24/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Inscrições para o programa gratuito da Escola Sesc de Ensino Médio terminam amanhã

Estudantes de todo o país têm até amanhã, dia 25, para realizar a inscrição no Programa de Tutoria Educacional a Distância (PTED) da Escola Sesc de Ensino Médio.

Com 810 vagas disponíveis, o PTDED vai oferecer aulas remotas como apoio a alunos do ensino médio de todo o país, prioritariamente da rede pública e de menor renda familiar. Os estudantes terão acesso a um suporte humanizado e personalizado de ensino da Instituição. O programa é totalmente gratuito. As inscrições podem ser feitas pelo site da Escola: https://escolasesc.net/ .

Para participar, é preciso estar regulamente matriculado no Ensino Médio durante todo o período de atuação do programa. Após a fase inicial de inscrições, um sorteio será realizado dia 29 de outubro para o preenchimento das 810 vagas. O resultado final do processo será anunciado em 28 de janeiro de 2021.

Com o PTED, a excelência educacional da Escola Sesc vai romper a fronteira do campus, localizado no Rio de Janeiro, para contribuir – via internet – com o aprendizado de jovens regularmente matriculados em diferentes colégios por todo o país.

“Os estudantes têm até a sexta para fazer inscrição no programa, é gratuito. O PTED busca aumentar a aprendizagem com uso da tecnologia, mas a partir de uma educação humanizada e personalizada, para que esses jovens atendidos tenham educadores apaixonados pelo ensino, trabalhando juntos para realizar os sonhos dos alunos”, explica o diretor da Escola Sesc, Luiz Fernando Barros.

Durante os três anos do Ensino Médio, os participantes do PTED terão apoio nas disciplinas curriculares, por meio de videoaulas e outras estratégias de aprendizagem disponibilizadas em uma plataforma digital completa e com acompanhamento direto de educadores experientes.

Além do suporte acadêmico, os jovens terão à sua disposição o acompanhamento tutorial com profissionais especializados, acesso a atividades culturais, apoio específico voltado ao ENEM, palestras motivacionais, educacionais e de orientação de carreira. Luiz Fernando Barros assinala que esse será um diferencial importante da plataforma da Escola Sesc em comparação com outros modelos de ensino a distância.

A plataforma de ensino a distância da Escola Sesc também está adaptada para permitir o acesso fácil por meio de smartphones e os métodos de aprendizagem já consideram a dificuldade de acesso à internet que a maioria dos estudantes da rede pública tem relatado nesse período que estão sem as aulas presenciais. Novas parcerias e alternativas serão elaboradas para que a tecnologia seja uma aliada e não uma barreira para o funcionamento do PTED.

Compartilhe:
24/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Indústria da construção mostra sinais de recuperação, diz CNI

Foto: CNI/Miguel Ângelo/Direitos reservados

Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil

A indústria de construção civil está em recuperação, com melhora nos índices de atividade e do número de empregados. É o que mostra a Sondagem Indústria da Construção, divulgada ontem (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Segundo a CNI, os índices estão crescendo desde maio, “mostrando desempenho cada vez mais favorável”.

O índice de evolução do nível de atividade registrou 51,4 pontos em agosto, alta de 3,3 pontos frente a julho. É o maior índice desde junho de 2011. O indicador varia de 0 a 100. Ao se situar acima da linha divisória de 50 pontos, aponta aumento da atividade no mês.

O índice de evolução do número de empregados aumentou 2,7 pontos, para 49,5 pontos e está praticamente sobre a linha divisória.

A Utilização da Capacidade Operacional (UCO) apresentou nova alta em agosto, aumentando 2 pontos percentuais e alcançando 60%. O percentual de agosto de 2020 superou em 2 pontos o índice de agosto de 2019.

Confiança

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-Construção) apresentou alta de 2,7 pontos no mês, atingindo 56,7 pontos. É a quinta alta consecutiva do índice, que acumula crescimento de 21,9 pontos no período. Com a alta, o ICEI-Construção se distancia de sua média histórica (53,5 pontos) e da linha divisória de 50 pontos, que separa confiança de falta de confiança.

Entre os componentes do ICEI-Construção, o Indicador de Expectativa aumentou 1,7 ponto e o de Condições Atuais, 4,6 pontos. O índice de Condições Atuais foi a 46,1 pontos, ou seja, mostra que o empresário ainda percebe o impacto da crise em suas condições de negócios. Por outro lado, o Índice de Expectativas alcançou 62 pontos, mostrando otimismo disseminado pela indústria da construção.

Os indicadores de expectativas do nível de atividade e de novos empreendimentos e serviços registraram 56,1 e 55,5 pontos, após crescimento de 1,8 e 2,3 pontos, respectivamente.

Os indicadores de expectativas de compras de insumos e matérias-primas e números de empregados, por sua vez, alcançaram 55,6 e 54,1 pontos, após altas de 2,8 pontos e 1,8 ponto, respectivamente.

A intenção de investimento alcançou 44,4 pontos em agosto, após aumento de 4,9 pontos. É a quarta alta consecutiva do indicador, que agora se situa no mesmo nível registrado para fevereiro, na pré-pandemia.

Compartilhe:
24/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Corpo de Bombeiros atendeu mais de 2 mil ocorrências envolvendo abelhas no RN

Foto: CBMRN/Assecom

Nos primeiros oito meses de 2020, o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) atendeu um total de 2.173 ocorrências envolvendo enxames de insetos em todo o estado. Os dados foram divulgados pela Diretoria de Engenharia e Operações (DEO) na manhã desta quarta-feira (23).

Vale salientar que o período de reprodução das abelhas – de agosto a fevereiro – aumenta o perigo de ataques devido a incidência de incêndios florestais e por causa da defesa em relação a presença externa de homens e animais. “Além dos incêndios florestais que ocorrem nesse período do ano, o Corpo de Bombeiros também tem uma preocupação em relação as ocorrências envolvendo abelhas. Esses casos aumentam consideravelmente entre os meses de agosto e fevereiro, pois há uma maior produção desses insetos, consequentemente aumentando os exames”, explicou o Comandante do Serviço Operacional do CBMRN, Major Christiano Couceiro.

Sabendo que as queimadas registradas nessa época do ano proporcionam que as abelhas saem do seu habitat natural buscando abrigo em áreas urbanas, a Diretoria de Engenharia e Operações (DEO) também introduziu esse tipo de ocorrência dentro da Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA).

Além disso, pensando nos cuidados com os animais e seres humanos, o Major Couceiro ainda alertou a população sobre os perigos envolvendo acidentes com o inseto. “Vale lembrar que as abelhas agem porque são provocadas. Elas precisam se defender. Por isso estamos pedindo a população que evite qualquer tipo de contanto, que se afaste das colmeias. Todos os dias os nossos bombeiros intensificam ações contra os ataques de abelhas dentro de residências, escolas, hospitais e em estabelecimentos comerciais. No entanto, pedimos mais uma vez que a população não tente agir por conta própria e muito menos exterminar os enxames. O ideal é ligar no 193 e uma equipe especializada irá ao local realizar a captura e depois os animais serão devolvidos a natureza”, finalizou.

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Nelter Queiroz cobra locação, perfuração e instalação de quatro poços tubulares na Serra de João do Vale

A cobrança feita ao governo do estado pelo deputado Nelter Queiroz na Assembleia Legislativa, ocorreu nesta terça-feira (22).

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Números atualizados da Covid-19 no RN apontam 67.761 casos confirmados

Foto: ASSECOM/RN – Sandro Menezes

“Essa sensação de que tudo já acabou não pode prevalecer. Temos um declínio de casos e óbitos, mas o vírus ainda está presente. De ontem para hoje tivemos um aumento de 302 casos confirmados para Covid-19 e de mais 671 casos suspeitos em todo o estado, em relação ao boletim anterior. Se ainda temos estes números elevados, significa que ainda existem sintomáticos procurando o sistema de saúde e que a pandemia ainda não acabou”, frisou o secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, em mais uma coletiva de imprensa realizada na Escola de Governo, nesta quarta-feira (23).

O secretário reforçou mais uma vez a importância dos cuidados para o momento eleitoral, com campanhas previstas a partir deste final de semana. Devem ser evitadas a distribuição de panfletos, realização de passeatas, comícios e aglomerações; e respeitadas as regras de distanciamento, com uso de máscaras e as corretas medidas de higiene.

“Cuidado, atenção e responsabilidade com a vida é dever de todos nós. Precisamos comemorar a redução dos números, mas ainda manter uma atitude responsável de se auto proteger, usando a máscara, e proteger o outro. Assim evitamos surtos localizados da doença e podemos continuar numa situação em que a vida esteja mais protegida”, finalizou Cipriano.

Números

Nesta quarta-feira (23), foi divulgado o número de 67.761 casos confirmados no RN, 33.128 suspeitos e 135.311 descartados. Foram registrados 2.356 óbitos, sendo apenas 1 nas últimas 24 horas e um total de 312 óbitos ainda estão em investigação.

A taxa de ocupação de leitos está em 38%. Até o final da manhã desta quarta (23), existem 222 pessoas internadas em leitos críticos e clínicos em unidades de saúde públicas e privadas do estado.

Por região de saúde, a ocupação de leitos está em 36% na região Metropolitana, 48% no Oeste, 87,5% no Alto Oeste, 31% na região do Seridó, Trairi/Potengi com 18% e Mato Grande e Agreste sem pacientes internados em leitos de UTI.

O índice R (T) – que determina o potencial de propagação do vírus – está em 0,76 para o RN como um todo. As regiões Agreste (1,15), Alto Oeste (1,06) e Vale do Açu (1,07) estão com taxa de transmissibilidade acima de 1, o que significa que cada pessoa infectada transmite a doença para pelo menos uma ou mais pessoas. Os índices de transmissibilidade para as demais regiões são: Oeste (0,95), Mato Grande (0,83), Seridó (0,94), Trairi/Potengi (0,96) e Região Metropolitana (0,86). Os dados são do Laboratório de Inovação Tecnológica (LAIS) da UFRN.

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Em setembro, reservas hídricas do RN alcançam 51% de sua capacidade

Foto: Ney Douglas

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora os 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta terça-feira (22), indica que as reservas hídricas superficiais totais estaduais somam 2.272.999.602 m³, que correspondem a 51,93% da capacidade total do RN, que é de 4.376.444.842 m³. No dia 22 de setembro de 2019, as reservas potiguares eram de 1.203.757.557 m³, o equivalente a 27,50% da sua capacidade total.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, acumula 1.441.884.925 m³, que correspondem a 60,76% da sua capacidade total. No mesmo período de setembro de 2019, o manancial represava 675.025.078 m³, equivalentes a 28,45% do seu volume total.

Já o reservatório Santa Cruz do Apodi, segundo maior manancial do Estado, acumula 195.612.670 m³, o equivalente a 32,62% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No mesmo período do mês de setembro do ano passado o reservatório represava 133.445.227  m³, o equivalente a 22,25% da sua capacidade total.

A barragem Umari, localizada em Upanema, represa atualmente 247.562.033 m³, correspondentes a 84,55% da sua capacidade total que é de 292.813.650 m³. Em 22 de setembro de 2019, o açude acumulava 102.809.717 m³, o que equivale a 35,11% do seu volume total.

O açude Boqueirão de Angicos, com capacidade para 16.018.308 m³, acumula 6.700.371m³, o  equivalente a 41,83% da sua capacidade total. Já no ano passado, neste mesmo período, o reservatório estava com 8.482.543 m³, o que equivale a 52,96% da sua capacidade.

A barragem de Pau dos Ferros está com 16.977.872 m³, o equivalente a 30,96% da sua capacidade total que é de 54.846.000 m³. O reservatório chegou ao dia 22 de setembro de 2019 com apenas 81.826 m³, equivalentes a 0,15% da sua capacidade.

O reservatório Marechal Dutra, conhecido como Gargalheiras, represa 11.843.303 m³, equivalentes a 26,66% da sua capacidade total que é de 44.421.480 m³. O Gargalheiras, no dia 22 de setembro de 2019, estava com 199.441 m³, correspondentes a 0,45% da sua capacidade.

O açude Alecrim, localizado em Santana do Matos, acumula 3.840.000 m³, o que corresponde a 54,86% da sua capacidade total que é 7.000.000 m³. No mesmo período do ano passado o reservatório estava com 2.790.000 m³, o equivalente a 39,86% do seu volume total.

O açude Itans, localizado em Caicó, acumula 8.594.996 m³, equivalentes 11,33% da sua capacidade total que é de 75.839.349 m³. O reservatório, em setembro do ano passado, estava com 335.642 m³, o equivalente a 0,44% da sua capacidade total.

Os reservatórios que permanecem com volumes em torno dos 90% das suas capacidades são:  Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, com 94,5% e Mendubim, localizado em Assu, com 91,72% do seu volume total.

Além de Umari, os reservatórios que permanecem com volumes em torno dos 80% das suas capacidades são: Santana, localizado em Rafael Fernandes, com 88,33%; Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes, com 84,03%; Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz, com 84,12%; Morcego, localizado em Campo Grande, com 81,73%; Encanto, localizado em Encanto, com 88,31% e Beldroega, localizado em Paraú, com 81,03%.

Os que estão com volumes em torno dos 70% são: Rodeador, localizado em Umarizal, com 76,78%; Santo Antônio de Caraúbas, localizado em Caraúbas, com 77,94%;Pataxó, localizado em Ipanguaçu, com 79,62% e Dourado, localizado em Currais Novos com 77,33% da sua capacidade.

Em termos gerais, dos 47 reservatórios monitorados, 3 estão com volumes inferiores a 10% das suas capacidades, portanto, considerados dentro do nível de alerta. São eles: Flechas, localizado em José da Penha, com 8,87%; Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 1,84% e Passagem das Traíras, localizado em São José do Seridó, que continua em obras na sua estrutura, com 0,6% do seu volume total. Já os Secos são: Inharé, localizado em Santa Cruz e Trairi, localizado em Tangará.

Situação das lagoas

A Lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital, está atualmente com 100% da sua capacidade que é de 11.019.525 m³.

A Lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, acumula 9.985.280 m³, percentualmente, 90,16% da sua capacidade total que é de 11.074.800 m³.

A Lagoa do Bonfim, localizada em Nísia Floresta, está com 45.471.704 m³, o que equivale a 53,96% da sua capacidade total de acumulação que é de 84.268.200 m³.

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Corregedoria autoriza cartórios a realizarem comunicação eletrônica de venda de veículos ao Detran

A Corregedoria Geral de Justiça editou provimento que permite aos cartórios realizarem a comunicação eletrônica de venda de veículos ao Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran/RN). O procedimento oferece comodidade aos cidadãos, além de segurança e celeridade na atualização dos bancos de dados do órgão de trânsito, reduzindo a possibilidade de fraudes na transferência de veículos. O provimento é assinado pelo desembargador Amaury Moura Sobrinho, corregedor geral de Justiça.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o antigo proprietário do veículo tem um prazo de 30 dias para encaminhar ao Detran a cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação.

A edição do Provimento nº 216/2020 pela CGJ considera a facilidade de se comunicar de imediato a venda do veículo no cartório para o qual o proprietário deverá se dirigir com o objetivo de obter o reconhecimento de firma, para autorizar a transferência de propriedade do veículo.

Segundo o normativo, que altera o caderno extrajudicial do Código de Normas da Corregedoria, o Detran e a Associação de Notários e Registradores do Rio Grande do Norte (Anoreg/RN) poderão celebrar convênio para estabelecer o uso de um sistema, a ser administrado pelo Detran, seguindo os procedimentos e requisitos definidos por normatização específica do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

“O provimento permitirá que a Anoreg e o Detran desenvolvam ferramenta que facilitará a vida do cidadão e auxiliará o órgão de trânsito em manter atualizado o banco de dados dos registros dos veículos. De acordo com as regras do Contran, ao vender um automóvel, o vendedor deverá reconhecer a sua firma e a do comprador no documento de autorização de transferência. Como o cidadão terá que ir ao cartório para providenciar o reconhecimento das firmas, poderá lá mesmo realizar a comunicação eletrônica da venda ao Detran por sistema que interligará as serventias e o órgão de trânsito. Assim, não será necessário se deslocar ao Detran para cumprir essa formalidade que será atendida pelo próprio cartório”, ressalto o desembargador Amaury Moura.

O serviço de comunicação eletrônica de venda será opcional, permanecendo inalterada a possibilidade do vendedor realizar a comunicação pelo meio físico. O serviço poderá ser solicitado pelo vendedor após o reconhecimento de firma no Certificado de Registro de Veículo (CRV).

A comunicação eletrônica de venda deverá conter as informações da autorização para transferência de propriedade de veículo (ATPV) e do CRV que venham a ser disciplinadas no convênio a ser estabelecido, como dados do veículo e do comprador, devendo ser incluídos outros dados que venham ser estabelecidos pela autoridade competente.

Após o Detran confirmar o recebimento da comunicação, o cartório deverá expedir uma certidão de confirmação que será entregue ao usuário com o valor dos emolumentos e taxas e o respectivo selo digital.

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Enem 2020: Candidatos têm até 1º de outubro para inserir ou alterar foto no sistema

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Os candidatos Inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 têm até o dia 1º de outubro para inserir ou alterar a foto na Página do Participante. Nesta edição do exame, todos os participantes devem anexar a fotografia ao sistema de inscrição. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estendeu o prazo para inserção ou alteração da imagem, mesmo após o período de inscrições.

O cadastramento da foto é obrigatório e deve atender a algumas regras, como ser atual, nítida, individual, colorida e com fundo branco. Não serão aceitas imagens de pessoas com óculos escuros ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). A fotografia também deve mostrar o rosto inteiro do participante, com uma boa iluminação e foco, além de estar nos formatos de arquivo Jpeg e PNG (tamanho máximo de 2 MB).

Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do Inep, por meio do autoatendimento on-line ou do 0800 616161 (somente chamadas de telefone fixo).

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Federação de bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Por Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil

Levantamento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) mostrou o crescimento de tentativas de fraudes financeiras contra os brasileiros durante a pandemia de covid-19. Neste período, as instituições registraram aumento de 80% nas tentativas de ataques de phishing – que se inicia por meio de recebimento de emails que carregam vírus ou links e que direcionam o usuário a sites falsos.

O golpe do falso motoboy, em que é oferecido o serviço para recolher o cartão na casa da pessoa, teve aumento de 65% durante o período de isolamento social. Já os golpes do falso funcionário e falsas centrais telefônica cresceram 70%. Além disso, mensagens com ofertas atrativas, clonagem de contas de WhatsApp e avisos para que as pessoas recadastrem urgentemente seus dados junto a uma instituição são algumas das situações usadas para os golpes.

Segundo a Febraban, no período da quarentena houve ainda alta de 60% em tentativas de golpes financeiros contra idosos, o que resultou em uma campanha de alerta com o apoio da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, e do Banco Central.

“Queremos contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de prevenção a fraudes e do uso seguro dos canais digitais no país”, disse Isaac Sidney, presidente da Febraban.

Segundo ele, os bancos investem cerca de R$ 2 bilhões por ano em sistemas de tecnologia da informação (TI) voltados para segurança, que corresponde a cerca de 10% dos gastos totais do setor com TI, com o objetivo de garantir a tranquilidade dos clientes em suas transações financeiras cotidianas.

Alerta

O diretor da Comissão Executiva de Prevenção a Fraudes da Febraban, Adriano Volpini, alerta que os dados pessoais do cliente jamais são solicitados ativamente pelas instituições financeiras e que, caso haja dúvida, o consumidor deve procurar seu banco para ter esclarecimentos.

“Seja pelo telefone, por e-mail, pelas mídias sociais, SMS, o fraudador solicita dados pessoais do cliente, como números de cartões e senhas, em troca de algo, ou ainda induz o usuário a ter medo de alguma situação”, disse Volpini.

Segundo a federação, atualmente 70% das fraudes estão vinculadas à engenharia social, que consiste na manipulação psicológica do usuário para que ele forneça informações confidenciais, como senhas e números de cartões para os fraudadores.

Compartilhe:
23/09/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

ITEP-RN regulamenta isenção para carteira de identidade

O Instituto Técnico-Cientifico de Pericia (ITEP) estabeleceu uma portaria regulamentando os casos de isenção para emissão de Carteira de Identidade no órgão, que é vinculado à Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). O diretor-geral Marcos Brandão explica que a novidade é a regulação dessa gratuidade para as pessoas mais carentes, adotando critérios para acesso ao benefício daquelas pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e com renda per capita de até R$ 178,00.

“Nos demais casos o direito da isenção já existia, mas o inovador é a regulação da isenção para população pobre”, reforça Marcos Brandão, a respeito da portaria que foi publicada no “Diário Oficial do Estado” desta terça-feira (22).

O diretor informou que em época regular de atendimento ao público, quando não havia as dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus, o universo de pessoas atendidas pela isenção na cobrança da Carteira de Identidade, chegava a pelo menos 39%.

O Itep concede isenções na emissão de Carteira de Identidade no caso da primeira via e na emissão da segunda via para pessoas que tiverem documentos perdidos ou danificados por ocasiões de enchentes no território do Rio Grande do Norte, o mesmo ocorrendo para as vítimas de roubo ou furto, caso no qual o interessado deverá requerer a segunda via dentro do prazo de 30 dias a partir do evento, apresentando boletim de ocorrência, identificando o documento furtado ou roubado.

Para aquelas pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o interessado precisará apresentar cópia do registro do programa e ter renda per capita de até R$ 178,00. O serviço é feito em qualquer posto de atendimento do ITEP: nas Centrais do Cidadão, conforme o horário de funcionamento da central, ou na sede do órgão, na Ribeira (Av. Duque de Caxias, 97), das 8h às 13h.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros