25/09/2019
Por Danilo Evaristo em Currais Novos

Casamento Comunitário em Currais Novos oficializa 169 uniões

O Tribunal de Justiça promoveu na última sexta-feira (20), em Currais Novos, mais uma sessão de casamentos comunitários e gratuitos. A cerimônia foi realizada à tarde, no ginásio Palácio dos Esportes, organizada pelo Núcleo de Ações e Programas Socioambientais do Poder Judiciário potiguar (NAPS) em uma ação conjunta com o programa “Assembleia e Você”, do parlamento estadual.

A cerimônia celebrou a união de 169 casais, e contou com a presença do presidente do TJRN, desembargador João Rebouças; do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira; da coordenadora do NAPS, desembargadora Zeneide Bezerra; do corregedor geral de Justiça, Des. Amaury Moura; do ouvidor geral do TJRN, Des. Vivaldo Pinheiro; do desembargador Gilson Barbosa; do juiz titular da comarca, Marcus Vinícius; além de autoridades locais, como o prefeito de Currais Novos, Odon Júnior; presidente da Câmara Municipal, João Neto.

O presidente do TJRN, desembargador João Rebouças ressaltou a importância dessa parceria que aproxima o Tribunal da população como um exercício de cidadania. Ele pontuou que “muitas vezes as uniões não são legalizadas por questões financeiras, ou dificuldades burocráticas, de modo que programas como esse cobrem esta lacuna na prestação do serviço público”.

A desembargadora, Zeneide Bezerra lembrou que o NAPS realizou diversos tipos de ações comunitárias ao longo de seus 12 anos de existência, tanto em ginásios, como escolas, e praças públicas, prestando serviço diretamente à população. Ela recordou que o NAPS “até hoje já realizou cerca de 12 mil casamentos e pretendemos, muito em breve, chegar ao número de 15 mil, se possível, até o final deste ano”.

O juiz da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius destacou sua “grande satisfação em celebrar esse ato em Currais Novos, pois na grande maioria dos processos uma das partes sai satisfeita em detrimento da outra que perdeu a causa. Mas no casamento o processo é diferente, pois as duas partes saem ganhando, e essa satisfação se espalha para as famílias, pra os amigos, e de certa forma pra toda a comunidade que comemora junto”.

Durante a solenidade, foram feitas homenagens ao casal mais experiente entre os 169 presentes, Antônio Silva e Maria Soares, que possui 42 anos de convivência conjugal e decidiu tornar oficial a união. O casal mais novo preferiu apressar o casamento em razão da chegada filha, Ana Lua, hoje com três meses de idade.

Outra história que ganhou destaque na celebração foi a de José Agnaldo e Maria Josilene. Eles foram primeiro namorados na adolescência, quando tinham 16 anos. Depois se separaram e seguiram rumos diferentes, Agnaldo foi morar em São Paulo, onde casou e teve um filho, enquanto Josilene ficou em Currais Novos, tendo outros relacionamentos e dois filhos. Porém, ambos não mantiveram estes vínculos e 25 anos depois, Agnaldo voltou a morar em Currais Novos. A partir disso se reaproximaram e desse novo encontro surgiu a oportunidade de casar novamente. Josineide, comenta que não esqueceu o amor antigo, e que “nunca devemos desanimar ou deixar de buscar aquilo que realmente traz felicidade pra nossas vidas”.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros