19/11/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

IPEM/RN dá dicas para compras na Black Friday

Um dos períodos de compras mais aguardados pelo comércio e pelos consumidores, a Black Friday está chegando. De fato a liquidação conquistou os brasileiros com promoções e descontos acima da média, mas é preciso ficar atento no momento da compra e a algumas orientações como: a origem e segurança dos produtos, e no caso dos eletrodomésticos, eficiência energética e selo de ruído.

Confira as principais recomendações do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (IPEM/RN), órgão delegado do Inmetro:

Eletrodomésticos

Mais de 140 tipos de eletrodomésticos devem, obrigatoriamente, possuir o Selo do Inmetro no produto ou na embalagem, atestando que foram avaliados quanto à segurança para o uso do consumidor. Nessa lista estão: secadores e pranchas de cabelo, torradeiras, sanduicheiras, fornos elétricos, etc.

Alguns desses produtos, também devem exibir a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, que traz informações sobre a eficiência energética e o consumo de energia. Alguns campeões de vendas entram nesse rol de produtos, é o caso de geladeiras, televisores, fornos de micro-ondas, condicionadores de ar e máquinas de lavar, entre outros.

A exposição a aparelhos muito barulhentos, principalmente por longos períodos, pode ser prejudicial a saúde, por isso a presença do Selo Ruído também é obrigatória para eletrodomésticos como liquidificadores, secadores de cabelo e aspiradores de pó. Esses itens só podem ser vendidos com selo que descreve a potência sonora em decibéis e a classificação dos aparelhos de um (mais silencioso) a cinco (menos silencioso). Os consumidores devem checar se o adesivo está afixado na embalagem do produto, antes de efetivar a compra.

É importante ficar atento em relação as compras feitas pela internet. O site não é obrigado a mostrar o Selo ou a Etiqueta, mas as informações contidas neles devem ser apresentadas de forma clara aos consumidores nas especificações técnicas do produto.

Brinquedos

Todos os brinquedos devem conter o Selo do Inmetro, sejam nacionais ou importados. O selo deve estar visível, impresso, gravado ou numa etiqueta afixada na embalagem, e deve conter a marca do Inmetro e o logotipo do organismo acreditado pelo instituto que o certificou.

Também é importante observar a restrição/indicação de faixa etária, que é aplicada adequando o brinquedo à idade, interesse e habilidade da criança. Se o consumidor tem filhos em idades diferentes é preciso redobrar a atenção para que os menores, em especial aqueles menores de 3 anos, não tenham acesso aos brinquedos dos mais velhos. Alguns produtos podem conter partes cortantes ou peças muito pequenas, que podem se desprender e ser ingeridas ou inaladas, causando sufocamento.

É importante retirar o brinquedo da embalagem antes de entregá-lo à criança, a fim de prevenir acidentes com grampos e similares, e até mesmo o risco de sufocamento e ler com atenção as instruções de uso antes de o brinquedo ser entregue à criança, além disso sempre que possível, supervisionar o uso do brinquedo.

Os brinquedos comercializados em catálogos ou comércio virtual também devem ter exibidas as informações contidas no Selo do Inmetro e sobre indicação de faixa etária.

Não compre no mercado informal 

Tanto eletrodomésticos, como brinquedos não devem ser comprados no comércio informal, pois não há garantia de procedência e tais produtos podem não atender às condições mínimas de segurança.

Sempre exija a nota fiscal! Ela é a garantia em relação àquele produto para troca ou reclamação em caso de um acidente de consumo, por exemplo.

Cuidado com práticas enganosas do comércio

Se for comprar online, redobre os cuidados. Busque sempre sites seguros e de boa reputação para ter certeza que receberá o produto anunciado.

Pesquise preços com bastante antecedência para checar se os descontos oferecidos são reais – muitas vezes os preços são reajustados previamente e durante o período de liquidação voltam ao valor de origem para configurar descontos.

Caso encontre alguma irregularidade nos referentes a brinquedos e eletrodomésticos   informe a Ouvidoria do IPEM/RN pelo e-mail ouvidoriaipem.rn@gmail.com ou pelo whats app 84 98147-9433.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros