sede do governo. O principal pleito dos chefes do Executivo estadual incidiu sobre a partilha da repatriação dos R$ 5,3 bilhões com os Estados, aceita pelo presidente Michel Temer na terça-feira (23).

Uma das principais divergências em relação à divisão é sobre os 15% de multa, que não seriam divididos totalmente com as Federações, restando a partilha dos 15% do Imposto de Renda dos recursos mantidos por brasileiros no exterior. Na reunião, os governadores chegaram a uma posição conjunta, com a redação de uma carta, que deverá ser levada ao Planalto. “O encontro resultou em muitas ideias propositivas porque vivenciamos situações semelhantes em diversas áreas. Estamos dividindo as iniciativas já tomadas por cada estado pelo ajuste e, mais uma vez, o Nordeste sairá unido, com um posicionamento conjunto”, declarou Robinson Faria.

Compartilhe:
26/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Fidel Castro morre aos 90 anos

fidel

Imagem: Rafael Perez/Reuters

UOL – O ex-presidente de Cuba Fidel Castro morreu aos 90 anos de idade, informou neste sábado (26) seu irmão, o atual mandatário do país, Raúl Castro, em um discurso transmitido pela televisão estatal.

O líder histórico da Revolução Cubana faleceu na noite de sexta-feira (25), às 22h29 (hora local), e seu corpo será cremado “atendendo sua vontade expressa”, explicou Raúl Castro, visivelmente emocionado. Ele não fez comentários sobre a causa da morte do irmão, ainda desconhecida.

O presidente cubano afirmou que, nas próximas horas, será anunciado como acontecerá o funeral de Fidel Castro, que foi visto pela última vez no último dia 15, quando recebeu em sua residência o presidente do Vietnã, Tran Dai Quang.

Compartilhe:
26/11/2016
Por Danilo Evaristo em Esporte

Bahia, Vasco e Náutico: corrida pela Série A

times

Crédito das fotos: Felipe Oliveira/EC Bahia, Paulo Fernandes/Vasco da Gama, Léo Lemos/Náutico

Com o campeão já definido, a emoção na parte de cima da tabela da Série B fica por conta da disputa de três times pelas últimas duas vagas na Série A do Campeonato Brasileiro em 2017. Na corrida pelo acesso, estão Bahia, Vasco da Gama e Náutico. Se Bahia e Vasco só dependem de si para garantir a Série A no ano que vem, o Náutico acompanhará os resultados dos dois para tentar terminar o campeonato entre os quatro primeiros colocados. Saiba o que cada um precisa fazer na rodada deste sábado para estar na elite do futebol brasileiro em 2017:

Bahia – 3º colocado, 63 pontos

O Bahia é quem tem a situação mais encaminhada entre os três. Na terceira colocação, com 63 pontos, o Bahia precisa de apenas um empate diante do Atlético-GO, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, para estar na Série A no ano que vem. O Tricolor tem três pontos a mais do que o Náutico, e teria que ter uma combinação de três resultados para não conquistar o acesso: uma derrota do Bahia contra o Atlético, e vitórias de Vasco e Náutico contra Ceará e Oeste, respectivamente.

Vasco da Gama – 4º colocado, 62 pontos

A missão do Vasco da Gama não é fácil, mas é simples. O Cruzmaltino enfrenta o Ceará, no Maracanã, no Rio de Janeiro, às 17h30, e precisa de uma vitória para assegurar o acesso. Quarto colocado da Série B, o Vasco tem dois pontos a mais do que o Náutico e, mesmo que não vença, pode acabar classificado para o Brasileirão em 2017. Em caso de empate ou derrota do Cruzmaltino no Maracanã, o Vasco precisa torcer contra o Timbu.

Náutico – 5º colocado, 60 pontos

O Náutico só tem chance de subir para a Série A em 2017 se derrotar o Oeste na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, em Pernambuco. Depois disso, o Timbu precisa torcer para que o Vasco não vença o Ceará no Maracanã, ou que o Bahia seja derrotado para o Atlético-GO em Goiânia.

Compartilhe:
25/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Oposição quer impeachment; base aliada defende presidente

Agência Brasil – A saída de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo, na manhã de hoje (25), repercutiu entre parlamentares da oposição e da base de apoio ao governo no Congresso Nacional. Geddel era responsável pela articulação entre o governo e o Congresso.

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que vai protocolar um pedido de impeachment do presidente Michel Temer na próxima segunda-feira (28), por considerar que o episódio envolve o chefe do governo em crime de responsabilidade. Para Lindberg, o presidente pressionou o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero para que este liberasse a construção de um edifício de alto padrão em Salvador no qual o ministro Geddel adquiriu um imóvel.

“Vamos entrar com pedido de impeachment porque houve crime de responsabilidade, tráfico de influência, ele desmoralizou a instituição da Presidência da República”, disse o senador, acrescentando que está conversando com movimentos sociais e representantes da sociedade civil sobre o pedido.

Enquanto discursava no plenário, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) falou sobre a saída de Geddel e disse que o governo vive uma crise que pode prejudicar a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que cria um limita para os gastos públicos pelos próximos 20 anos, e tem votação prevista para a próxima semana.

“Temos duas grandes tarefas para a próxima semana. A primeira é impedir que a PEC seja discutida e votada na terça-feira [29]. Antes de se resolver essa crise que envolveu a Presidência da República, não há condições de discutir uma matéria de tal implicação para o povo brasileiro. A segunda [tarefa] é discutir com nossos pares e iniciar aqui procedimentos para que o Brasil tenha eleições diretas para a sucessão de Michel Temer”, disse Gleisi.

Base aliada

Na opinião do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o presidente Temer não exerceu qualquer pressão sobre o ex-ministro Marcelo Calero, para favorecer Geddel no episódio. “Não vejo dessa forma. Li nos jornais que o presidente da República sugeriu que esse processo fosse encaminhado para a AGU [Advocacia-Geral da União] para dirimir as dúvidas que pudessem existir ali. Se o presidente tivesse feito uma determinação para que se pudesse resolver o problema, seria diferente”, afirmou Aécio, ao participar de um evento do PSDB na Câmara dos Deputados.

Sobre as informações de que o ex-ministro da Cultura teria gravado uma das conversas que teve com Temer, o senador disse também que seria um fato “extremamente grave” e “inaceitável”. “É passível de punição um servidor público entrar no gabinete do presidente, num cargo de confiança, e gravar o presidente”, afirmou Aécio. O senador ressaltou, porém, que, tanto ele quanto o PSDB entendem que o episódio não atinge o presidente da República.

Para o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), a saída de Geddel não vai dificultar a pauta de votações de interesse do governo no Congresso. “As votações não serão prejudicadas, uma vez que aquilo que o governo propôs e está tramitando aqui no Senado é aquilo que corresponde às necessidades do país e que tem o apoio não apenas do Senado, mas da população brasileira. É importante avançarmos num caminho de reformas sob pena de não sairmos da crise que estamos vivendo”, afirmou o líder do governo.

Compartilhe:
25/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

CNJ veta liberação de R$ 100 milhões do TJRN para o Governo do Estado

Portal no Ar – A liberação dos recursos de R$ 100 milhões, do Tribunal de Justiça ao Governo do Estado, está suspensa por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A conselheira Daldice Maria de Almeida acatou liminar impetrada pela Associação de Magistrados do Rio Grande do Norte (AMARN) sobre a proposta do presidente do TJRN, Cláudio Santos de transferir dinheiro do Poder Judiciário potiguar para o Executivo.

A AMARN alegou que o Judiciário do Rio Grande do Norte vem sofrendo com a falta de investimentos e, consequentemente na qualidade da prestação jurisdicional à população. Além disso, a Associação dos Magistrados relatou a destinação, no início deste mês, de recurso no valor de R$ 20 milhões ao Executivo, na forma de empréstimo, para a construção de presídio, sem sequer existir projeto para a obra.

Na decisão, a conselheira determina que fica sustado, cautelarmente, qualquer ato de transferência, empréstimo ou doação de recursos do Poder Judiciário estadual ao Poder Executivo, até julgamento do mérito deste procedimento.

“A AMARN recebeu o resultado com tranquilidade, pois como juízes devemos defender a legalidade das ações dos gestores, principalmente dentro do Judiciário. A falta de investimentos na prestação do serviço judiciário não gera qualquer economia ao Poder Público, mas, ao contrário, penaliza a população, pois exaspera ainda mais os problemas sociais já enfrentados”, disse o presidente da AMARN, juiz Cleofas Coelho de Araújo Júnior.

O presidente disse ainda que a AMARN sempre procurou agir em harmonia com os poderes. ”Não há radicalismo na medida, pois se pode observar aspectos formais para colaborar com o Executivo dentro da harmonia entre os poderes, mas não se pode admitir uma ilegalidade, reconhecida na decisão, no final de uma gestão que deixou de investir no próprio Judiciário, buscando o interesse pessoal”, conclui  Cleofas Coelho.

Compartilhe:
25/11/2016
Por Danilo Evaristo em Esporte

Assu anuncia mais duas contratações para o Estadual

assu

Fotos: Reprodução

O Assu segue a agenda de contratações para o Campeonato Estadual 2017, e anunciou na noite desta quinta-feira (24) a chegada de mais dois atletas.

Um dos contratados do clube é o zagueiro Yago de 22 anos. Já tendo passado por Goiás, Rio Grande do Sul e Distrito Federal chega para reforçar a zaga do Assu.

Gilmar é a outra novidade no elenco. Tendo atuado no Assu em 2011 e 2012, também já passou pelo Guarany, Sete de Setembro, Baraúnas, CSA, Itabaiana, Alecrim, Serra Talhada e São Luiz. O artilheiro já jogou temporadas na Alemanha e no Catar.

Via Agora RN

Compartilhe:
25/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Sine-RN oferece mais de 18 oportunidades de emprego

O Sine-RN oferece, de (25 a 28), mais de 18 oportunidades de emprego em Natal e Mossoró.

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego através do endereço maisemprego.mte.gov.br ou na unidade do Sine Matriz Cidade da Esperança, localizada na Rua Adolfo Gordo, s/n, Cidade da Esperança – Natal-RN no prédio da Central do Trabalhador no horário de 8h ás 16h ou em qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e no interior.

O interessado que não tem cadastro e acesso ao Portal Mais Emprego, pode comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é de acordo com o horário de funcionamento das centrais do cidadão e do SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 16h.

Compartilhe:
25/11/2016
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Jucurutu: Semarh recebe licença para reassentamento da comunidade de Barra de Santana

mairton

Semarh recebe licença para reassentamento da comunidade de Barra de Santana

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA) emitiu nesta sexta-feira, 25/11, a licença de instalação para o projeto de reassentamento rural de Barra de Santana, em Jucurutu. Uma área total de 6 mil hectares, onde estão localizadas propriedades rurais, a sede de Barra de Santana e o cemitério do distrito, será inundada em virtude das obras da barragem de Oiticica. Com isso, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) desenvolveu o projeto de reassentamento da comunidade e requereu ao IDEMA a licença ambiental para a realização das obras.

O projeto contempla uma nova comunidade que será construída na área conhecida como Sítio Paiol, com 30 hectares de dimensão e vai abrigar 223 casas, edifícios comerciais e públicos (incluindo mercado público), igreja, Correios, escola pública, creche, unidade de saúde, além de praça, quadra de esportes, caixa d’água, campo de futebol e cemitério. O Processo de formulação do projeto urbanístico do novo Distrito, assim como a tipologia das casas e dos respectivos prédios públicos e institucionais foi acompanhado pelos moradores que participaram ativamente das discussões. A população que deverá ocupar essa nova área é de aproximadamente 1.400 habitantes.

O empreendimento teve licença prévia autorizada pelo IDEMA no ano passado e todas as condicionantes da licença foram cumpridas. “É a construção de uma vida nova em um espaço totalmente planejado de acordo com as políticas ambientais. Um benefício para milhares de pessoas”, ressaltou Rondinelle Oliveira, diretor-geral do IDEMA. A barragem de Oiticica beneficiará diretamente 350 mil habitantes em 17 municípios do estado. Com capacidade para 560 milhões de metros cúbicos, a reserva atenderá toda a população dos municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central do Rio Grande do Norte, beneficiando mais de 500 mil pessoas. “Estamos trabalhando com urgência no reassentamento de Barra de Santana para garantir a segurança e conforto dos moradores”, afirmou Mairton França, secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros