07/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana

Foto: Erasmo Salomao/Ministério da Saúde

Agência Brasil

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe influenza começa na terça-feira (11) e prossegue até o dia 8 de junho. Promovida pelo Ministério da Saúde em todo território nacional, a campanha teve início no mês passado e a estimativa é vacinar 79, 7 milhões de pessoas. 

A segunda etapa é destinada a idosos com mais de 60 anos e professores. Cerca de 33 milhões de pessoas deverão ser imunizadas nessa fase.

A terceira fase, entre 9 de junho e 9 de julho, abrangerá cerca de 22 milhões de pessoas. Compõem esse público-alvo integrantes das Forças Armadas, de segurança e de salvamento; pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes em medidas socioeducativas.

A campanha teve início no dia 12 de abril com a vacinação de crianças entre 6 meses e 6 anos, povos indígenas, trabalhadores da área da saúde, gestantes e mulheres puérperas (que estão no período de até 45 dias após o parto).  Pessoas que tomaram a primeira ou a segunda dose da vacina contra a covid-19 devem esperar pelo menos 14 dias para tomar o imunizante contra a gripe.

De acordo com o vacinômetro da campanha, já foram aplicadas 6,9 milhões das 27, 3 milhões das doses distribuídas para todos os estados.

Compartilhe:
07/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Ampliado o acesso dos pescadores aos direitos previdenciários

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Confederação Brasileira dos Trabalhadores da Pesca e Aquicultura (CBPA) assinaram Protocolo de Intenção para celebração de Acordo de Cooperação Técnica (ACT).

Com a assinatura do ACT, a CBPA poderá fazer o requerimento de serviços previdenciários e assistenciais, à distância, em nome dos representados. O acordo permite ainda outros serviços como cópia de processos, revisão de benefícios, recursos além da obtenção de orientações e informações sobre formas de acesso aos serviços do INSS.

“Trata-se de um momento simbólico para a maior aproximação entre o INSS e a categoria de pescadores, por serem segurados especiais, e assim poderem ter maior acesso aos seus direitos previdenciários”, afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim. Ele destacou a necessidade de melhoria constante do cadastro desses profissionais para que a prestação dos serviços seja ainda mais célere e eficiente.

O presidente também anunciou que, em breve, terá acesso ao Meu INSS sem a necessidade de uso do pacote de dados do celular e ligação para o 135 pelo celular de forma gratuita.

Com informações do INSS

Compartilhe:
07/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Estágio: TJRN seleciona 8 estudantes de pós-graduação em Contábeis; inscrições até 17 de maio

A Presidência do Tribunal de Justiça do RN publicou edital para seleção de estagiário de pós-graduação remunerado. São oferecidas oito vagas para estudantes da área de Ciências Contábeis, havendo formação de cadastro de reserva com os demais candidatos classificados. Os aprovados irão atuar na Contadoria Judicial (Cojud).

Veja o edital completo AQUI

As inscrições serão realizadas por meio de formulário eletrônico, até o dia 17 de maio.

A lista definitiva dos inscritos será divulgada no Diário da Justiça Eletrônico (DJe) até o dia 19 de maio.

Prova

A seleção dos candidatos inscritos será realizada mediante uma prova de conhecimentos, de caráter eliminatório e classificatório, com 20 questões objetivas.

Ela será realizada na data provável de 24 de maio, em plataforma digital, a partir das 13h30. Será considerado aprovado o candidato que alcançar no mínimo 50% de acerto nas questões.

Os 80 primeiros colocados serão convocados para a fase de entrevista, de caráter eliminatório, a ser realizada no dia 4 de junho.

A lista de classificação final será publicada na data provável de 11 de junho, no Diário da Justiça.

Condições

A jornada de estágio é de seis horas diárias e 30 semanais. A jornada diária será exercida no período das 8h às 14h ou das 12h às 18h, sujeita a modificação caso o aprovado resida ou estude em outra comarca, desde que mantidas as seis horas obrigatórias.

O pós-graduando receberá mensalmente bolsa-auxílio, atualmente no valor de R$ 1.874,00 e auxílio-transporte, atualmente de R$ 127,60. A duração máxima do estágio é de dois anos.

Compartilhe:
07/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Vazamento provoca desabastecimento em 10 cidades da Sertão Central Cabugi

O abastecimento de água dos municípios de Angicos, Fernando Pedrosa, Pedro Avelino, Mulungu, Pedra Preta, Lajes, Caiçara, Jardim de Angicos, Cachoeira do Sapo e Riachuelo – localizados na região Sertão Central Cabugi – será interrompido às 5h deste sábado (8) para a retirada de um vazamento.

A previsão é que o conserto seja concluído até o final da tarde do sábado, quando o sistema será religado. Após a religação do sistema, o abastecimento deverá ser normalizado num prazo de até 48 horas, devido a pressurização da rede de água.

Compartilhe:
07/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Após normatização, gestão pública de São José do Seridó é pioneira na instituição do plantão pedagógico nas escolas do município

A portaria 002/2021, da Secretaria de Educação e Cultura (Semec) de São José do Seridó, publicada nesta terça-feira (4), na edição 2.516, do Diário Oficial dos Municípios do Rio Grande do Norte, instituiu o plantão pedagógico na rede municipal de ensino. O plantão pedagógico é um instrumento das escolas para acompanhar o processo individual da vida escolar dos alunos.

“O plantão pedagógico tem o objetivo de oferecer um espaço para atendimento presencial individualizado, de forma escalonada, aos alunos da rede municipal de ensino que estão encontrando maior dificuldade de aproveitamento dos conhecimentos oferecidos pelo modelo de aulas não presenciais em vigor em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus”, destacou Juliana Dantas, titular da Semec.

Ainda de acordo com a secretária, o plantão pedagógico deve ser uma iniciativa associada à busca ativa escolar e realizada através de escalas, conforme os critérios estabelecidos na portaria 002/2021, considerando necessariamente as condições sanitárias vigentes e diretrizes constantes no plano de retomada de atividades de cada escola.

AVALIAÇÃO E CONVOCAÇÃO

A avaliação do desempenho escolar dos estudantes, para os fins de convocação à sede da escola, ficará sob responsabilidade dos professores, com o devido acompanhamento e orientação da equipe de supervisores escolares.

“A convocação dos alunos deverá ser feita após contato com os respectivos pais ou responsáveis para fins de esclarecimento da proposta dos plantões pedagógicos, observando sempre o caráter facultativo do retorno dos alunos à atividade presencial no momento atual”, esclareceu Juliana Dantas.

CRITÉRIOS

Como critérios de precedência na escolha gradual dos alunos, deve-se considerar, em primeiro lugar, os alunos que não têm acesso aos recursos tecnológicos no âmbito familiar e, em sequência, os alunos que, embora tenham acesso aos recursos tecnológicos, demonstram ausência na participação efetiva das atividades pedagógicas propostas no processo de ensino remoto.

“Atendidos esses critérios fundamentais, a escola pode dispor de outros critérios para chamada dos alunos que atendam às necessidades de cunho pedagógico peculiares a cada instituição de ensino”, frisou a secretária municipal de educação e cultura.

CAPACIDADE

A atividade do plantão pedagógico acontecerá com no mínimo um aluno ou, no máximo, cinco alunos por cada sala de aula. A quantidade de profissionais para a execução do plantão pedagógico deve ser de, no máximo, dois por sala de aula.

“O atendimento dos alunos com necessidades educacionais especiais deve ser feito de forma prioritária em sala de recursos multifuncionais”, finalizou Juliana Dantas.

Compartilhe:
07/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Mais de mil licenças ambientais são emitidas pelo Idema no primeiro quadrimestre

Mesmo diante da atual situação epidemiológica que vivemos e do regime de teletrabalho, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema emitiu no primeiro quadrimestre de 2021 um total de 1.208 licenças ambientais.

O licenciamento ambiental é um instrumento que concilia o desenvolvimento econômico com a conservação do meio ambiente. Para o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, é o resultado do empenho coletivo do órgão ambiental. “Mesmo em um momento tão adverso, nossa equipe permanece empenhada e focada para alcançarmos bons resultados e para fomentar o desenvolvimento econômico do estado”.

Dentre os setores que se destacaram estão a Carcinicultura com 53 emissões, Eólica com 100, Estradas e ferrovias 11, Linha de Surgência com 128, Poço de petróleo e /ou gás natural com 179, Solar com 20, Subestações de energia elétrica com 19, Mineração/Extração de areia, argila, cascalho e similares com 50, entre outras atividades econômicas em todos os municípios potiguares.

“Os dados apontam que os resultados estão fluindo conforme o planejamento. O esforço para um bom desempenho das atividades e dos processos no órgão ambiental é de todos os nossos servidores e colaboradores”, afirma o diretor Técnico do Idema, Werner Farkatt.

Visando dar agilidade e desburocratizar a última etapa do licenciamento ambiental para os empreendimentos, o Idema emite a Licença Ambiental por via eletrônica. O empreendedor tem três opções para a emissão do documento. O órgão disponibiliza as licenças através dos Sistemas SISLIA, Comunic@ e Cerberus, plataformas online já utilizadas na abertura e acompanhamento dos processos. As ferramentas estão disponíveis no site institucional do órgão, idema.rn.gov.br.

Compartilhe:
06/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Banco do Nordeste lança AgroamigoNet e WhatsApp Agroamigo para impulsionar negócios de agricultores familiares

O Banco do Nordeste lança, na próxima segunda-feira, 10, às 16 horas, o AgroamigoNet e o WhatsApp Agroamigo em evento on-line. A live contará com a presença do presidente do BNB, Romildo Rolim, e será transmitida pelo canal do Banco do Nordeste no YouTube.

O AgroamigoNet é uma estratégia de financiamento de kits de conectividade rural, com objetivo de impulsionar a inclusão digital dos agricultores familiares na Região. Já o WhatsApp Agroamigo constitui uma solução automatizada destinada a potenciais clientes atendidos pelo programa de microfinanças rural do Banco, prestando, por exemplo, informações de forma automatizada aos microempreendedores do campo por meio de chatbot.

Em 2020, o Agroamigo completou 15 anos de criação, computando, no total, R$ 20 bilhões aplicados. Somente no ano passado, foram 564,8 mil financiamentos, no valor de R$ 2,91 bilhões. O programa possui carteira com 1,3 milhão de clientes ativos.

SERVIÇO:

Live de Lançamento do AgroamigoNet e WhatsApp Agroamigo
Transmissão: youtube.com/bancodonordesteoficial
Data: segunda-feira, 10 de maio de 2021, às 16 h.

Compartilhe:
06/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Nova campanha de negociação de débitos da Caern começa na próxima terça (11)

A Caern vai abrir mais um período de negociação de débitos em atraso para que os clientes que estão com contas em aberto possam regularizar a situação. O prazo começa na próxima terça-feira (11) e vai até o dia 15 de junho. A campanha de negociação abrange todas as faturas não quitadas com vencimento anterior a março de 2021.

As condições de negociação incluem a possibilidade de parcelar a dívida em até 36 meses, com entrada de 10% do valor total. Também haverá a dispensa de juros e multa. Segundo o superintendente Comercial da companhia, Giordano Filgueira, as faturas de abril podem ser incluídas no parcelamento, mas nesse caso não há a dispensa dos juros e multa.

O interessado pode negociar sua dívida até mesmo nos casos em que tenha um parcelamento anterior. Nesse novo acordo, o percentual do valor de entrada é de 20% do total.

Os clientes interessados podem fazer o parcelamento por vários canais. Ele pode fazer pelo Whatsapp (84) 98137-2343, na Agência Virtual (http://caern.com.br), através do link parcelamento de dívidas, ou nos escritórios de atendimento, mediante agendamento prévio na Agência Virtual ou no endereço http://agendamento.caern.com.br.

Também é possível negociar as faturas com o cartão de crédito, sem entrada, com isenção de juros e multas, em até 12 vezes e com parcela mínima de R$ 5. A forma de negociação é a mesma da outra modalidade.

Compartilhe:
06/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

UFRN abre concurso para docente do IMD na área de Desenvolvimento de Dispositivos Móveis e Web

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abriu concurso público para professor do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico para atuar no Instituto Metrópole Digital (IMD). A seleção, que disponibiliza uma vaga, tem remuneração de até R$ 10 mil, conforme titulação do candidato, e será voltada para a área de Desenvolvimento para Dispositivos Móveis e Web.

Os interessados podem realizar inscrição através do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), no qual se encontram o formulário e o Edital 031/2021. As inscrições estarão abertas a partir do dia 24 deste mês até o dia 17 de junho.

A taxa de inscrição, no valor de R$ 100, poderá ser efetuada até o dia 22 de junho. Caso o candidato tenha solicitado a isenção da taxa, o resultado da análise dos pedidos será divulgado no site da SIGRH e da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), na data provável de 16 de junho.

O candidato precisará ter graduação em Computação e o prazo de validade do concurso público será de dois anos, prorrogável uma vez, por igual período.

Processo seletivo

A seleção consistirá em quatro etapas: prova escrita, prova didática, Defesa de Memorial e Projeto de Atuação Profissional e prova de títulos. A prova escrita está marcada para o dia 5 de setembro e as demais etapas ocorrem entre os dias 6 e 12 do mesmo mês.

A composição das bancas examinadoras e os calendários de provas estão previstos para serem divulgados em Nota Informativa nos sites do SIGRH e da Progesp a partir do dia 2 de agosto. Caso ainda permaneça o estado de calamidade pública, provocado pelo Coronavírus, uma série de normas de biossegurança serão aplicadas.

Compartilhe:
06/05/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Pesquisa mapeará dados sobre a Covid-19 no país

Gerar um mapa detalhado da transmissão e comportamento da Covid-19 no país e saber qual a prevalência da doença nos diferentes grupos sociais da população brasileira é o que prevê a pesquisa chamada PrevCOV, que será promovida em todo o país pelo Ministério da Saúde. A pesquisa será feita por meio da coleta de sangue para identificar anticorpos do tipo IgG para a doença. A iniciativa abrangerá 62.097 domicílios de 274 municípios, atingindo 211.129 indivíduos.

Com a PrevCOV, será possível saber em quais estados, capitais ou regiões metropolitanas a infecção pela Covid-19 tem sido mais intensa. E obter características socioeconômicas e epidemiológicas dos pesquisados e ter o cálculo da morbidade e letalidade do coronavírus. Com essas informações, o Ministério da Saúde quer aprimorar as estratégias de enfrentamento e prevenção à doença.

A previsão é que o estudo comece em 1º de junho e seja concluído em setembro. De acordo com o ministério, essa é uma das maiores pesquisas de prevalência da infecção por Covid-19 já feita no mundo até o momento. O teste de anticorpos indica se a pessoa foi contaminada ou vacinada anteriormente e desenvolveu imunidade para a doença.

“Vamos ampliar a nossa campanha de vacinação, vamos conhecer as características da prevalência da infecção da Covid-19 no Brasil através de uma iniciativa como o PrevCOV, que é um arrojado estudo epidemiológico que trará respostas fundamentais para que possamos acertar o alvo certo”, explicou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Quem participa

A seleção dos pesquisados será feita por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a Pnad Covid-19, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). A adesão é voluntária. Menores de 18 anos precisam da autorização de pais ou responsáveis.

O primeiro contato será feito por ligação telefônica para confirmar dados e verificar quem aceita participar da pesquisa. Os demais contatos serão feitos por mensagem de texto ou Whatsapp.

A coleta do sangue é feita na residência, em dia e horário agendado pelo participante. Os técnicos irão aos domicílios com crachá de identificação e uniformizados com camiseta e boné com a marca da campanha.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros