12/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Prefeitura de Jardim do Seridó antecipa 1ª parcela do 13º salário

Prefeitura de Jardim do Seridó antecipa 1ª parcela do 13º salário

A prefeitura de Jardim do Seridó paga nesta quarta-feira, 12 de julho, a primeira parcela 50% do 13º salário dos servidores municipais.

O anúncio foi feito pelo prefeito Amazan nesta terça (11). Segundo o prefeito, cerca de R$ 367.229,09 (trezentos e sessenta e sete mil, duzentos e vinte e nove reais e nove centavos), devem ser injetados na economia, especialmente no setor de comércio e serviços da cidade. A atual gestão ressalta ainda que os salários do funcionalismo estão sendo pagos em dia.

Compartilhe:
12/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Mesmo com chuva, máquinas da prefeitura de São Gonçalo estão nas ruas

Mesmo com chuva, máquinas da prefeitura de São Gonçalo estão nas ruas

A terça-feira (11) amanheceu novamente com chuvas em São Gonçalo do Amarante. Em função das precipitações sem trégua, a prefeitura municipal esteve com máquinas e homens nas ruas para recuperar áreas atingidas, além do serviço de desobstrução de vias, realizado pela secretaria de Infraestrutura e Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto).

Agentes de trânsito do Demutram (Departamento Municipal de Trânsito) também trabalharam para evitar congestionamentos. De acordo com o prefeito Paulinho, a prefeitura já está pavimentando ruas no município. “Estamos com mais de 100 mil metros quadrados de calçamento garantidos, até já iniciamos obras em algumas comunidades, e, após esse período chuvoso, vamos continuar calçando mais”, finalizou.

Compartilhe:
12/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Nelter solicita instalação de Restaurante Popular para Campo Grande

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) recebeu em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta terça-feira (11), o ex-vereador de Campo Grande, Jean Vieira. Na oportunidade, o ex-parlamentar também representou a ex-vereadora e atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Dilcineia Brito e a suplente de vereadora Neta Góis.

“Na ocasião, e, em nome de Dilcineia e Neta, Jean pediu que lutássemos, junto ao Governo do Estado, pela instalação de um Restaurante Popular em Campo Grande. O equipamento representa uma grande conquista social, pois, quando instalado, beneficiará diretamente a população mais carente do município. Já protocolamos o requerimento na ALRN e lutaremos pela viabilização deste pleito”, afirmou Queiroz.

Compartilhe:
12/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Temer diz que reforma trabalhista trará empregos e deixará país mais competitivo

O presidente Michel Temer fez um pronunciamento na noite de ontem (11) e se mostrou satisfeito com a aprovação da reforma trabalhista no Senado, chamada por ele de “uma das reformas mais ambiciosas dos últimos 30 anos”. A reforma segue agora para sanção presidencial. Temer agradeceu a deputados e senadores e fez questão de lembrar que a aprovação da reforma se deu por “expressiva maioria”. Em seguida, afirmou que a nova legislação trará empregos e deixará o país mais competitivo.

“Essa aprovação da proposta é uma vitória do Brasil na luta contra o desemprego e um país mais competitivo. É com muita satisfação que digo que tive a coragem de propor essa mudança para o país, portanto para todos os brasileiros. Nela eu me empenhei desde o início do meu mandado. Seu sentido pode ser resumido de uma forma singelíssima: nenhum direito a menos, muitos empregos a mais”, disse.

Para o presidente, a nova legislação criará novas relações trabalhistas adequadas à realidade atual e preparará o mercado de trabalho às demandas do presente e exigências do futuro. “Os tempos mudaram e as leis precisam se adaptar. O nosso governo está conectado com o século 21”, disse.

Temer falou sobre a recuperação econômica do país sob seu governo. Ele citou a inflação sob controle, queda da taxa de juros e o bom desempenho do agronegócio. Em seguida, afirmou que o mercado de trabalho também já dá sinais de recuperação.

“Isso quer dizer mais renda e mais emprego. Fizemos tudo isso em pouco mais de um ano, com diálogo, respeito ao contraditório, ouvindo trabalhadores e empresários. E pensando, acima de tudo, num futuro com empregos para todos os brasileiros e oportunidades para nossos filhos e netos”. Temer esperou a conclusão da sessão no Senado, com a votação inclusive dos destaques, para fazer seu pronunciamento. Após atrasos, a reforma foi aprovada com 50 votos a favor, 26 contrários e uma abstenção.

Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil

Compartilhe:
12/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Com aprovação do Senado, modernização trabalhista vai à sanção presidencial

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Por 50 votos sim, 26 não e uma abstenção, o Senado Federal aprovou nesta terça-feira (11) a proposta de modernização da legislação trabalhista. Enviado pelo governo federal ao Congresso Nacional em dezembro passado, o texto agora segue para sanção do presidente da República, Michel Temer, já que todos os destaques e emendas foram rejeitados.

Um dos principais pontos do texto é a valorização dos acordos coletivos de trabalho. Com a aprovação da proposta, as negociações entre sindicatos de empregados e empresas terá valor de lei, conforme já previsto na Constituição Federal. Com as novas regras, haverá redução de burocracia e atualização de regras trabalhistas, trazendo a legislação para o século 21.

Como, por exemplo, a regulamentação do home office. Ou seja, com a aprovação da proposta, o trabalho de casa passa a ser reconhecido e ter regras claras. A regulação prevê, inclusive, gastos com o uso de equipamentos, com energia e com internet. O texto mantém direitos adquiridos como seguro-desemprego, salário mínimo, repouso semanal remunerado, aposentadoria, férias, verbas rescisórias.

Outra mudança é a possibilidade de trabalho intermitente. Nessa modalidade os trabalhadores são pagos conforme o período trabalhado. O projeto prevê que o trabalhador receba pela jornada ou diária e, proporcionalmente, com férias, FGTS, previdência e 13º salário.

Compartilhe:
11/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Beber café ajuda a viver mais, dizem cientistas

Reprodução G1

O primeiro deles descobriu que os consumidores da bebida, em comparação com os não-consumidores, têm um menor risco de morte. Os dados são de 10 países europeus e incluem 520 mil homens e mulheres, uma das maiores amostras para uma pesquisa já feita em relação ao café.

O artigo é de autoria de pesquisadores da Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer do Imperial College London, com informações do Grupo Europeu de Investigação para o Câncer e a Nutrição (EPIC).

A outra pesquisa atribui um maior consumo de café a um menor risco de morte em diferentes etnias. De acordo com os cientistas da Universidade do Sul da Califórnia, a análise por cor de pele é importante porque cada raça tem um estilo de vida diferente.

O estudo multiétnico acompanhou mais de 185 mil pessoas durante 16 anos, em média. Estão no artigo a análise sobre o consumo de café de afro-americanos, nativos americanos e do Havaí, japoneses, latinos e brancos.

O café é uma das mais importantes bebidas do mundo: cerca de 75% dos adultos dos Estados Unidos são consumidores e 50% dizem beber diariamente. Antes desses dois estudos, a bebida já era associada a um menor risco de morrer por doenças do coração, câncer, infarto, diabetes, doenças respiratórias e renais.

Compartilhe:
11/07/2017
Por Danilo Evaristo em Notas

Enxaqueca atinge 30 milhões de brasileiros e é mais comum em mulheres

A dor de cabeça frequente, intensificada com o barulho e a luminosidade, faz parte da rotina de mais de 30 milhões de brasileiros. Além disso, as crises constantes, enjoo e tonturas caracterizam também o quadro clínico da enxaqueca, doença neurológica que ocorre por um desequilíbrio químico no cérebro.

‘‘A enxaqueca, que também é conhecida como migrânea, costuma ser altamente intensa’’, explica Alexandre Seixas, médico neurocirurgião do Hapvida Saúde.

De acordo com o levantamento feito pela Academia Brasileira de Neurologia (ABN), além de atingir mais de 70% das mulheres e 50% dos homens, as dores são causadas por diversos fatores que desencadeiam uma crise.

‘‘Acontece geralmente devido a exposição de odores fortes, estímulos luminosos e jejum. A predominância sobre o sexo feminino é devido ao papel dos hormônios como desencadeantes’’, diz o neurocirurgião.

Para boa parte das pessoas que sofrem com enxaqueca, a caixinha de remédio é a solução mais rápida de tratamento diariamente. Mas o especialista alerta: “Automedicação é sempre um problema sério. Um medicamento com uso equivocado pode agravar muito um determinado quadro”, alerta.

O tratamento e prevenção são pontuados em duas vertentes pelo médico: “Existem os analgésicos comuns específicos para enxaqueca que devem ser prescritos pelos especialistas. Também existem remédios com efeito preventivo que reduzem ou evitam o aparecimento das crises”.

Além de evitar bebidas alcoólicas, café, temperos prontos, alimentos industrializados e embutidos, o paciente deve sempre procurar um acompanhamento médico.

“Todos devem manter a alimentação saudável. Existem as terapias alternativas, como acupuntura e o uso de toxina botulínica que também são alternativas, além dos medicamentos tradicionais. Mas, todo e qualquer tratamento sempre deve ser indicado e acompanhado por um especialista”, enfatiza Seixas.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros