03/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

UFRN terá novos cursos de pós-graduação em 2020

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou a criação de três novos cursos de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que serão ofertados em Natal a partir de 2020. As oportunidades contemplam o mestrado profissional em Educação Especial, o mestrado acadêmico em Ciências Aplicadas à Saúde da Mulher e o doutorado profissional em Saúde da Família.

Vinculado ao Centro de Educação da UFRN (CE), o mestrado profissional em Educação Especial tem como objetivo formar e capacitar profissionais que atuam com pessoas com deficiências, altas habilidades e transtorno do espectro autista, as quais necessitam de apoio e serviços especializados para o acesso, permanência, participação e aprendizagem nos diversos contextos educacionais.

O mestrado acadêmico em Ciências Aplicadas à Saúde Da Mulher, por sua vez, é vinculado ao Centro de Ciências da Saúde (CCS) e sediado na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), com o intuito de gerar produção de pesquisa qualificada para atuar na saúde da mulher em seus diversos aspectos, de maneira multidisciplinar.

Já o doutorado em Saúde da Família faz parte da Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família (Renasf), sob coordenação da Fundação Oswaldo Cruz do Ceará (Fiocruz). A iniciativa, que constitui o primeiro doutorado profissional ofertado na UFRN, busca fomentar a pesquisa e o ensino do tema e áreas correlatas, a partir da produção de conhecimento e do desenvolvimento de atividades de ensino.

Segundo o pró-reitor de pós-graduação da UFRN, Rubens Maribondo, as conquistas são importantes para cobrir áreas que necessitavam ir além da graduação, com vistas ao seu fortalecimento e desenvolvimento. Com os três novos cursos, a UFRN expande para 95 programas e 134 cursos de pós-graduação, destes 43 doutorados.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Governo Federal descontingencia emenda da UERN

O Governo Federal descontingenciou a emenda de bancada destinada à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Com a medida, a Instituição investirá, a partir de 2020, R$ 23 milhões em obras estruturantes e aquisição de equipamentos, beneficiando todas as suas unidades, localizadas em Mossoró, Assú, Pau dos Ferros, Patu, Natal e Caicó. Esses recursos são extras ao orçamento anual da Universidade, sendo R$ 3 milhões do Governo do Estado, assegurados pela governadora Fátima Bezerra tão logo soube do contingenciamento da emenda federal.

Na terça-feira, 26, o reitor Pedro Fernandes, o deputado Beto Rosado, seu assessor Marcos Pinto, e a assessora do deputado Rafael Motta, líder da bancada potiguar, Kamila Carvalho, cumpriram agenda em Brasília e apresentaram as demandas da UERN ao presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Rodrigo Dias.

Na pauta constavam o descontingenciamento da emenda de bancada, e formalização dos convênios dessa emenda e das individuais dos senadores José Agripino e Garibaldi Filho; a prorrogação de quatro convênios para execução dos R$ 200 mil existentes; a solicitação de ajustes de plano de trabalho em dois convênios que somam R$ 500 mil; a análise e, por conseguinte, aprovação de três projetos de engenharia que somam R$ 2,18 milhões, além da solicitação de repasse financeiro de sete convênios vigentes no valor total de R$ 1,136 milhão.

“O descontingenciamento é o primeiro resultado da extensa agenda que cumprimos em Brasília. Tivemos reuniões no FNDE, na Empresa Brasil de Comunicação, no Palácio do Planalto, além de demandas nos Ministérios da Educação, da Saúde e da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação. Em todos esses momentos, o diálogo foi muito positivo, e há uma expectativa muito grande para nossa Universidade e, por conseguinte, para nossa comunidade acadêmica e toda sociedade potiguar”, afirma Pedro Fernandes.

Pedro Fernandes também agradeceu e destacou o apoio do deputado Beto Rosado que construiu essa agenda. “Reiteramos o reconhecimento ao deputado Beto que nos procurou disponibilizando seu mandato, organizou toda a agenda e nos acompanhou do começo ao fim. Esse apoio tem sido fundamental para destravar os recursos”.

A Universidade conta ainda com a indicação de R$ 1,4 milhão em emendas, sendo R$ 500 mil do senador Styvenson Valentim, R$ 500 mil da deputada Natália Bonavides, R$ 150 mil do deputado Beto Rosado, R$ 150 mil do deputado Benes Leocádio e R$ 100 mil do deputado Walter Alves.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Concurso público: Prefeitura municipal de São Gonçalo do Amarante/RN divulga edital com 547 vagas

A prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) divulgaram, nesta segunda-feira (2), o edital 01/2019 do Concurso Público para cargos no município. São oferecidas 547 vagas na prefeitura, e mais 36 vagas para o SAAE, ambos nos níveis fundamental, médio e superior.

As inscrições iniciam nesta quinta-feira (5), a partir das 9h, e seguem até às 22h do dia 6 de janeiro de 2020, e poderão ser feitas através do endereço www.ibfc.org.br. A taxa para inscrição é R$ 45 para nível fundamental, e de R$ 55 para os cargos de nível médio. Já para os cargos de nível superior, o valor da taxa de inscrição é R$ 70.

O concurso será divido em três etapas: prova objetiva (para todos os cargos); prova de títulos (para os cargos de nível superior); e teste de aptidão física e avaliação psicológica (para guarda municipal). As provas objetivas acontecem nos dias 16 de fevereiro e 8 de março, a depender do cargo escolhido, e terão duração de 3h.

Para conferir todas as informações sobre cargos, datas, conteúdos programados e atribuições gerais dos cargos, basta conferir o edital aqui.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Cerca de 135 mil pessoas desconhecem que estão com HIV no país, diz Ministério da Saúde

Teste rápido de sífilis, HIV e hepatites — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Por Brenda Ortiz, G1 DF

O Ministério da Saúde estima que 135 mil pessoas vivem com HIV no Brasil e não sabem. Com base nessa estimativa, a campanha lançada em alusão ao Dia Mundial de Luta Contra a Aids quer incentivar as pessoas que se colocaram em risco a procurar uma unidade de saúde para realizar o teste rápido. Considerando o período entre 1980 e junho de 2019 foram detectados 966.058 casos de Aids no país.

Segundo o diretor do departamento de doenças crônicas e infecções sexualmente transmissíveis, Gerson Pereira, o país adotou a recomendação do início do tratamento para todas as pessoas após o diagnóstico de HIV, independente da condição clínica do paciente.

“Os últimos dados mostram que a pessoa diagnosticada com HIV tem praticamente o mesmo tempo de vida que uma pessoa que não vive com o vírus”, afirmou.

“Se essa pessoa mantiver o tratamento regular, pode ter uma vida normal, assim como quem tem diabetes ou hipertensão. Mas para isso, é importante ter o diagnóstico cedo, tratar imediatamente e se manter em tratamento”, disse Gerson Pereira.

Por causa do tratamento mais acessível, o governo informou ainda que os casos de Aids reduziram em 13,6% entre 2014 e 2018. O índice equivale a 12,3 mil casos evitados da doença.

Já a mortalidade por Aids caiu em 22,8%, nesse mesmo período, evitando 2,5 mil óbitos. Segundo o Ministério da Saúde, quando um paciente infectado com o vírus HIV recebe o tratamento adequado, sua carga viral pode chegar a ser indectável. Quando isso acontece, considera-se que não existe uma quantidade suficiente do vírus para que ele seja transmissível.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso

Foto: Agencia Brasil

Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil 

Começa nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país.

Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban.

A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições e pela plataforma consumidor.gov.br.

Segundo a Febraban, os bancos Votorantim e Safra também participam da iniciativa, somente por meio dos canais digitais.

Banrisul

O Banrisul informou que oferecerá desconto sobre o total da dívida e nos juros. Além do atendimento nas agências, o banco oferece o Portal de Solução de Dívidas, localizado em seu site, e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso. No site do Banrisul, o cliente tem acesso ainda a orientações financeiras na área Crédito Consciente.

Banco do Brasil

O BB dará descontos de até 92% na liquidação de dívidas e oferecerá prazos que podem chegar a 120 meses, além de até 180 dias de carência. O banco também oferecerá, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Além das agências, o banco também dá a opção de atendimento digital pelo Portal de Renegociação de Dívidas e pelo aplicativo do BB.

Bradesco

O Bradesco informou que participa do mutirão da dívida com prazos e taxas diferenciadas, de acordo com o perfil dos clientes. “O Bradesco vai participar da Semana da Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Febraban e o Banco Central, oferecendo prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. Vamos realizar intensiva comunicação com clientes potenciais. As Agências e canais de atendimento estarão preparadas para atender aos clientes com alçada para negociar eventuais sugestões de condições para a renegociação dos pagamentos”, disse em nota.

Caixa Econômica Federal

Segundo a Caixa, na renegociação do crédito comercial, os clientes podem quitar dívidas que estejam em atraso há mais de 1 ano, com até 90% de desconto para pagamento à vista, de acordo com as características da operação. Podem ainda unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

As condições também englobam os contratos habitacionais. Uma das alternativas oferecidas compreende o pagamento de um valor de entrada e a incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato, permitindo que o cliente retome seu fluxo de pagamento mensal.

Para outro grupo de clientes, há possibilidade, após o pagamento da entrada, de fazer acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento, durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato.

Para o cliente que tem saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), outra opção é utilizar o recurso para reduzir a prestação em até 80% por 12 meses. Essa condição vale para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso.

Segundo a Caixa, as condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação.

A renegociação também pode ser feita por meio do site www.negociardividas.caixa.gov.br, via telefone e WhatsApp 0800 726 8068, nos perfis do banco no Facebook e no Twitter, APP Cartões Caixa, nos caminhões Você no Azul e nas agências. Na habitação, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociar a dívida pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

Itaú Unibanco

O atendimento no Itaú Unibanco ocorrerá nas agências, pelo site, aplicativo e na central telefônica. Segundo o banco, o cliente vai encontrar taxas reduzidas, a partir de 1,99% – nesse caso, para débitos com mais de 90 dias de atraso –, e prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano; ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas; ou parcelamento, em até 60 meses do valor devido.

Santander

O Santander informou que a renegociação envolve descontos de até 90% no valor da dívida. Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Já para acordos com atrasos acima de 60 dias, dependendo do caso, os descontos serão de até 90% no valor total da dívida.

As condições especiais serão válidas para as modalidades crédito pessoal, consignado, capital de giro, conta garantida, Santander Master, descontos de recebíveis e cartão de crédito nos canais de relacionamento do banco (aplicativo, central telefônica, portal de renegociação e agências). No período da campanha, o Santander também manterá algumas de suas agências abertas até as 20h para o atendimento, com orientação financeira aos clientes.

Dívidas com bancos

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas. O setor de comunicação foi responsável por 12% das pendências e as contas de água e luz, por 10%.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Esporte

Fortaleza vence o Goiás e garante vaga na Sul-Americana 2020

FOTO: Luan Erick /FortalezaEC

Matheus Nunes/Tribuna do Ceará

O Fortaleza foi até o Serra Dourada e bateu o Goiás por 2 a 1. Com a vitória, o Tricolor do Pici garante vaga para a Sul-Americana 2020 e, pela primeira vez na história, a equipe tricolor vai participar de uma competição internacional.

O triunfo começou a ser construído ainda no 1º tempo. Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio cobrado por Juninho, Bruno Melo pulou de peixinho e abriu o placar para o Leão. Aos 25, Edinho fez jogada individual e cruzou rasteiro para Osvaldo, que acertou belo chute e ampliou para os cearenses.

No final da primeira etapa, o centroavante Rafael Moura descontou para os goianos, mas não foi suficiente para estragar a festa tricolor.

No 2º tempo, destaque para os goleiros. Aos 15 minutos, Michael saiu sozinho com Felipe Alves, mas o arqueiro fechou o ângulo e evitou o gol de empate do Esmeraldino. No lance seguinte, foi a vez do Fortaleza. Kieza fez ótima jogada, driblou o zagueiro e chutou, mas Tadeu defendeu.

O Leão volta a campo na próxima quarta-feira contra (4), contra o Fluminense, no Maracanã.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

11ª Vara Cível de Natal seleciona estagiário de Pós-Graduação em Direito

A 11ª Vara Cível de Natal abriu processo de seleção de estudante de Pós-Graduação em Direito para estágio remunerado. É oferecida uma vaga e haverá classificação até o 10º colocado para formação de cadastro de reserva. Veja AQUI o edital da seleção.

As inscrições podem ser feitas de 2 a 10 de dezembro, pessoalmente, das 8h às 15h, na Secretaria da 11ª Vara Cível da Comarca de Natal, situada no 5º andar do Fórum Des. Miguel Seabra Fagundes (Rua Dr. Lauro Pinto, 315, Lagoa Nova, Natal) ou ainda, através do e-mail nt11civ@tjrn.jus.br.

Para o estagiário, a jornada consiste em 30 horas semanais, sendo 6 horas diárias. O estudante selecionado receberá bolsa-auxílio no valor de R$ 1.874,00 mais auxílio-transporte no valor de R$ 127,60.

Seleção

A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, consistirá na elaboração de uma sentença, abrangendo Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito do Consumidor. Terá duração de 4 horas e será realizada no dia 16 de dezembro, às 9h, na Escola da Magistratura (Esmarn), localizada na Rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, 1000, Candelária.

Os dez primeiros colocados serão convocados no Diário da Justiça Eletrônico, no dia 19 de dezembro, para a fase de prova oral, a ser realizada no dia 28 de janeiro, a partir das 9h, na 11ª Vara Cível, situada no 5º andar do Fórum Des. Miguel Seabra Fagundes.

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Canindé Soares lança livro com imagens de belas paisagens do litoral do RN

Foto: José Aldenir / Agora RN

Via Agora RN

O fotojornalista potiguar Canindé Soares lançará, na próxima quinta-feira, 5, a partir das 17h, o livro “Litoral do RN”, na Capitania das Artes em Natal. São 139 páginas com 149 fotos que exploram as belezas do litoral potiguar. É um livro de capa dura, bilíngue – em português e inglês –  e de fino acabamento.

“A gente escolheu cada fotografia com muito cuidado. São fotos espetaculares, até porque nosso litoral é belo. Eu costumo dizer que o fotógrafo tem que ser muito ruim para não fazer uma foto boa das nossas lindas praias”, comenta.

“Litoral do RN” é o quinto livro de Canindé Soares, fruto de um trabalho que levou quase dez anos para ser concretizado. Drones e helicópteros foram utilizados para os cliques das belas paisagens.

O resultado é a compilação de registros incríveis, como uma foto aérea da cidade de Guamaré, na região da Costa Branca.

“Fui várias vezes à cidade para fazer essa foto. Aos 45 do segundo tempo, cheguei lá e o dia, a luz e a maré cheia proporcionaram o cenário perfeito. É uma foto que mostra quase toda a cidade. É muito bonita, porque Guamaré, quando vista do alto, parece uma península, rodeada de água e mangues. Essa foto é muito impactante”, atesta.

O livro conta com aprovação da Lei Municipal de Cultura Djalma Maranhão.

O fotojornalista

Canindé Soares nasceu em São Bento do Trairí, na região Agreste do estado, mas veio morar em Natal ainda criança. O potiguar já fotografou para diversos jornais do país e até do exterior. Entretanto, a paixão pelo Rio Grande do Norte é marca registrada em suas fotografias.

Da seca ao inverno, das pequenas às grandes cidades, todos os livros do fotojornalista trazem temáticas voltadas aos atrativos do estado. “Se eu tivesse que escolher um lugar no mundo para fazer um projeto fotográfico, eu escolheria aqui”, finaliza”.

Serviço:

O quê: lançamento do livro “Litoral do RN”

Onde: Fundação Cultural Capitania das Artes, Avenida Câmara Cascudo, 434, Ribeira

Quando: quinta-feira, 5, às 17h

Compartilhe:
02/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Conta de luz ficará R$ 2,8 mais barata por kWh em dezembro

Por Sandra Manfrini / Estadão Conteúdo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (29/11) que as contas de luz vão ficar mais baratas em dezembro. É que a agência reguladora alterou a bandeira tarifária de vermelha patamar 1 para a amarela em dezembro.

A bandeira amarela representa um custo extra de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh) contra os R$ 4,169 por kWh cobrados quando a bandeira tarifária é vermelha patamar 1.

“Para dezembro, as previsões meteorológicas sinalizam melhora nas condições de chuva sobre as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), caracterizando o início do período úmido na região dessas bacias. A previsão hidrológica para o mês é a de que as vazões afluentes aos principais reservatórios se elevem gradativamente, mas ainda atingindo patamares abaixo da média quando comparadas às referências históricas. Essa condição intermediária repercutirá na capacidade de produção das hidrelétricas, ainda demandando acionamento de parte do parque termelétrico, com impactos diretos na formação do preço da energia (PLD) e nos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF). O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada”, diz a Aneel em nota divulgada nesta sexta.

No sistema de bandeiras tarifárias, em vigor desde 2015, a cor verde não tem cobrança de taxa extra, indicando condições favoráveis de geração de energia no País. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos. A bandeira vermelha pode ser acionada em um dos dois níveis cobrados. No primeiro nível, o adicional passa a ser de R$ 4,169 a cada 100 kWh. No segundo nível, a cobrança extra será de R$ 6,243 a cada 100 kWh.

As bandeiras tarifárias indicam o custo da energia gerada para possibilitar o uso consciente de energia. Antes do sistema, o custo da energia era repassado às tarifas no reajuste anual de cada empresa, e tinha a incidência da taxa básica de juros.

Compartilhe:
01/12/2019
Por Danilo Evaristo em Notas

Crediamigo do Banco do Nordeste alcança marca inédita de R$ 9 bilhões aplicados no ano

O programa de microcrédito urbano do Banco do Nordeste, o Crediamigo, alcançou, este mês, a marca inédita de R$ 9 bilhões em empréstimos realizados em 2019, com quase 4 milhões de operações. Na comparação com igual período do ano passado, os resultados representam crescimento de 16,93% em valores e de 7,71% em número de contratações.

Para o presidente do BNB, Romildo Carneiro Rolim, essa performance, alcançada a um mês do fim do atual exercício, já supera o desempenho de todo o ano de 2018, numa demonstração da força do programa como política pública de êxito do Governo Federal.

O Crediamigo possui mais de 20 anos de atuação e oferece crédito rápido e orientado para mais de 2 milhões de microempreendedores. Atualmente realiza 17,6 mil operações de microcrédito por dia, com média de R$ 2,2 mil de valor por empréstimo.

O Crediamigo facilita o acesso ao crédito a empreendedores dos setores informal ou formal da economia. Associado ao crédito, o programa disponibiliza acompanhamento e orientação para melhor aplicação do recurso.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros