30/11/2016
Por Danilo Evaristo em Notas

Luzes começaram a se apagar e o avião caiu 40 ou 50 segundos depois, diz comissária de bordo

aviao

Foto: Fredy Builes/29.11.2016/Reuters

R7 – A comissária de bordo Ximena Suárez, uma das seis sobreviventes da tragédia com o avião da Chapecoense em Medellín, na Colômbia, relatou na última terça-feira (29) ao governador da Antioquia, Luís Pérez, os momentos que antecederam o impacto com o chão.

Segundo ela, as luzes da aeronave começaram a se apagar e menos de um minuto depois sentiu a pancada no chão. O depoimento de Pérez foi dado à TV Caracol, uma das principais cadeiras de televisão da Colômbia. — O pouco que falou é que as luzes do avião começaram a se apagar paulatinamente e 40 ou 50 segundos depois ela sentiu o contato com o chão. Até aí, ela se recorda.

Pérez enfatizou que esse “é o único testemunho que temos. Não podemos aumentar nem diminuir a história para não atrapalhar as investigações”.  Ontem, as autoridades colombianas encontraram as caixas pretas da aeronave. A autoridade aérea da Colômbia, a Aeronáutica Civil, já apura as razões do acidente. Ao todo, 71 pessoas morreram e seis pessoas sobreviveram à queda da aeronave.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros