03/12/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Com mais de 600 vagas, edital do concurso da prefeitura de Macaíba é publicado

O edital do novo concurso público da prefeitura de Macaíba foi publicado no final da tarde de sexta-feira (30/11). A empresa que venceu a licitação para realizar o certame é a Consulpam Consultoria.

São mais de 600 vagas sendo ofertadas juntando os níveis médio e superior, principalmente para as áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. Os salários variam de R$1.082,24 a R$10.573,50.

As inscrições começam nesta segunda-feira (03/12) e custarão R$ 85,00 para nível médio e R$105,00 para nível superior. Essas inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, após o candidato ler e aceitar as condições do edital. As provas deverão ser realizadas em fevereiro de 2019.

A realização de um concurso público vem para reorganizar o quadro funcional do município, após a criação e adequação de cargos aprovada na Câmara Municipal e sancionada pelo Executivo, objetivando otimizar o atendimento à população. Macaíba hoje é considerada uma cidade promissora situada na região da Grande Natal, bem administrada e que paga os salários rigorosamente em dia.

Confira o documento na íntegra: http://www.macaiba.rn.gov.br/_ups/editais/2018/12/03/e1a206dda368e645f3497a8ba495b860.pdf

Assecom-PMM

Compartilhe:
03/12/2018
Por Danilo Evaristo em Currais Novos

Recursos de penas pecuniárias financiam exposição de artes em Currais Novos

A partir da destinação de recursos oriundos de penas pecuniárias da 1ª Vara da Comarca de Currais Novos, a população daquele município da região do Seridó norte-riograndense terá a oportunidade de visitar, a partir de amanhã (4), a exposição “Justapostos”, do artista plástico currais-novense Assis Costa, com realização do Casarão de Poesia.

A mostra pode ser vista no Fórum Municipal de Currais Novos, no horário das 7h às 14h, até o dia 19 de dezembro.

A inauguração da exposição acontece hoje (3), às 17h, também no Fórum Municipal, situado à Avenida Coronel José Bezerra, 167, Centro.

Segundo o juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, o projeto apresentado cumpriu os requisitos para recebimento dos recursos pecuniários, com a destinação de R$ 1.800 para a sua realização.

Compartilhe:
03/12/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Aids: da epidemia mundial ao tratamento gratuito no Brasil

Hoje em dia, pessoas que têm o vírus HIV podem levar uma vida normal com o tratamento adequado, disponível, inclusive, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). As políticas públicas adotadas nos últimos anos para o diagnóstico precoce e, especialmente, a distribuição gratuita de remédios, proporcionou mais segurança para quem trabalha, estuda, tem relacionamentos amorosos e relações sexuais.

A situação nem sempre foi essa. Nos primeiros anos após a descoberta da doença e do HIV, portadores do vírus sofreram com muito preconceito e estigma, além do medo. Afinal, antes de existirem medicamentos adequados para combater a infecção, a Aids deixava o paciente vulnerável a todo tipo de males, comuns ou raros, que reduziam a expectativa de vida.

É por isso que, durante alguns anos, a Aids foi vista como uma sentença de morte. Mas esse tempo já passou e o Brasil reduz, a cada ano, o número de mortes, infecções e transmissões do HIV. Hoje, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece meios de prevenção, tratamento, medicamentos e orientação gratuitas para a população. Mas muita coisa aconteceu antes que os brasileiros pudessem contar com todas essas conquistas.

Surgimento, primeiros casos e epidemia

Os estudos mais atualizados sobre Aids indicam que o vírus causador, o HIV (sigla em inglês para vírus da imunodeficiência humana) surgiu a partir de uma mutação do SIV (vírus da imunodeficiência símia), que atingia chimpanzés. Acredita-se que a transmissão ocorreu quando seres humanos caçavam esses animais para se alimentar da carne no continente africano, ao longo do século 19.

Os primeiros casos da doença surgiram no fim dos anos 1970, nos Estados Unidos. No Brasil, a primeira notificação foi em São Paulo, em 1980. No fim daquela década, a Aids já era considerada epidemia mundial. De acordo com Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado na terça-feira (27), de 1980 a junho de 2018, foram identificados 926,752 mil casos de Aids no Brasil, com estimativa de 40 mil novos casos por ano.

Aids: o que é, sintomas e transmissão

A Aids é causada pelo vírus HIV, que prejudica o sistema imunológico, isto é, as células que protegem  o organismo de doenças causadas por outros vírus, bactérias e parasitas, além de células que causam câncer. Isso faz com que o corpo humano fique mais vulnerável a tipos raros de cânceres e doenças como pneumocistose, a toxoplasmose, a criptococose e a citomegalovirose.

A transmissão só acontece no contato com fluidos como sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno, nos quais o vírus aparece em quantidade suficiente para ser transmitido. Esse contato pode ocorrer durante a relação sexual desprotegida, compartilhamento de seringas, agulhas e objetos cortantes, na transfusão de sangue contaminado, no momento do parto e pela amamentação.

Pessoas infectadas pelo vírus HIV podem permanecer por mais de dez anos sem desenvolver os sintomas de Aids. Isso tudo depende tanto do vírus quanto do organismo infectado. Porém, o diagnóstico e o tratamento precoces são importantes para garantir qualidade e maior expectativa de vida para o portador, além de controlar da transmissão para outras pessoas. Por isso, é importante adotar práticas seguras em todas as relações sexuais, com o uso do preservativo. Em casos de relações sexuais desprotegidas, é essencial fazer o teste.

Brasil na luta contra a Aids

Apesar das muitas notificações nos últimos 30 anos, os números são otimistas e mostram uma tendência de diminuição dos casos: em 2012, a taxa de detecção de doença era de 21,7 casos para cada 100 mil habitantes e, em 2017, foram 18,3, queda de 15,7%. Na comparação com 2014, a redução foi de 12%, saiu de 20,8 para 18,3 casos por 100 mil habitantes.

A taxa de mortalidade pela doença também caiu: de 5,7 por 100 mil habitantes em 2014 para 4,8, em 2017. Bebês recém-nascidos estão mais protegidos: a transmissão vertical (da mulher grávida infectada para a criança) caiu 43% entre 2007 e 2017, de 3,5 casos para 2 por cada 100 mil habitantes.

O Brasil realiza um trabalho intenso contra Aids, que começa na prevenção – com a distribuição gratuita de milhões de camisinhas a cada ano e medicamentos de profilaxia – até o tratamento com remédios distribuídos pelo SUS para todas as pessoas com HIV.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde, da Fiocruz, da Unaids

Compartilhe:
02/12/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

MPRN divulga lista de selecionados para prova escrita de assessor jurídico ministerial

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) concluiu a primeira etapa do processo seletivo para o cargo de assessor jurídico ministerial no Núcleo Recursal e de Controle de Constitucionalidade da Coordenadoria Jurídica Judicial (CJUD) do Procurador-Geral de Justiça. Após análise dos currículos, 100 candidatos inscritos foram selecionados para fazerem a prova subjetiva, que é a segunda etapa do processo.

Os candidatos listados abaixo deverão confirmar presença através do e-mail selecao@mprn.mp.br, até segunda-feira (3). A prova será aplicada na terça-feira (4), às 9h, no auditório da sede da PGJ.

O candidato terá três horas para responder as questões e para tal poderão consultar o Vade-Mécum, sendo vedado o uso da versão comentada. O conteúdo a ser exigido nessa etapa do processo seletivo será: recurso especial, Lei de Improbidade Administrativa e Jurisprudência em teses do STJ (Edição 38 e 40 – Improbidade administrativa I e II)

Selecionados para a prova:

Adolfo Frederico do Nascimento Félix

Adriano Rufino Sousa da Silva

Aglene de Arruda Moreira Sotero

Alan Dias Barros

Alessandra Cavalcanti Ribeiro

Alessandra Vanessa Eugênio de Araújo Gonzaga

Alex Humboldt de Souza Ramos

Amanda de Carvalho Campos Lins

Amanda Rêgo Martins de Souza

Ana Carolina de Oliveira Moraes Lara Naib

Ana Caroline Redana do Prado Soares Mota

Ana Patricia de Azevedo Borba

Ana Paula Matos de Queiroz

Andressa Cely Nascimento de Carvalho

Andrey Miranda Albuquerque de Oliveira

Bruna da Silva Teixeira

Camilla Thatianna da Silva Vieira Ramos

Carla de Brito Cortez

Carlos Wagner Leão Nogueira

Daisy Trindade de Souto Araújo

Daniel Ricarte Leandro Moura

Demétrius de Siqueira Costa

Edgar Pereira da Rocha

Eduarda Shirley de Oliveira Vale Pedrosa

Eduardo de Medeiros Nóbrega

Fabricia Kelly de Souto Angelo

Fabricia Kelly Valdivino Cirilo de Lira Lima

Fernanda Araujo Bezerra de Macedo

Fernando Wallace Ferreira Pinto

Gerson Dantas Vieira

Halina Eulália Monte de Hollanda Oliveira

Hildejane Moura da Silva

Hudson Taylor Mendes Moura da Silva

Idaylton Garcia Cunha

Ìracles êy Mârã Maia Correia

Isabella Arruda Pimentel

Jamile Braga de Azevedo

Jaqueline Rosário Santana

Jéssica de Araújo Batista

João Pedro lves Oliveira Neto

Jonathan Figueiredo Macedo de Lima

Josenaldo de Medeiros Gomes Filho

Joyce Almeida de Andrade

Juliana Muniz Fernandes de Queiroz

Juliane Felipe Duarte V. de Morais

Julianna de Lima Fragoso

Katarina Patricia Silva de Oliveira

Katiene Gouveia de Santana

Larissa de Souza Pinheiro Albino

Larissa Nunes Paiva

Leticia Azevedo dos Santos Nóbrega

Lidia Raquel Horacio da Silva

Lilian Patricia de Azevedo Marinho

Luana Maria Lyra Carreras Corrêa de Oliveira

Luanny Almeida Galvão de Lima

Lucas Moreira Rosado

Lucas Wallace Ferreira dos Santos Bullio

Luis Theófilo Rocha de Vargas

Maiara Gabriela Dantas da Silva

Marcela Bezerra Galvão Morquecho

Marcos Rangeli da Silva

Marcus Vinicius Cavalcante Dantas

Marcus Vinicius F. Andrade da Silva

Maria das Vitórias Jaine de Lima

Maria Eduarda Lago Serejo

Mariana Lemos Pereira da Silva

Marianna Miranda da Silva Soares

Marina de Carvalho Guedes

Matheus de Souza Antunes Suassuna

Matheus Gomes dos Santos

Nahimã Maura Rego Chaves

Natália Mabel Santos de Oliveira

Priscilla Maria Coutinho Medeiros de Luna

Rafaella Caldas Leonardo Oliveira

Raissa Barbosa do Nascimento Rebouças

Raissa Freire de Aquino

Raissa Holanda Ramos

Raíssa Vieira Alves

Rapahela Perez Mafra Barreto

Raphael Albuquerque Barbosa Sá

Raul Matheus Pereira Dutra

Rebeka Souto Brandão Pereira

Renata Sousa Mangueira

Rodolfo Fernandes de Pontes

Romy Christine Nunes Sarmento

Rosikarla Freitas da Silva de Rubim Costa

Sabrina Bardana Diniz Costa

Sânzia Mirelly C. Guedes

Sara Beatriz Soares Alves

Saulo Ramon Fernandes de Paula

Sinval Costa de Oliveira

Suedja Edlena Costa Varela

Susane Maciel de Oliveira

Thiago Jean Lima da Silva

Thiago Rodrigo Pereira de Assis

Vagner Liger de Mello Monteiro

Veridiane Alves de Medeiros

Vescijudith Fernandes Moreira

Willyane Larissa Ananias Mesquita

Yuri Alexander Cruz Ângelo

Compartilhe:
02/12/2018
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

América garante vaga na final da Copa Jucurutu de Futebol

América e São Braz entraram em campo na tarde deste sábado (01) em jogo que definiu o primeiro finalista da Copa Jucurutu de Futebol.

O América goleou seu adversário por 4 a 0, conquistando vaga na grande final da competição. Os gols do jogo foram marcados por Jefinho (dois gols), Hugo e Anderson.

Ao São Braz resta a disputa pelo terceiro lugar da Copa.

Compartilhe:
01/12/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Governo do RN convoca 131 professores temporários

O Governo do RN, através da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, publicou na edição desta sexta-feira (30) do Diário Oficial do Rio Grande do Norte, duas convocações que contemplam 131 candidatos aprovados no concurso público para Professor Temporário e Suporte Pedagógico.

Foram convocados professores para atuar nas áreas de Artes, Educação Física, Filosofia, Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Física, Matemática, Geografia, História, Química, Ciências Biológicas, Ensino Religioso e Pedagogia – anos iniciais, Educação Especial e Especialista de Educação Suporte Pedagógico – destinados a atender as necessidades encaminhadas pelas Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direc).

Nas próximas semanas, mais de 21 cidades em todo o Estado receberão os profissionais aprovados nesta chamada atuando nas demandas requeridas de suas respectivas áreas.

Os candidatos convocados possuem o prazo de 20 dias para comparecerem à sede de suas DIRECs com os documentos obrigatórios para confirmação do cargo. O não comparecimento será considerado desistência e implicará em sua substituição, sendo convocado o candidato classificado imediatamente posterior, pela ordem de classificação.

Para conferir a lista completa de convocados e os documentos necessários para convocação, basta acessar o site do Diário Oficial e conferir a publicação.

Compartilhe:
01/12/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Aluno usa dinheiro que ganhou de aniversário para pagar ida de amigo a excursão e viraliza na web

Iago (esquerda) e Matheus — Foto: Arquivo Pessoal

Por Camilla Motta, G1 Vale do Paraíba e Região

Um gesto de amizade entre dois estudantes emocionou funcionários de uma escola municipal de Bragança Paulista (SP). Matheus Monteiro, de 12 anos, juntou todo dinheiro que ganhou de aniversário para pagar a ida do amigo Iago a uma excursão da escola. Ele não poderia pagar pelo passeio e o caso viralizou na web ao ser compartilhado pela diretora.

Em menos de 24 horas a postagem feita em uma rede social teve mais de 2,7 mil curtidas e mais de 700 compartilhamentos. A excursão – para o museu Catavento e para o Museu do Futebol em São Paulo – foi planejada pela escola municipal Francisco Murilo Pinto em maio. Cada aluno pagou R$ 45 para o transporte, que poderia ser parcelado em até quatro vezes.

A mãe de Iago, Jocileia Oliveira contou que o filho não iria para o passeio porque ela e o marido estão desempregados e não teriam como pagar. “Estava decidido que o Iago não iria. Temos cinco filhos e não tínhamos de onde tirar esse dinheiro para ele ir”, contou.

Na quarta-feira (28), Matheus ganhou R$ 35 de aniversário de um tio e decidiu pagar a viagem para o amigo. Eles estudam juntos há quatro anos e todos os dias vão caminhando para a escola.

“Ele não pensou duas vezes, pegou o dinheiro e me pediu mais R$ 10 para inteirar. Eu dei e eles foram para a escola”, conta Thais Monteiro, mãe de Matheus.

Com o valor completo e o dinheiro em mãos, eles foram até a sala da diretora Mônica Camargo na quinta-feira (29).

“O Matheus tirou todo dinheirinho do bolso e perguntou se ainda dava para o Iago ir. Perguntei como ele conseguiu o dinheiro e, quando ele falou, fiquei emocionada. Elogiei muito. Ele tinha pouco e compartilhou esse pouco”, conta a diretora.

Compartilhe:
01/12/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Banco do Nordeste inicia financiamento de energia solar para uso residencial

Pessoas físicas já podem acessar recursos do FNE Sol para financiamento de projetos de energia solar com fins residenciais, incluindo moradores de condomínios. A expansão da linha de crédito do Banco do Nordeste foi autorizada pela Portaria Interministerial 461, de 12/11/18, publicada nesta sexta-feira (30), no Diário Oficial da União. Nos últimos anos, o Banco do Nordeste consolidou-se, por meio do FNE Sol, como um dos principais financiadores de energias renováveis do Brasil, tendo aplicado mais de R$ 8,5 bilhões em projetos para atendimento empresarial.

Os clientes poderão financiar com o BNB até 100% do investimento, com limite de até R$ 100 mil, prazo de pagamento de até oito anos e carência de até seis meses. Para valores até R$ 50 mil, a garantia necessária será aval somado à alienação dos equipamentos; acima deste valor, será garantia real mais alienação dos equipamentos.

A linha de crédito utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), funding operado exclusivamente pelo BNB. “Com essa conquista, completamos o ciclo de  atendimento a todos os players interessados em energia sustentável. Faltava apenas pessoa física, mas a partir de agora este público passa a acessar o FNE Sol, com os juros mais atrativos do mercado, a partir de 0,39% a.m. e parcelas equivalentes à redução projetada na conta de energia, após a implantação do sistema de compensação”, destaca o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Os equipamentos podem ser adquiridos e financiados sem impacto nos gastos do cliente, que passa a consumir a própria energia renovável e limpa. Depois de quitado o financiamento, ficam apenas os benefícios da redução da conta. O modelo de atendimento à pessoa física contará com cadastro e conta corrente digital e apresentação de documentos nas agências nessa primeira fase, evoluindo para a solicitação de crédito via internet banking, no primeiro semestre de 2019.

Sobre FNE Sol

A linha de crédito financia todos os componentes para geração centralizada e sistemas de micro e minigeração de energia elétrica fotovoltaica, eólica, de biomassa ou pequenas centrais hidroelétricas (PCH) e também sua instalação. O produto que já era destinado a empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas e associações, instalados na área de atuação do Banco do Nordeste, passa também a atender pessoas físicas, a partir de dezembro, para implantação de sistemas de energias renováveis que atendam casas ou apartamentos.

Para pessoas jurídicas, os financiamentos referentes à geração distribuída podem ser de até 100% do valor do investimento, quando os equipamentos financiados forem alienados em composição com outras garantias; em alguns casos, de até 75%, podendo ser os equipamentos a única garantia do crédito, dependendo do porte e da localização da empresa. Os prazos para pagamento são de até 12 anos, com carência de até um ano. No que se refere à geração centralizada, os prazos se estendem a até 20 anos, com carência de até cinco anos.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros