25/08/2019
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 42 milhões no próximo sorteio

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.182 da Mega-Sena que ocorreu neste sábado, 24,, em São Paulo. O prêmio, estimado em R$ 35 milhões, acumulou.

As dezenas sorteadas foram: 19 – 22 – 39 – 46 – 47 – 59.

Na quarta-feira, 28, dia do próximo sorteio, a Caixa Econômica Federal deve pagar R$ 42 milhões.

A Quina saiu para 66 apostas e cada um vai levar R$ 46.519,40. A quadra teve 5.179 ganhadores e cada um receberá R$ 846,90.

Novas apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Agência Brasil

Compartilhe:
25/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Senac está com matrículas abertas para cursos técnicos a distância

As inscrições para os cursos técnicos a distância do Senac EAD continuam abertas até o próximo dia 30 de setembro. A matrícula deve ser realizada na página de cursos técnicos do Portal Senac EAD, na qual também é possível conferir o portfólio completo e detalhes sobre os cursos disponíveis. São 11 diferentes opções de cursos nas áreas de comércio, design, gestão, informática, meio ambiente, segurança e turismo.

Neste ciclo, a novidade é o curso de Informática para Internet. Com carga horária de 1000 horas, o curso capacita o aluno para planejar, construir, publicar, testar e realizar a manutenção de aplicações web e mobile com acesso a banco de dados. Após formado, o profissional estará habilitado para desenvolver sites, aplicações web e mobile, de acordo com os padrões de codificação, usabilidade, acessibilidade e segurança da informação.

Com aprendizado em ambiente digital, o Senac EAD garante flexibilidade de tempo e espaço aos alunos, facilitando a conciliação entre os estudos e os compromissos do dia a dia. Todo o material didático é disponibilizado on-line, por meio de recursos multimídia, podcasts, vídeos, videoaulas, animações, objetos de aprendizagem e-books, webconferências, no Ambiente Virtual de Aprendizagem.

A videoaula é o formato mais utilizado pelos cursos técnicos do Senac EAD, possibilitando que o aluno escolha onde e quando acessará o conteúdo disponível. Ainda há a possibilidade de selecionar uma data para interagir virtualmente com os tutores, em tempo real. Para atividades presenciais obrigatórias, a instituição conta com mais de 300 polos credenciados, distribuídos em todos os estados do país. No Rio Grande do Norte são seis polos disponíveis: Assu, Caicó, Macaíba, Mossoró e em Natal, nas unidades do Centro e Zona Norte.

Diploma

O diploma de Técnico de Ensino Médio tem validade nacional. A lei garante que os diplomas conferidos aos alunos de cursos a distância têm o mesmo valor que os conferidos aos alunos de cursos presenciais, sendo aceitos no mercado de trabalho sem distinção.

Compartilhe:
24/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Prazo para empresas do extinto Proadi migrarem encerra nesta segunda

Termina nesta segunda-feira (26) o prazo para as empresas que integravam o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do RN (Proadi), que foi extinto desde o dia 31 do mês passado, aderirem ao novo regime, o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (Proedi). As empresas que não se enquadrarem correm o risco de perder os benefícios já desfrutados. A nova versão do regime oferece renúncia fiscal de até 95% e as empresas que migrarem garantem, no mínimo, como crédito presumido, o mesmo percentual financiado anteriormente

Para aderir ao Proedi, é preciso preencher um formulário, disponível no Portal da SET-RN (www.set.rn.gov.br), e protocolar na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Em seguida, deverá assinar juntamente com a SET o termo do acordo, que terá os mesmos prazos de validade dos contratos de mútuo com a Agência de Fomento do RN (AGN).

O Proedi foi estruturado a partir de um modelo que, em vez de benefício financeiro para as empresas participantes, concede renúncia fiscal. A validade do Proedi vai até 30 de junho de 2032. O objetivo é estabelecer condições atrativas para o desenvolvimento da atividade industrial no Rio Grande do Norte, dando condições de competitividade para os contribuintes potiguares em relação aos estados vizinhos, que adotam esse modelo de incentivo por meio do crédito presumido. Na prática, o programa amplia o benefício de 75% (do antigo Proadi) para até 95% em caso de atividades estratégicas e empresas que geram maior número de empregos.

Pelas regras do decreto 29030, de 27 de julho de 2019, fica assegurada a manutenção do incentivo já usufruído pelas empresas atualmente beneficiárias pelo Proadi, mediante simples adesão ao Proedi sem interrupção do incentivo. A mudança também implica na simplificação do incentivo, ao contrário do Proadi, que implicava em contrato de financiamento, tornando mais ágil o processo de concessão.

Compartilhe:
24/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Meio rural e juventude são beneficiados por lei e solicitações de Nelter Queiroz

Deputado atuante e que foca sua atuação parlamentar na defesa do homem do campo e do trabalhador rural, Nelter Queiroz é autor da lei 10.543/2019, que institui a Política Estadual de Incentivo à Permanência de Jovens e Adultos no Meio Rural através da qualificação da oferta educacional. A lei em questão foi sancionada pelo Governo do Estado e publicada no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte em 11 de julho deste ano.

“Esta Política tem por objetivo a implementação de ações públicas voltadas ao estímulo e a garantia de permanência dos jovens agricultores na área rural a partir da criação de condições para escolha do meio rural como lugar para viver e da agricultura como garantidora de renda e emprego qualificado”, frisou Nelter.

Ainda de acordo com o deputado, a Política Estadual de Incentivo à Permanência de Jovens e Adultos no Meio Rural através da qualificação da oferta educacional também objetiva a qualificação dos jovens em atividades rurais, a fim de que os mesmos adquiram as habilidades necessárias para desenvolver uma unidade de produção rural, de base familiar e sustentável.

DIRETRIZES

A Política em questão segue quatro diretrizes. A primeira, diz respeito sobre a ação conjunta dos órgãos públicos, em especial os ligados a educação, com o intuito de oferecer aos jovens rurais uma formação integral, adequada a sua realidade, que lhes permita atuar como agricultores qualificados técnica e administrativamente, além de se tornarem homens e mulheres em condições de exercer plenamente sua cidadania.

Outras duas diretrizes da Política Estadual de Incentivo à Permanência de Jovens e Adultos no Meio Rural através da qualificação da oferta educacional são: o estabelecimento de ações permanentes e articuladas entre entes públicos, privados de caráter comunitário e sociedade civil para fomentar no jovem rural o sentido de comunidade, vivência grupal e desenvolvimento do espírito associativo, bem como a utilização de técnicas de produção adequadas, de transformação e de comercialização adequadas para viabilizar uma agricultura sustentável, sem agressão e prejuízos ao meio ambiente; e a melhoria da qualidade de vida de todos os agricultores, através da aplicação de conhecimentos técnico-científicos associados ao conhecimento popular, referenciados pela Pedagogia da Alternância.

Por fim, a última diretriz da Política trata sobre o desenvolvimento de práticas capazes de organizar o conjunto de ações e políticas públicas nas diversas áreas como agricultura, saúde, educação, esporte, lazer e cultura que possam incentivar a permanência dos jovens no meio rural.

IMPLEMENTAÇÃO

De acordo com a lei 10.543/2019 o Poder Executivo Estadual poderá implementar programa de apoio técnico ou financeiro para instituições educacionais, sem fins lucrativos e de caráter comunitário, que desenvolvam ou ofereçam cursos gratuitos de ensino médio ou de educação profissionalizante com conteúdo e método fundamentado, entre outros, na pedagogia da alternância.

Para os efeitos desta Lei considera-se pedagogia da alternância a organização curricular, pedagógica e metodológica específicas que possibilitem aos jovens e adultos educandos alternarem períodos de estudos no ambiente sócio-escolar com o ambiente sócio-profissional, possibilitando a convivência com a família, a comunidade e a organização.

A lei 10.543/2019 também autoriza o Poder Executivo Estadual a estabelecer convênios com os municípios e instituições educacionais para desenvolver, implantar e aperfeiçoar esta Política. O Governo do Estado do Rio Grande do Norte tem até dia 10 de outubro para regulamentar esta legislação.

REQUERIMENTOS

Ainda com foco na defesa do homem do campo e da produção agropecuária no Estado, Nelter Queiroz direcionou requerimentos, na última semana, à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no Rio Grande do Norte e à Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape).

No documento enviado ao superintendente da Conab no Estado, Boris de Almeida, o parlamentar solicitou empenho junto ao Governo Federal para que os agricultores potiguares possam comprar soja a preço de custo nas unidades da Conab do Rio Grande do Norte. No pleito direcionado à Sape, Nelter reiterou solicitação anterior no que tange a implantação do Selo SISBI nos produtos de origem animal com fabricação no RN.

“O Selo SISBI é um selo nacional que equivale aos serviços de inspeção existentes em municípios, estados e Distrito Federal, que permite a comercialização de nossos produtos de origem animal em outros estados de nosso país”, destacou Queiroz.

Compartilhe:
23/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Prefeitura de Martins inicia projeto com objetivo de prevenir obesidade na primeira infância nas escolas

A prefeitura de Martins iniciou nas Escolas da Rede Municipal de Ensino o Projeto Educação Alimentar e nutricional: Prevenindo a obesidade na primeira infância. A primeira escola a receber a visita foi o Centro Educacional Professora Aninha Leite.

O projeto é uma iniciativa da secretaria de Educação, Cultura e Esportes em parceria com a secretaria de Saúde, por meio das Nutricionistas Flaviany Teodoro e Priscila Magno. O objetivo da ação é trazer uma abordagem lúdica sobre o tema, incentivando a construção de hábitos alimentares saudáveis.

O público alvo do projeto são alunos de 0 a 5 anos, matriculados na rede municipal de ensino, pois o índice de obesidade e outros agravos nutricionais nessa faixa etária está elevado em nosso município.

Vale salientar que os demais alunos também receberão a devida atenção, pois o aluno que for detectado (por meio do PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA) com algum problema no estado nutricional, seja baixo peso ou obesidade, receberá um comunicado informando o problema e passando as instruções para o devido acompanhamento nutricional, de modo que o responsável pelo menor que receber o comunicado deverá entregar uma via à escola, devidamente assinada, atestando que está ciente da necessidade do acompanhamento profissional. Dessa forma, pretende-se acompanhar todas as crianças e adolescentes que estejam com alguma desordem nutricional.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

RN inicia vacinação contra o sarampo de todas as crianças entre 6 meses e 1 ano

Foto: Reprodução/TV TEM

Por G1 RN

A Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN (Sesap) já iniciou a vacinação contra o sarampo de todas as crianças de seis meses a 1 ano. A recomendação para que todas as crianças nessa faixa etária sejam vacinadas é do Ministério da Saúde. Dados divulgados na terça (20) apontam que o Brasil registra 1.845 casos de sarampo em 2019, em 88 cidades de 11 estados. O Rio Grande do Norte tem 1 caso confirmado.

Em nota, a Sesap informou que “as doses específicas para esta população alvo ainda serão entregues pelo Ministério da Saúde, mas as atividades vão começar utilizando o estoque estadual atual”.

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa causada por um vírus do gênero Morbillivirus, da família Paramyxoviridae. A transmissão pode ocorrer por meio da fala, tosse e/ou espirro. O quadro de infecção pode ser grave, com complicações principalmente em crianças desnutridas ou com sistema imunológico debilitado.

No dia 26 de julho foi confirmado um caso de sarampo em um rapaz que mora em Natal, mas viajou para São Paulo. Já no dia 13 de agosto exames iniciais confirmaram um caso de sarampo em uma criança de 1 ano e seis meses moradora de Tibau do Sul. A Sesap aguarda o resultado de um exame realizado em SP para confirmar este caso.

Nova recomendação

O Ministério da Saúde divulgou uma nova recomendação: todas as crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias devem receber uma dose adicional, a chamada “dose zero”. A recomendação vale para todo o país, e deve alcançar 1,4 milhão de crianças. O ministério ressalta que essa dose não substitui ou elimina a necessidade de tomar as demais que integram o calendário nacional de vacinação.

Antes, o reforço era indicado somente para aquelas que fossem viajar para municípios com surto da doença no país. De acordo com o ministério, o grupo formado pelas crianças menores de 1 ano é o mais afetado pela doença.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Currais Novos: MPRN recomenda intensificação do combate ao mosquito da dengue

A prefeitura de Currais Novos, município do Seridó potiguar, deve intensificar a fiscalização nas residências e prédios públicos e particulares visando a eliminação dos recipientes que sirvam de criadouro ao mosquito transmissor da dengue. Foi o que recomendou o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio de ato elaborado pela Promotoria de Justiça da comarca e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (20).

A situação foi tema de investigação realizada pela Promotoria de Justiça da comarca, a partir da informação de que o município de Currais Novos não atingiu a cobertura mínima preconizada pelo Ministério da Saúde de 80% nos dois últimos ciclos de visita de imóveis, sendo os resultados atingidos no 1º ciclo de 89,7%, no 2º ciclo de 69,9% e o 3º ciclo de 75,3%.

De acordo com o Índice de Infestação Predial, o Município de Currais Novos atingiu, no primeiro e segundo índices, os percentuais de 4,6 e 5,6, respectivamente, feito que caracteriza estado de risco de epidemia, visto que o recomendado pelo Ministério da Saúde é que o Índice de Infestação Predial seja menor que 1,0.

A legislação sobre a matéria determina que, quando verificada situação de iminente perigo à saúde pública pela presença do mosquito transmissor e dos vírus dengue, chikungunya e zika, poderão ser adotadas medidas para a contenção das doenças causadas pelos vírus, destacando-se o “ingresso forçado em imóveis públicos e particulares, no caso de situação de abandono, ausência ou recusa de pessoa que possa permitir o acesso de agente público, regularmente designado e identificado, quando se mostre essencial para a contenção das doenças”.

O MPRN recomendou ainda que o Município realize, em 2019, todos os ciclos anualmente previstos de controle e combate às arboviroses, encaminhando, no prazo de até 20 dias, relatório circunstanciado das medidas adotadas e dos resultados obtidos, incluindo ações educativas junto à comunidade local, a serem amplamente divulgadas.

Para ler a recomendação completa, clique aqui.

Compartilhe:
22/08/2019
Por Danilo Evaristo em Assú

Prefeitura de Assú e Banco do Nordeste intensificam ações para levar benefício a agricultores em débito

Com o objetivo de garantir a inclusão do maior número possível de agricultores do município que estão inadimplentes em operações de crédito rural contraídas junto ao BNB local, uma delegação da Prefeitura do Assú, da instituição financeira e do Sindicato Trabalhadores Rurais se deslocou na manhã desta terça-feira (20), à área do Trapiá e adjacências.

A intenção, conforme diz o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, Paulo Morais, é enquadrar a maior quantidade de pequenos produtores nesta situação aos benefícios do Termo de Liquidação do Crédito Rural via Pronaf firmado entre o banco e a prefeitura.

No dia 23 de maio passado o prefeito Gustavo Montenegro Soares celebrou o Termo de Liquidação do Crédito Rural via Pronaf, operacionalizado pelo BNB. A projeção é de que o montante financeiro a ser abatido atinja a importância de R$ 2,3 milhões, correspondendo a 339 operações de crédito realizadas pela agência, com amparo na Lei Municipal nº 655, de 16 de abril deste ano. Para o investimento que beneficia diretamente cerca 200 pequenos agricultores familiares e produtores rurais, a prefeitura do Assú aplicou a importância de R$ 65 mil por intermédio do Fundo Municipal de Amparo ao Trabalhador Rural.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros