22/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Caminho da Escola vai entregar 6,2 mil novos ônibus para estados e municípios

Foto: Shismênia Oliveira – Ascom/MEC

O Ministério da Educação (MEC) viabilizou a compra de 6,2 mil novos ônibus escolares, por meio do programa Caminho da Escola, favorecendo estados, municípios e o Distrito Federal com os veículos na renovação das frotas.

As aquisições incluem um novo modelo de veículo que irá atender áreas de difícil acesso e com vias mais castigadas, uma iniciativa inédita no governo federal. Para isso, os ônibus possuem tração nas quatro rodas e são menores, garantindo o transporte de 13 estudantes sentados.

Segundo a presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Karine Santos, o novo modelo de ônibus atende uma necessidade exposta pelos municípios. “Estamos atentos às demandas. Por isso, o Caminho da Escola disponibiliza pela primeira vez esse micro-ônibus escolar”, explica a presidente.

Além do modelo “jipe”, estão disponíveis para aquisição outros seis modelos de ônibus, tanto para as áreas rurais quanto urbanas. Os dois tipos que atenderão as áreas urbanas permitirão a viagem de 21 e 29 alunos sentados. Os modelos rurais possuem capacidade para 29, 44 e 59 estudantes sentados.

Melhorias

Entre as melhorias dos ônibus para 2020 estão a porta de lâmina única, que possui vedação total para entrada de pó e água, o que permite o tráfego em estradas rurais de difícil acesso. Os modelos também terão um sistema aperfeiçoado de isolamento térmico do motor, o que proporciona a diminuição do calor no interior do veículo.

Todos os veículos são equipados com dispositivos de acessibilidade e seguem padrões de qualidade e segurança estipulados pelo FNDE, em parceria com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Aquisições

Estados, Distrito Federal e municípios poderão adquirir os veículos por meio de atas de compras disponíveis no Sistema de Gerenciamento de Atas de Registro de Preços (Sigarp) do FNDE. Com o modelo de compra compartilhada, a economia na compra dos veículos pode chegar a quase 40% do valor de mercado.

Caminho da Escola

Desde 2007, o programa tem o objetivo de renovar a frota de veículos escolares no Brasil e garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes. Os veículos podem ser adquiridos pelos estados e municípios por meio de assistência financeira do FNDE, recursos próprios e por linha de crédito a ser disponibilizada por agente financeiro.

Hoje, a necessidade de frota para atender a demanda de estudantes, tanto de áreas rurais quanto urbanas, gira em torno de 104 mil veículos com capacidade média para 31 passageiros. Além dos ônibus e micro-ônibus, também são utilizados cerca de 670 lanchas escolares desenvolvidas e construídas em parceria com a Marinha do Brasil, e quase 6,5 mil bicicletas e capacetes escolares.

Estudos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação concluíram que o fornecimento de bicicletas aos estudantes pode atenuar o esforço daqueles que precisam percorrer pequenas e médias distâncias para chegar à escola ou aos pontos dos barcos e dos ônibus escolares.

Com informações do FNDE/MEC

Compartilhe:
22/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Fique por dentro das principais datas do Calendário Eleitoral 2020

Tribunal Superior Eleitoral

As Eleições Municipais de 2020 só ocorrerão em outubro, mas a contagem regressiva para o dia da votação começou no fim do ano passado, com a aprovação e a publicação das resoluções do Tribunal Superior Eleitoral que normatizarão o pleito. As etapas do processo eleitoral estão descritas no cronograma previsto na Resolução TSE nº 23.606/2019, que estabelece, mês a mês, as datas do Calendário Eleitoral.

Segundo a Resolução, a partir do dia 1º de janeiro as pesquisas eleitorais devem ser registradas, até cinco dias antes da divulgação, no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) da Justiça Eleitoral. A norma também proíbe, a partir dessa data, a distribuição de bens e valores pela Administração Pública, a execução de programas sociais por entidade vinculada a pré-candidato e a realização de publicidade de órgãos públicos com custos superiores à média dos gastos no primeiro semestre dos últimos três anos.

A chamada janela eleitoral, período em que vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição (majoritária ou proporcional) de outubro sem incorrer em infidelidade partidária, ficou fixada de 5 de março a 3 de abril.

Também em abril, no dia 4 – seis meses antes do pleito – esgota-se o prazo para que novas legendas sejam registradas na Justiça Eleitoral a tempo de lançarem candidatos próprios às eleições. Além disso, até o dia 4 de abril, aqueles que desejam concorrer na eleição devem ter domicílio eleitoral na circunscrição na qual desejam concorrer e estar com a filiação aprovada pelo partido. Por fim, essa data também marca o fim do prazo para que detentores de mandatos no Poder Executivo renunciem aos seus cargos para se lançarem candidatos.

Para os eleitores, 6 de maio é uma data muito importante: é o último dia para que regularizem a sua situação junto à Justiça Eleitoral para poderem votar em outubro. Assim, pessoas que perderam o recadastramento biométrico e tiveram o título cancelado, não justificaram a ausência nas últimas eleições ou ainda desejem alterar o domicílio eleitoral têm até esse dia para se dirigirem ao cartório eleitoral mais próximo a fim de resolver suas pendências.

Maio também marca, no dia 15, o início da arrecadação facultativa de doações por pré-candidatos aos cargos de prefeito e vereador, por meio de plataformas de financiamento coletivo credenciadas na Justiça Eleitoral. Os recursos disponíveis para o financiamento de campanha mediante o Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC), por sua vez, serão divulgados no dia 16 de junho.

Pré-candidatos que apresentem programas de rádio ou televisão ficam proibidos de fazê-lo a partir do dia 30 de junho. Já em 4 de julho, passam a ser vedadas algumas condutas por parte de agentes públicos, como a realização de nomeações, exonerações e contratações, assim como transferências de recursos, entre outras.

As convenções partidárias para a escolha dos candidatos deverão ser realizadas de 20 de julho a 5 de agosto. Também a partir de 20 de julho, os candidatos passam a ter direito de resposta à divulgação de conteúdo difamatório, calunioso ou injurioso por qualquer veículo de comunicação social. Nesse mesmo dia, também é contabilizada a distribuição partidária dos assentos na Câmara dos Deputados para o cálculo do tempo da propaganda eleitoral no rádio e na televisão.

Os registros de candidaturas devem ser protocolados na Justiça Eleitoral, via internet, até as 23h59 do dia 14 de agosto. Por meio físico, os requerimentos devem ser protocolados até as 19h do dia 15. Caso os partidos políticos não tenham apresentado, dentro desses prazos, o requerimento de registro de candidatos escolhidos em convenção, os próprios candidatos poderão fazê-lo, pessoalmente, até o dia 20 de agosto.

No dia 16 de agosto, passa a ser permitida a propaganda eleitoral, inclusive na internet. Os comícios poderão acontecer até o dia 1º de outubro. A divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral e a reprodução, na internet, de jornal impresso com propaganda relativa ao primeiro turno serão permitidas até o dia 2. Já a distribuição de santinhos e a realização de carreatas e passeatas podem ocorrer até 3 de outubro. O horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão passa a ser veiculado de 28 de agosto a 1º de outubro.

A Justiça Eleitoral estabeleceu o prazo de 14 de setembro para que todos os cerca de 500 mil registros de candidatura esperados para o pleito de 2020 tenham sido julgados pelos respectivos juízes eleitorais.

Já a partir do dia 19 de setembro, candidatos não poderão ser presos, salvo no caso de flagrante delito. Eleitores, por sua vez, não poderão, em regra, ser presos a partir do dia 29 do mesmo mês.

O primeiro turno de votação para vereadores e prefeitos acontecerá no dia 4 de outubro; o segundo turno, caso haja, para a eleição de prefeitos em municípios com mais de 200 mil eleitores, ocorrerá no dia 25 do mesmo mês.

Já o prazo para a diplomação dos eleitos será 18 de dezembro.

Compartilhe:
21/01/2020
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Senador Jean Paul visita as instalações da nova indústria da Del Rayssa em Jucurutu

O senador Jean Paul Prates conheceu na última sexta-feira (17), a sede da nova indústria da Del Rayssa em Jucurutu.

Acompanhado da vereadora Da Guia e do ex-vereador Márcio Soares, Jean Paul foi recepcionado pelo casal de empresários Menezes e Fátima.

Senador Jean Paul Prates visita as instalações da nova indústria Del Rayssa em JucurutuO senador Jean Paul Prates conheceu nesta sexta-feira (17), a sede da nova indústria da Del Rayssa em Jucurutu.Acompanhado da vereadora Da Guia e do ex-vereador Marcio Soares, Jean Paul foi recepcionado pelo casal de empresários Menezes e Fátima.

Posted by Jucurutu Notícias on Saturday, January 18, 2020

Compartilhe:
21/01/2020
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 35 milhões na quinta-feira

Nenhum apostador venceu o concurso nº 2.226 da Mega-Sena desta terça-feira (21). Foram sorteados os números 02 – 04 – 07 – 16 – 30 – 38. Segundo estimativa da Caixa, o concurso da próxima quinta-feira (23) deverá pagar R$ 35 milhões.

A quina teve 43 apostas ganhadoras e cada uma vai receber um prêmio de R$ 46.161,97. A quadra saiu para 3.798 apostadores, que receberão prêmio de R$ 746,62. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 4,50. Nesse caso, a chance de acerto (probabilidade estatística) é de uma em mais de 50 milhões.

Habitualmente, os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados, mas a Caixa também promove as “Mega-Semanas”, quando realiza três concursos – às terças, quintas e sábados.

Agência Brasil

Compartilhe:
21/01/2020
Por Danilo Evaristo em Triunfo Potiguar

Francialison, vice-prefeito de Triunfo Potiguar anuncia rompimento político com a prefeita Lúcia Estevam

O vice-prefeito de Triunfo Potiguar, Francialison Almeida dos Santos, anunciou na tarde desta segunda-feira (20), em um grupo de WhatsApp que não faz mais parte do grupo político da prefeita Lúcia Estevam.

Francialison disse que estava se sentindo insatisfeito e não tinha respaldo, nem oportunidade de fazer mais pelas pessoas, que o cargo de vice-prefeito exige.

Confira o texto publicado por Francialison:

Boa tarde, venho através deste espaço comunicar a todos do município de Triunfo Potiguar, especialmente a todos os amigos da Serra de João do Vale que tomei uma decisão política, a partir de hoje não faço mais parte do grupo da prefeita Lúcia Estevam, por motivos os quais não estava sentindo satisfeito, entre eles não estava tendo o respaldo, nem oportunidade de fazer mais pelas pessoas, que o cargo exige de vice-prefeito. Peço a compreensão de todos.

Também quero informar que irei tomar futuramente uma posição política na hora certa. Não abandonarei a política completamente, irei ajudar um candidato quando definirem as chapas. Aqueles que me procurarem continuarei fazendo e ajudando da mesma forma. Minhas portas estarão sempre abertas para todas as pessoas que me procurarem.

Atenciosamente,

Francialison Almeida dos Santos, vice-prefeito de Triunfo Potiguar-RN

Compartilhe:
21/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Concurso TJRN: seleção para 33 cargos de TI tem salários entre R$ 2.676,61 e R$ 5.520,16

O Tribunal de Justiça do RN divulgou edital para o processo seletivo simplificado para provimento de 33 cargos de servidores temporários do quadro de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do Poder Judiciário potiguar. Há oportunidades para pessoas com formação em nível médio e superior.

Veja o edital completo AQUI.

O cargo de “Técnico de suporte sênior” exige ensino médio dos candidatos. São 12 vagas ofertadas para essa função, com salário de R$ 2.676,61.

Para os demais cargos é exigido nível superior (bacharelados e tecnológicos), com formação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação. Os salários variam entre R$ 4.811,28 e R$ 5.520,16.

Além da remuneração, os aprovados terão direito a auxílio-alimentação (atualmente de R$ 1.400) e auxílio-saúde (o qual varia de R$ 800 a R$ 1.200, dependendo da idade do beneficiário).

A jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas semanais.

Inscrições

As inscrições do processo seletivo simplificado poderão ser feitas no período das 8h do dia 27 de janeiro até às 23h59 do dia 4 de fevereiro, exclusivamente pelo site da Comperve (www.comperve.ufrn.br), banca responsável pela seleção.

O prazo de validade da seleção será de dois anos, prorrogável por igual período, conforme conveniência do TJRN.

Confira abaixo as remunerações e o número de vagas para cada cargo

NÍVEL MÉDIO

Técnico de suporte sênior – R$ 2.676,61 (12 vagas, sendo 1 para pessoa com deficiência)

NÍVEL SUPERIOR

Coordenador técnico de atendimento e suporte – R$ 4.811,28 (1 vaga);

Analista de suporte pleno – infraestrutura – R$ 5.142,80 (6 vagas, sendo 1 para pessoa com deficiência);

Analista de suporte pleno – banco de dados – R$ 5.142,80 (6 vagas, sendo 1 para pessoa com deficiência);

Analista de sistemas sênior – R$ 5.520,16 (5 vagas, sendo 1 para pessoa com deficiência);

Administrador de sites (web master) – R$ 5.520,16 (3 vagas).

Compartilhe:
21/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Postos de saúde são reabastecidos com vacina pentavalente

Postos de saúde de todo o país já começam a receber as 1,7 milhão de doses da vacina pentavalente enviadas pelo Ministério da Saúde aos estados na última semana. No segundo semestre do ano passado, houve desabastecimento da vacina por conta de problemas com o laboratório fabricante. “Em alguns dias, todos os municípios terão em suas unidades, nos postos de saúde, o restabelecimento da pentavalente. Essa vacina dá uma segurança muito importante para a saúde das crianças”, afirmou o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo.

A vacina é essencial para proteger crianças contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a bactéria Haemophilus influenza tipo b (responsável por infecções no nariz e garganta). A imunização vai muito além da prevenção individual. Ao ser vacinado, a proteção de cada indivíduo ajuda toda a comunidade a diminuir os casos das doença.

O esquema vacinal prevê três doses da vacina: aos 2 meses, aos 4 meses e aos 6 meses de vida. Bernardo, de 5 meses, já recebeu a primeira dose da imunização. A mãe, a estudante Ercília Martins, 26 anos, comemora a normalização do abastecimento das vacinas. “É gratificante saber que o Bernardo estará imune”, disse.

A orientação do Ministério da Saúde aos municípios é que seja priorizada a regularização das cadernetas de vacinação das crianças assim que os estoques voltarem à normalidade. Receber as três doses é fundamental para o sistema imunológico produzir os anticorpos necessários à proteção das doenças.

Entenda a situação

O Brasil compra a vacina pentavalente via Fundo Estratégico da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), pois não existe laboratório produtor no país. Em julho de 2019, lotes do laboratório pré-qualificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram reprovados no teste de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em agosto, o Ministério da Saúde solicitou reposição do produto, mas, naquele momento, não havia disponibilidade imediata no mundo.

Com informações do Ministério da Saúde

Compartilhe:
21/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

FECAM renova convênio para emissão de cédulas de identidade

O presidente da Federação das Câmaras do Rio Grande do Norte (FECAM), Iron Júnior esteve nesta segunda-feira (20),  no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEPRN), em Natal. Em discussão a renovação do convênio para emissão das cédulas de identidade, nas Câmaras filiadas à federação.

A reunião contou com a participação da diretora da Escola da FECAM – Erineide Sá, Tiago Tadeu (chefe de gabinete do diretor do ITEP), Brígida Souza (diretora de identificação), Dr. Marcos Brandão (diretor geral do ITEP) e Anchieta Júnior (diretor operacional da FECAM).

O presidente da Fecam – Iron Júnior destacou que a parceria tem o objetivo de possibilitar à população mais carente o acesso a esse serviço de cidadania. O serviço de emissão de cédulas de identidade é gratuito para idosos a partir de 60 anos e primeiras vias para crianças.

Compartilhe:
20/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Rogério Marinho ministra palestra na FIERN sobre “As reformas que estão mudando o Brasil”

Acontece na próxima semana, 29 de janeiro, na Casa da Indústria, a palestra “As reformas que estão mudando o Brasil”, com secretário especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, a partir das 10h, no auditório Albano Franco.

A inscrição pode ser realizada através do e-mail eventos@fiern.org.br. As vagas são limitadas.

O evento é uma realização da FIERN, Fetronor, Fecomércio e Faern/Senar.

Compartilhe:
20/01/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

UFRN divulga segunda chamada para reocupação de vagas residuais

A UFRN divulga lista de segunda chamada para a reocupação de vagas residuais para o período letivo 2020.1. O cadastramento de candidatos para preenchimento de vagas não ocupadas na primeira chamada será realizado nos dias 21 e 22 de janeiro, no Anfiteatro D da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT), no Campus Central da UFRN. A lista pode ser conferida neste link.

O resultado final do preenchimento dessas vagas será publicado nos sites da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) e no quadro de avisos da Prograd, no prédio da Reitoria da UFRN, até às 23h59 do dia 24 de janeiro.

Para mais informações, acesse o edital.

Calendário de cadastramento

21 de janeiro

8h às 11h: Cursos da área de Ciências Exatas e Tecnológicas

13h às 16h: Cursos da área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas / Ciências da Vida e da Saúde

22 de janeiro

8h às 11h e 13h às 16h Retardatários de todos os cursos

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros