30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Prazo de inscrição para concurso de temporários do TJRN termina em 6 de agosto

Termina no dia 6 de agosto, sexta-feira, às 14h, o prazo de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado lançado pelo TJRN para a contratação temporária de 58 profissionais das áreas de Psicologia, Assistência Social e Pedagogia.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas exclusivamente pela internet, pelo endereço https://www.tjrn.jus.br/concursosSegundo o edital, o candidato poderá se inscrever para vagas disponíveis em até duas localidades distintas.

A realização da contratação tem por objetivo atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. A medida observa a não disponibilidade, no Quadro de Pessoal do Poder Judiciário, de profissionais qualificados para a prestação desses serviços. Os contratados poderão atuar em processos de competência da infância e juventude, violência doméstica, família, criminal, em situações que envolvam idosos, incapazes, pessoas com deficiência e crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Vagas e condições

A contratação temporária dos 58 profissionais é para atuação por até 12 meses, admitida uma prorrogação de, no máximo, mais um ano. São 29 vagas para a área de Psicologia, 25 para a Assistência Social e 4 para a Pedagogia. As vagas são distribuídas entre as comarcas de Natal, Parnamirim, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz e João Câmara.

A remuneração dos contratados será de R$ 3.219,67, para uma carga horária de 40 horas semanais.

Seleção

A seleção dos candidatos será feita mediante avaliação de títulos e da experiência profissional – para esta última, serão consideradas atividades a partir do ano de 2006. O envio de documentos relativos à avaliação de títulos e comprovação de experiência prévia é obrigatória.

Compartilhe:
30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Nelter cobra agilidade na abertura de agências da Caixa em Lagoa Nova, Parelhas e Mossoró, e pede estudo de viabilidade para instalação de agência em Jucurutu

Acompanhado da vereadora mossoroense Carmem Júlia (MDB), o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) esteve na superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF) do Rio Grande do Norte, em Natal, nesta quinta-feira (29), em audiência com os superintendentes de Rede, de Governo e de Habitação, respectivamente, Cleiton Bege, Lamarck Rodrigues e José Ricardo Barbosa Gama para tratar sobre abertura de agências da CEF em Lagoa Nova, Parelhas e Mossoró, e para pedir estudo de viabilidade para instalação de agência em Jucurutu.

“Fiz requerimentos há quase 10 anos para abertura de agências da Caixa em Parelhas, Lagoa Nova e Jucurutu, e graças à nossa luta como também a de outros políticos, as agências de Parelhas e Lagoa Nova serão viabilizadas”, destacou Nelter Queiroz, adiantando que cobrou agilidade na abertura das agências da CEF nestes municípios.

De acordo com o parlamentar, existe a necessidade urgente de Jucurutu também ser contemplada com uma agência da Caixa Econômica Federal, uma vez que o município cresceu significativamente com as obras da barragem de Oiticica, com a chegada do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), com a grande quantidade de indústrias (massas, laticínios e roupas) e com a proximidade da serra de João do Vale, região que está crescendo bastante na questão turística.

“Nossa Jucurutu tem vínculo forte com vários municípios de seu entorno como Campo Grande, Triunfo Potiguar, Paraú, São Rafael, Santana do Matos, Florânia e Tenente Laurentino Cruz, dentre outros. Todos esses municípios ficam mais próximos a Jucurutu de que dos municípios polo das regiões Seridó, Vale do Assú e Oeste; por isso que se justifica a abertura de uma agência da Caixa Econômica Federal em nosso município”, defendeu Nelter.

Segundo o deputado, uma visita será agendada para que toda a equipe técnica da superintendência da Caixa Econômica Federal possa verificar a viabilidade de uma agência do banco no município e dialogar com empresários, Poder Executivo, Poder Legislativo e população local, e conhecer melhor a realidade jucurutuense.

MOSSORÓ

Junto à Superintendência da CEF no Estado Queiroz também reforçou pleito encaminhado pela vereadora Carmem Júlia, no que tange agilidade na abertura de agência da CEF, no município de Mossoró, com foco no crédito rural, para beneficiar diretamente pequenos e grandes produtores locais.

Compartilhe:
30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Governo federal reconhece situação de emergência em dez cidades do País por desastres naturais

O Governo Federal, por meio da Defesa Civil Nacional, reconheceu a situação de emergência em dez cidades do Brasil por desastres naturais, em sua maioria por seca ou estiagem. A decisão foi publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União (DOU).

Registram estiagem os municípios de Araripe e de Itapagé, no Ceará, além de Caraúbas (RN) e Água Doce (SC). Sofrem com a seca, que é uma falta de chuvas mais prolongada que a estiagem, as cidades de Caiçara do Rio do Vento (RN), São Tomé (RN), Serra Negra do Norte (RN) e Padre Carvalho (MG).

A cidade catarinense de Pinheiro Preto sofreu com um vendaval e Constantina, no Rio Grande do Sul, teve prejuízos com granizo.

Acesso a recursos

Após a publicação do reconhecimento federal por meio de Portaria no DOU, o estado ou o município pode solicitar recursos para atendimento à população atingida, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre.

Com base nas informações enviadas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD), a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

Compartilhe:
30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Orçamento pode acomodar aumento do Bolsa Família, diz ministro Paulo Guedes

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que é possível acomodar no Orçamento um valor mais elevado para o Bolsa Família. Segundo ele, até o momento, o programa está perfeitamente enquadrado dentro dos planos do ministério, da Lei de Responsabilidade Fiscal e do limite do teto. A intenção é que o valor do benefício chegue a R$ 300. Guedes ponderou, no entanto, que, para aumentar o valor, é preciso controlar gastos inesperados que costumam ocorrer em decisões dos Três Poderes da República.

“Até agora, a nossa ideia do Orçamento era essa e imprevistos sempre acontecem e terão que ser atacados diretamente. Estamos analisando e, pelas primeiras informações que estão chegando, é possível que a gente tenha que rever alguma coisa”, disse após participar na sede do Ministério da Economia, no Rio, do lançamento do projeto de remição de foro digital, com a apresentação do aplicativo SPUApp.

De acordo com o ministro, o que acontece normalmente é que os Poderes são independentes e todos têm capacidade de afetar os orçamentos, com decisões que não estavam previstas. Por isso, conforme explicou, a equipe econômica calcula previsões para eventuais gastos que estão fora da sua órbita de controle. “Há sempre gastos que vêm seja em questões do Judiciário, seja do Legislativo, ou às vezes até exigências do próprio governo mesmo, que quer fazer o Bolsa Família um pouco maior. Há sempre um sinal amarelo, que passa rapidamente para o vermelho”, disse.

Compartilhe:
30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Senac RN oferece 160 vagas gratuitas para Cursos Técnicos em Natal, Assú, Caicó e Mossoró

Foto: Senac/Divulgação

O Senac RN iniciou, nesta quinta-feira (29), mais uma etapa de inscrições gratuitas para Cursos Técnicos em Natal, Assú, Caicó e Mossoró. Os interessados poderão se inscrever exclusivamente no site http://psg2.rn.senac.br/, até o dia 3 de agosto.

A iniciativa faz parte do Programa Senac de Gratuidade (PSG), com o objetivo de promover a inclusão social por meio da oferta de vagas gratuitas para pessoas de baixa renda.São 160 vagas em quatro opções de capacitação: Técnico em Administração (65 vagas), Técnico em Secretariado (30 vagas), Técnico em Logística (30 vagas) e Técnico em Guia de Turismo (35 vagas).Todos os cursos serão ministrados na modalidade presencial, com possibilidades de aulas on-line ao vivo.

A seleção dos candidatos será feita de acordo com a ordem da inscrição no site e envio da documentação necessária. De acordo com a Política do PSG, obrigatoriamente, os candidatos devem possuir renda familiar mensal per capita de até dois salários-mínimos federais e atender aos requisitos exigidos pelo curso escolhido. Cada candidato pode se inscrever em apenas?uma opção de curso. As aulas iniciam em 30 de agosto e 18 de outubro.

“Somente em 2021 já são cerca de 1.100 vagas gratuitas que o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, oferta à população interessada em se capacitar.? São iniciativas que beneficiam principalmente aqueles de baixa renda, pois proporcionam um diferencial para a inserção no mercado de trabalho e que?têm reflexos diretos no desenvolvimento econômico do estado, pois contribuem para a qualidade dos serviços oferecidos”, diz Marcelo Queiroz, presidente do Sistema Fecomércio RN, Sesc e Senac.

Serviço 

Cursos Técnicos gratuitos Senac RN

Período: 29/07 a 03/08

Inscrições: www.rn.senac.br

Vagas 160

Início das aulas: 30 de agosto e 18 de outubro

Compartilhe:
30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Novos 3 mil pontos de Wi-Fi Brasil serão entregues à população até o fim de 2021

Para que mais brasileiros tenham o acesso garantido à internet, o Ministério das Comunicações (MCom) firmou parceria com o Banco do Brasil e o Sebrae Nacional para instalação de mais mil pontos do programa Wi-Fi Brasil. Em outra frente, a Pasta também assinou contrato com a Telebras para a oferta de mais 2 mil pontos de conexão. Serão, ao todo, 3 mil novos pontos de conectividade disponíveis para a população até o fim do ano.

Os anúncios foram feitos nesta sexta-feira (30/7) pelo ministro Fábio Faria e o presidente do BB, Fausto Ribeiro, durante solenidade na cidade de São Gonçalo do Amarante (RN). “A gente chega em uma comunidade que não tem internet, coloca essa antena e, a partir daquele momento, as pessoas daquele lugar, daquela cidade têm acesso ilimitado e gratuito à internet para o resto da vida. Isso é levar informação para quem não tem, é levar educação”, destacou Faria. O ministro reforçou que estão previstos 18 mil pontos de internet até o fim de 2021.

O lançamento da parceria com BB e Sebrae reafirma protocolo de intenções assinado em maio para a valorização do Wi-Fi Brasil e fomento à inclusão digital. Cada instituição instalará 500 pontos gratuitos de acesso à internet em comunidades carentes, que não têm conectividade atualmente.

O novo contrato com a Telebras permitirá a implantação, operação e manutenção (sob demanda) de pontos de acesso à internet. As instalações serão feitas em localidades públicas, como escolas urbanas e rurais, unidades de saúde e de segurança pública, assentamentos, comunidades quilombolas e indígenas, dentre outros.

Durante o evento, o MCom também entregou 100 computadores, do Programa Computadores para Inclusão, para montar nove laboratórios em escolas de municípios do Rio Grande do Norte. Com a entrega, o estado já conta com 548 computadores recebidos pelo programa do MCom.

Wi-Fi Brasil – O programa do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério das Comunicações, executado pela Telebras, leva conectividade em alta velocidade a localidades do país onde não há nenhuma ou pouca conectividade. Mais de 14 mil pontos já foram ativados em 3 mil municípios, beneficiando 8,6 milhões de brasileiros.

Texto: Ascom / Ministério das Comunicações

Compartilhe:
30/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Campanha incentiva o aleitamento materno no Brasil

Foto: Ministério da Saúde

Amamentar sempre esteve nos planos da servidora pública Lorena Melo. O sonho de ser mãe chegou há sete meses, com o nascimento de João Pedro. Foi aí que ela percebeu as dificuldades para oferecer ao bebê um dos alimentos mais completos que existem. “Quando ele nasceu, no primeiro mês de vida, eu não sabia amamentar, o João Pedro não sabia mamar. A gente encontrou muitas dificuldades, minha mama machucou muito, tive muitas fissuras”, disse.

Para superar essas dificuldades, Lorena contou com uma rede de apoio de profissionais da saúde, família e amigos que passaram pela mesma experiência. “Essas pessoas foram fundamentais para que eu pudesse amamentar o João Pedro de forma exclusiva nos seis primeiros meses”, afirmou. Graças ao apoio que recebeu, Lorena conseguiu amamentar o filho e também passou a doar.

O leite materno é a melhor fonte de nutrição para bebês e a forma de proteção mais econômica e eficiente para diminuir as taxas de mortalidade infantil, sendo capaz de reduzir em até 13% os índices de mortes de crianças menores de cinco anos, segundo o Ministério da Saúde. O aleitamento materno protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias, além de evitar o risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta.

O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os 2 anos de idade ou mais e, de forma exclusiva, nos seis primeiros meses de vida, mesmo nas mães que tiveram casos confirmados de Covid-19.

Campanha Nacional

As ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno que Lorena recebeu, são feitas no Brasil há 40 anos. E para mobilizar a sociedade brasileira sobre a importância dessa medida e incentivar mulheres a amamentar, o Ministério da Saúde lançou, nesta quinta-feira (29), a campanha “Todos pela amamentação. É proteção para a vida inteira”.

O evento ocorre anualmente em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). A publicidade da campanha será veiculada em sites, redes sociais e páginas da internet. “Nós estamos lançando essa campanha, todas as peças serão divulgadas do dia 30 julho a 15 de agosto. E a gente pede que a sociedade civil organizada também divulgue isso, porque todos juntos, a gente consegue passar a mensagem de forma mais efetiva”, frisou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Rafael Câmara Parente.

Confira a campanha

Incentivo à amamentação

Desde 1981, o Ministério da Saúde coordena estratégias para proteger e promover a amamentação no Brasil.

O país possui 301 Hospitais Amigos da Criança que promovem 10 passos para o sucesso do aleitamento materno. São repassados, por ano, R$ 18,2 milhões para as unidades.

Além disso, o Brasil possui ainda 222 bancos de leite humano e 219 postos de coleta. Em 2020, cerca de 181 mil mulheres doaram mais de 226 mil litros de leite materno. Neste ano, até junho, foram doados 111,4 mil litros.

No ano passado, o Ministério da Saúde investiu R$ 16,9 milhões, em caráter excepcional, na proteção e apoio ao aleitamento materno e na alimentação complementar adequada para crianças menores de dois anos na Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB), da Atenção Primária à Saúde.

Aleitamento materno

A estratégia para incentivar a amamentação vem apresentando resultados. Os índices nacionais do aleitamento materno exclusivo entre crianças menores de 6 meses aumentaram de 2,9%, em 1986, para 45,7% em 2020. Já o aleitamento para crianças menores de quatro anos passou de 4,7% para 60% no mesmo período.

“Passar de um aumento de 4 para 60% é muita coisa. A gente que trabalha com a saúde sabe que um aumento desse tipo em poucos anos é algo que mostra a robustez, a fortaleza das campanhas que vem acontecendo nos últimos anos”, destacou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Rafael Câmara Parente.

Agosto Dourado

O Agosto Dourado simboliza a luta pelo incentivo à amamentação – a cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por ano, cerca de seis milhões de vidas são salvas por causa do aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade.

Compartilhe:
29/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Justiça Federal do RN retomará atendimento presencial na segunda-feira (02)

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte começará a segunda etapa da retomada presencial do trabalho na próxima segunda-feira, dia 2 de agosto. Nesta fase, o atendimento ao público externo acontecerá de segunda a sexta-feira no horário das 8h às 14h. Todos os setores estarão com pequenas equipes para realizar essa atividade.

O Centro de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), conhecido como Central de Conciliação, retomará as suas audiências presenciais, a partir de prévio agendamento. Já as atermações, serviço realizado para quem deseja ingressar com ação sem advogado no Juizado Especial Federal, serão feitas através de agendamento pelo canal do WhattsApp.

Todas as medidas de segurança estão sendo implementadas para que todos possam transitar sem qualquer risco de contaminação, com sinalizações horizontais e verticais, distribuição de álcool em todos os ambientes e treinamento dos recepcionistas, que ficarão responsáveis pela aferição da temperatura de todos que ingressarem em nossos prédios. Todos os locais de atendimento presencial ao público externo estarão equipados com divisórias de acrílico ou material similar.

Compartilhe:
29/07/2021
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 38 milhões

Por G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.394 da Mega-Sena, realizado noite desta quarta (28) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 05 – 16 – 25 – 36 – 42 – 44.

A quina teve 48 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 48.523,22. A quadra teve 4.144 apostas vencedoras; cada uma levará R$ 802,92.

O próximo concurso (2.395) será no sábado (31). O prêmio é estimado em R$ 38 milhões.

Compartilhe:
29/07/2021
Por Danilo Evaristo em Notas

Caraúbas terá abastecimento retomado nesta sexta-feira (30)

A cidade de Caraúbas está com abastecimento suspenso para serviço de manutenção na rede de água. A previsão é religar na sexta-feira (30), no final da tarde. São necessárias 48 horas para normalizar o abastecimento, que já estava afetado por serviço realizado semana passada. A Caern informará após o conserto como ficará a distribuição de água nas diferentes áreas da cidade, pois o cronograma será alterado, para realização da manutenção.

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros