31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Covid-19: Fiocruz e AstraZeneca alinham detalhes para produção de vacina

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Ministério da Saúde, e a AstraZeneca assinaram nesta sexta-feira (31/07) um documento que dará base para o acordo entre os laboratórios sobre a transferência de tecnologia e produção de 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, caso seja comprovada a sua eficácia e segurança. O entendimento é o passo seguinte às negociações realizadas pelo governo federal, a Embaixada Britânica e o laboratório AstraZeneca.

O Ministério da Saúde prevê um repasse de R$ 522,1 milhões na estrutura de Bio-Manguinhos, unidade da Fiocruz produtora de imunobiológicos. O objetivo é ampliar a capacidade nacional de produção de vacinas e tecnologia disponível para a proteção da população. Outros R$ 1,3 bilhão são despesas referentes a pagamentos previstos no contrato de Encomenda Tecnológica. Os valores contemplam a finalização da vacina.

“Demos mais um passo importante para a formalização do acordo entre os laboratórios. Essa ação do governo federal significa um avanço para o desenvolvimento de tecnologia nacional e de proteção da população brasileira”, afirma Camile Giaretta, diretora de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde.

O Memorando de Entendimento que define os parâmetros econômicos e tecnológicos para a produção da vacina da covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford já está em fase de estudos clínicos no Brasil e em outros países. O acordo prevê o início da produção da vacina no Brasil a partir de dezembro deste ano e garante total domínio tecnológico para que Bio-Manguinhos tenha condições de produzir a vacina de forma independente.

“Nos seus 120 anos de história, a Fiocruz sempre respondeu às grandes questões do SUS e às emergências sanitárias. Frente à pandemia da Covid 19, chegarmos a esse momento para celebrar o acordo com a farmacêutica AstraZeneca e realizar a encomenda tecnológica e a incorporação da tecnologia em Bio-Manguinhos é um passo fundamental para salvar vidas e garantir a autonomia e a soberania do nosso país na questão da vacina”, ressalta Nísia Trindade, presidente da Fiocruz.

O acordo entre Fiocruz e AstraZeneca é resultado da cooperação entre o governo brasileiro e governo britânico, anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Saúde. O próximo passo será a assinatura de um acordo de encomenda tecnológica, previsto para a segunda semana de agosto, que garante acesso a 100 milhões de doses do insumo da vacina, das quais 30 milhões de doses entre dezembro e janeiro e 70 milhões ao longo dos dois primeiros trimestres de 2021.

A Fiocruz recebeu informações técnicas fornecidas pela AstraZeneca necessárias para a definição dos principais equipamentos para o início da produção industrial. Com sua larga experiência em produção de vacinas, a instituição também colocará à disposição sua capacidade técnica a serviço dos esforços mundiais para a aceleração do escalonamento industrial da vacina junto a outros parceiros.

Ao mesmo tempo, a Fiocruz constituiu um comitê de acompanhamento técnico-científico das iniciativas associadas às vacinas para a Covid-19. O comitê é coordenado pelo vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Marco Krieger, e tem a participação de especialistas da Fiocruz e de instituições como USP, UFRJ e UFG.

A vacina produzida por Bio-Manguinhos será distribuída pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), que atende o Sistema Único de Saúde (SUS). O acordo com a AstraZeneca permitirá, além da incorporação tecnológica desta vacina, o domínio de uma plataforma para desenvolvimento de vacinas para prevenção de outras enfermidades, como a malária.

A assinatura deste acordo é mais um passo decisivo para a produção de uma vacina contra a Covid-19 no Brasil, contribuindo para a soberania nacional ao garantir ao país competência tecnológica e fortalecimento do SUS no combate à pandemia.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Neoenergia promove live de aniversário com Péricles e homenageia colaboradores de serviços essenciais

Para comemorar o 23° aniversário da Neoenergia, a companhia realizará, neste sábado, dia 1º de agosto, uma live com o cantor Péricles, transmitida ao vivo, a partir das 17h, em seu canal do YouTube.

O artista fará uma homenagem a todos os colaboradores da companhia, em especial aos que estão em campo nas atividades essenciais, garantindo o fornecimento seguro da energia para os mais de 34 milhões de brasileiros atendidos pela empresa.

Durante a live, que seguirá as normas de distanciamento social recomendadas pelas organizações de saúde, poderão ser feitas doações para a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), que vem promovendo um conjunto de iniciativas no combate à Covid-19.

Ao longo do show, Dona Neia, porta-voz da empresa no assunto segurança com a rede elétrica, trará dicas sobre construção civil sem riscos, além de orientações sobre brincadeiras com pipas. Sempre divertida e fã do cantor, sua participação ganhará relevância e ampliará o discurso de um tema que é fundamental para todos.

“Nosso principal objetivo é valorizar todos que fazem o dia a dia da empresa acontecer, principalmente os colaboradores da linha de frente, que continuam saindo das suas casas para levar energia a todos. Recentemente, fizemos uma ação em comemoração às festividades de São João e percebemos o tamanho do engajamento do público interno e externo. Dessa forma, decidimos, mais uma vez, levar alegria a todos que esperam esse momento de pandemia passar”, comenta Luiz Antonio Ciarlini, diretor presidente da Cosern.

Durante a pandemia, a Neoenergia percebeu o crescimento de acesso aos canais digitais da empresa, com os clientes utilizando com sucesso as plataformas digitais para solicitações de atendimento, em substituição às lojas presenciais, que foram fechadas seguindo orientações de distanciamento dos agentes de saúde.

As lives promovidas pela empresa estão ajudando na divulgação do atendimento digital, além de estimular a cultura e promover momentos de lazer em meio às dificuldades vividas no cenário atual. Os eventos também proporcionam um ambiente para orientações de segurança no uso da energia elétrica.

Sobre o artista

Com mais de 300 milhões de visualizações no YouTube e 34 anos de carreira, Péricles poderá levar sua música a diversos locais do Brasil e homenagear os profissionais do setor elétrico. A Live terá o mote #SomDaEnergia e busca iniciativas por meio da cultura que despertem o sentimento de empatia com os profissionais em campo e com Instituições que precisem de apoio para seus trabalhos no enfrentamento ao Coronavírus. “Estou muito feliz em fazer parte das comemorações dos 23 anos da Neoenergia. Espero, através da nossa música, levar muita alegria, diversão e arte a todos os colaboradores que fazem parte da empresa e que estão sendo homenageados, principalmente aqueles que seguem na linha de frente”, destaca Péricles.

Serviço:

Live #SomDaEnergia – Neoenergia

Sábado, 1º de agosto, 17h

Canal do Pericão – Youtube

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Simulado oficial do Enem já está disponível no aplicativo do exame

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) agora oferece um simulado oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ajudar na preparação dos inscritos. O simulado utiliza conceitos de gamificação e pode ser acessado pelo aplicativo do Enem, em celular ou tablet. Quem já tem o app precisa atualizá-lo. O aplicativo do Enem está disponível nas plataformas Android e iOS.

Com o simulado, o Inep ampliou as opções de preparação dos participantes, que poderão estudar em uma plataforma do próprio instituto. A proposta é que o usuário tenha em mãos uma ferramenta simples, com informações de qualidade, certificada pelos profissionais da área pedagógica do Inep.

O simulado

O simulado usa questões das próprias provas do Enem. Inicialmente, é possível testar os conhecimentos com as questões de 2012 e 2013. Em breve, o simulado será ampliado, com a inclusão das questões das edições de 2014 a 2017. Também será disponibilizada uma versão do simulado em Língua Brasileira de Sinais (Libras), por meio das questões da videoprova em Libras.

O usuário precisa escolher entre as quatro áreas de conhecimento do Enem e fazer questões específicas. O aplicativo sinaliza quais itens foram marcados de forma correta pelo participante. Em uma evolução do simulado, em breve, serão incorporadas justificativas sobre por que a opção selecionada está certa ou errada. Além disso, para que testem seus conhecimentos, os usuários serão estimulados pelos recursos de gamificação. Será possível conquistar XPs, medalhas e subir de nível, além de ganhar status variados: Estudante Nota 1, Guru da Matemática, Senhor Enem, entre outros.

O aplicativo é também um importante instrumento de consulta, em que o participante confere a situação da inscrição, visualiza o seu local de provas, gabaritos e até os resultados. Para conferir todas as novidades baixe a atualização do aplicativo na App Store ou na Google Play.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Complicações da Covid-19 podem atingir crianças e jovens até 19 anos de idade

Foto: Elisa Elsie / Assecom-RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) fez nesta sexta-feira, 31, alerta à população e aos integrantes dos serviços de saúde para a ocorrência de complicações pós-infecção por Covid-19 entre crianças e jovens de 0 a 19 anos de idade. Segundo a Subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, estas complicações foram objeto de nota de alerta emitida pelo Ministério da Saúde.

“A Covid-19 é uma doença nova e ainda em investigação. Há agora uma preocupação dos Governo Estadual e Federal para a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica associada à Covid”, informou Alessandra. A síndrome pode acometer crianças e jovens de zero a 19 anos de idade com marcadores inflamatórios, febre e complicações cardíacas após infecção pelo novo coronavírus.

“Portanto, a população deve ficar atenta a sintomas como febre persistente, acima de três dias de duração. Nestes casos, os pais devem procurar atendimento médico. Já temos casos diagnosticados no Rio Grande do Norte que foram atendidos no Hospital Maria Alice Fernandes, em Natal. Foram dez crianças; nove receberam alta e uma está sob acompanhamento” informou a subcoordenadora.

Alessandra explicou que a vigilância deve ir além deste momento porque a convivência com o vírus terá um tempo maior. “Os casos estão sendo notificados e a Sesap está elaborando os protocolos clínicos para orientação à população, profissionais de saúde e municípios”, declarou.

Alessandra Luchesi ainda reforçou que é necessário continuar a articulação dos municípios com o Estado, que estes enviem informações com agilidade e efetividade à Sesap. “Isto é fundamental para mantermos o controle e a tendência de redução e para permitir à gestão estadual uma ação rápida nas situações que ameacem a tendência de queda nos novos casos. As medidas de higiene pessoal como desinfectar o celular, lavar as mãos, usar máscara e evitar aglomerações continuam a ser imprescindíveis para vencermos a pandemia”, lembrou.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Campanha de Vacinação contra o Sarampo começa na próxima segunda-feira no Rio Grande do Norte

A partir de segunda-feira (03) até 31 de agosto, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), realizará a Campanha de Vacinação contra o Sarampo no RN. O objetivo é imunizar as pessoas de 20 a 49 anos contra a doença que voltou a circular no Brasil.

No Rio Grande do Norte, cerca de um milhão e meio de pessoas se encontram nessa faixa etária. A meta é vacinar 95% desse público. Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Katiucia Roseli, “a vacinação é a principal forma de proteger a população contra o sarampo, interrompendo a cadeia de transmissão do vírus, reduzindo a incidência e gravidade da doença nesse público-alvo”.

Para atingir essa meta, é necessário que todos os serviços de saúde das redes estadual e municipais estejam mobilizados para vacinação. Nesse sentido, as equipes de saúde devem implementar estratégias diferenciadas de imunização, para facilitar o acesso da população nos lugares mais prováveis.

A vacina é uma estratégia de rotina que se encontra disponível para a população durante todo o ano. “Nesse momento, ressaltamos a importância de atualizar o cartão de vacina, mas lembramos que durante qualquer período do ano essa população terá acesso à vacina”, informa Katiucia.

Números

Com a reincidência da circulação do vírus do sarampo no país em fevereiro de 2018, o Brasil registrou, até março deste ano, 29.233 casos confirmados, com 30 óbitos causados pela doença. Em 2019, o Rio Grande do Norte registrou 11 casos de sarampo, sendo 02 importados. Neste ano, o estado não registrou nenhum caso da doença e, também, não há nenhum caso em investigação.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Sistema prisional do RN tem queda acentuada nos casos de Covid-19

FOTO: ASSECOM/SEAP

O Comitê de Crise do Covid-19 da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) registrou queda significativa no número de pessoas privadas de liberdade e servidores infectados com o novo coronavírus. Boletim desta quinta-feira, dia 30, aponta 5 servidores e 11 internos como casos confirmados, o menor número desde maio. O gráfico aponta queda desde o dia 20 de julho. O sistema prisional, com 10 mil internos, não registrou óbitos relacionados a pandemia.

Esta semana, segundo a Seap, a Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, e a Cadeia Pública de Mossoró zeraram os casos entre os internos. Em Caicó, a unidade prisional chegou a ter 75 internos testados positivo. Os dados apontam ainda 174 policiais penais e 232 internos curados.

Segundo a Seap, a infecção tem um “delay” em relação aos casos registrados na sociedade em geral, portando, a queda nos registros já era aguardada. As unidades prisionais estão isoladas desde o dia 13 de março, sem visitas de familiares e pessoas externas. Para o secretário Pedro Florêncio Filho, a Seap tomou todos os cuidados para isolar casos suspeitos, isolar grupos de risco e retirar do sistema os presos que se enquadram na Recomendação 062 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Pedro Florêncio destaca que a Seap manterá todos os protocolos. Os presídios são desinfectados diariamente com alvejantes e saneantes; policiais penais, internos e usuários utilizam equipamentos de proteção individual e tem álcool em gel à disposição; o horário do banho de sol dos apenados foi prolongado; colchões são expostos diariamente ao sol; além da instalação de pias em ambientes de uso comum. Os novos internos passam por exames das unidades de saúde e ficam em quarentena. Todos os cuidados foram adotados seguindo os protocolos elaborados pelo Comitê criado para o combate ao novo coronavírus.

Os cuidados protegeram a população carcerária ao ponto de, em algumas unidades, o vírus não ter chegado aos internos. Isso ocorreu na Penitenciária João Chaves Masculino e Feminino, a Cadeia Pública de Natal, o Centro de Detenção Provisória de Apodi, a Cadeia de Nova Cruz, o Complexo Regional de Pau dos Ferros e a Unidade Psiquiátrica de Custódia e Tratamento. A maior unidade prisional do RN, a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, com 1.700 presos, não tem atualmente  presos infectados.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

MPRN disponibiliza Relatório de Gestão 2019 no Portal da Transparência

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) disponibilizou o Relatório de Gestão 2019 no Portal da Transparência para consulta livre a toda a população. O documento é uma prestação de contas à sociedade potiguar. Nele, constam dados, estatísticas, números que mostram como a instituição atuou no último exercício. “A entrega desse relatório, mais que uma obrigação legal, é um compromisso moral do MPRN”, declarou o procurador-geral de Justiça, Eudo Leite.

O documento é disponibilizado à sociedade em um momento de grandes desafios para todos, especialmente em razão da pandemia da Covid-19, que assola todo o mundo e também atinge o RN. Nesse contexto, o MPRN não só tem cumprido seu dever enquanto órgão fiscalizador, mas também tem exercido importante papel na solução de conflitos e na resolução de problemas. “Exemplo disso é a disponibilização de servidores para compor a Força-tarefa do Estado contra a pandemia, a cessão de caminhões para transporte de cestas básicas e distribuição no interior do Estado, entre outras contribuições. No campo da negociação, celebramos diversos termos de ajustamento de conduta, seja para aquisições de equipamentos, medicamentos e insumos, seja para a abertura de leitos de UTI, entre outros”, exemplificou o PGJ.

No relatório disponibilizado no Portal da Transparência, o MPRN detalha a execução de 14 projetos em diversas matérias de atuação e a realização de eventos de aproximação com a sociedade. O documento também trata de gestão e economicidade, como a virtualização de processos em todas as Promotorias de Justiça através da implantação do sistema e-MP; a instituição da modalidade teletrabalho; a criação do Laboratório de Inovação, do Laboratório de Orçamento e Políticas Públicas, e, enfim, do Laboratório de Ciência de Dados. Houve também incremento de medidas de economia e sustentabilidade, como energia solar, instalação de filtros de água, repactuação de contratos e utilização de telefonia móvel.

Todo esse trabalho, feito com zelo ao patrimônio público, já gera resultado. É o que mostra uma pesquisa de satisfação realizada pelo MPRN, em que 90% dos entrevistados disseram estar satisfeitos ou muito satisfeitos com a instituição. “O MPRN, através de seus membros, servidores, estagiários e colaboradores segue imbuído do propósito de buscar a garantia dos direitos do cidadão, bem como assegurar o cumprimento das leis, sempre tendo como objetivo atender aos reclamos da sociedade potiguar”, finalizou Eudo Leite.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

TJRN prossegue trabalho de entrega de EPIs nas cinco comarcas que retomarão atividades gradualmente

Retomando suas atividades de forma gradual, somente com a realização de sessões do Tribunal do Júri e audiências de réus presos, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte prossegue nesta sexta-feira (31) a realizar a entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os fóruns das comarcas de Parnamirim, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e Extremoz. Apenas estes fóruns irão funcionar nestas comarcas, somente com sessões do júri e as audiências específicas mencionadas.

Este trabalho preparatório começou ontem (30), com a instalação de telas de acrílico, faixas e fitas para o distanciamento social e disponibilização de dispensadores de álcool gel, termômetros infravermelhos, máscaras de tecido, protetores faciais e material educativo sobre orientações de prevenção à Covid-19, no Tribunal do Júri do Fórum Miguel Seabra Fagundes, em Natal.

Na capital, somente o Fórum Miguel Seabra Fagundes irá funcionar neste início de retomada dos trabalhos presenciais. Na quinta-feira, uma equipe do TJRN, sob a coordenação do juiz auxiliar da Presidência do TJRN, Geraldo Mota, secretários geral, Lindolfo Sales, e o de Administração do Tribunal, Luiz Mariz, fez a entrega e instalação dos dispositivos de biossegurança àquela unidade judiciária. A ação foi acompanhada pelo diretor-substituto do Fórum, juiz Roberto Guedes. Entre os trabalhos empreendidos, foram instaladas as placas de acrílico nas posições onde ficam todos os envolvidos na realização de uma sessão do júri popular.

As cinco comarcas mencionadas são as únicas, da Justiça do Rio Grande do Norte, que irão voltar parcialmente ao trabalho presencial, e limitado ao júri e às audiências de réus presos, conforme prioriza a Lei das Execuções Penais. Para isso, estão sendo dotadas com todos os EPIs preconizados pelos protocolos preventivos. Todo este esforço do TJRN, adaptando esses espaços com todo o material de proteção necessário, é direcionado a garantir a biossegurança nas atividades a serem desempenhadas pelos profissionais envolvidos nesta área de atuação: magistrados, servidores, promotores, advogados, pessoal de apoio, além dos réus. Com isso, elas estarão aptas a funcionar a partir de 3 de agosto.

Os municípios-sede dessas comarcas, Natal, Macaíba, Extremoz, São Gonçalo e Parnamirim, estão em situação de segurança sanitária que atendem às Notas Técnicas e Informes epidemiológicos divulgados pelas autoridades federais e estaduais de Saúde, dentre os quais, as constantes nos sites https://portalcovid19.saude.rn.gov.br/ e https://covid.lais.ufrn.br/ que atestam o comportamento da curva de contágio, índices de ocupação de leitos de UTI e a Taxa de Transmissibilidade por região de saúde no Estado do Rio Grande do Norte, assim como, a Recomendação nº 12/2020 elaborada pelo Comitê de Especialistas organizado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP/RN).

O Tribunal de Justiça do RN adquiriu materiais de higiene e limpeza, equipamentos de proteção individual e demais produtos para garantir a biossegurança necessária ao retorno criterioso. As ações da Administração do Poder Judiciário potiguar observam as determinações presentes na Resolução do Conselho Nacional de Justiça – CNJ nº 322, de 1º de junho de 2020. As medidas que envolvem o reinício das atividades estão sendo tomadas com cautela e segurança como o primeiro passo de um recomeço responsável para toda a comunidade judiciária norte-rio-grandense.

Compartilhe:
31/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Prefeitura de Parelhas diz que mais de 300 profissionais de Saúde estão sendo testados para Covid-19

A prefeitura municipal de Parelhas, através da secretaria de Saúde, adquiriu testes rápidos para ampliar a testagem para COVID-19 no município.

A primeira etapa do cronograma de testagem contemplará os profissionais de Saúde lotados nos mais diversos serviços públicos do município, com a finalidade de identificar precocemente os casos positivos assintomáticos e quebrar a cadeia de transmissão da doença, com o isolamento social e o tratamento adequado.

Os testes foram adquiridos com os recursos federais destinados para o enfrentamento a COVID e é uma das diversas ações desenvolvidas pelo município para o combate à doença.

Compartilhe:
30/07/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Nelter pleiteia benefícios para Campo Grande junto ao Governo do Estado

A pedido do ex-prefeito de Campo Grande, Bibi de Nenca e de seu grupo político o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) enviou uma série de requerimentos ao Governo do Estado solicitando melhorias para a população da zona urbana e rural do município. Os pleitos encaminhados pelo parlamentar sugerem melhorias hídricas e instalação de academia da terceira idade além da construção de pavimentação, de passagens molhadas e de quadras de esportes.

Neste sentido, buscando o aperfeiçoamento do abastecimento hídrico da sede de Campo Grande, Queiroz cobrou da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) e da Companhia de Águas e Esgotos (CAERN) a construção de adutora partindo da Barragem Umari em Upanema. Ainda na questão hídrica, o deputado também solicitou a SEMARH e a CAERN a extensão de rede hidráulica para beneficiar o Conjunto dos Pescadores.

Já para a zona rural de Campo Grande, Nelter Queiroz solicitou ao Governo do Estado a viabilização de convênio com a Prefeitura de Campo Grande visando a conclusão de pavimentação do trecho de 1 KM que liga a comunidade rural Morcego a RN-233. Para a comunidade Caiana, o parlamentar requereu a viabilização de convênios para construção de quadra de esportes, passagem molhada e academia da terceira idade.

Para a comunidade Cabeça de Boi, a solicitação foi para construção de quadra de esportes. Por fim, a última solicitação de Nelter Queiroz para a zona rural de Campo Grande foi direcionada para as comunidades Bom Jesus e Barra da Caiçara, onde foi solicitado a realização de convênios e a destinação de recursos para a construção de passagens molhadas.

“Demandas de grande importância que chegaram ao nosso mandato através do ex-prefeito Bibi e de seu grupo político. Os pleitos em questão, nas áreas hídrica e de infraestrutura, foram encaminhados ao Governo do Estado atendendo os principais anseios dos campo-grandenses moradores das zonas urbanas e rural”, destacou o deputado Nelter.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros