11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Em vídeo, agressor de Bolsonaro diz que deu “resposta a ameaças”

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil

Com frases pausadas e bom vocabulário, Adélio Bispo de Oliveira, que esfaqueou Jair Bolsonaro na última quinta-feira (6) em Juiz de Fora (MG), disse que “pretendia dar pelo menos uma resposta, um susto” ao candidato do PSL à Presidência.

Referindo-se ao ataque como “incidente” e “imprevisto” e sem citar nenhuma vez o nome de Bolsonaro, o agressor deu a seguinte explicação: “Eu, como milhões de pessoas, pelos discursos da pessoa referida [Bolsonaro], me sinto ameaçado literalmente, como tantos milhões de pessoas. Aquela certeza de que cedo ou tarde ele vai cumprir aquilo que está prometendo tão veementemente pelo país todo, contra pessoas como eu exatamente.”

O video em que Adélio Bispo fala pela primeira vez foi gravado durante a audiência de custódia, ocorrida na última sexta-feira (7) em Juiz de Fora, e está disponível nas redes sociais.

Ele admite ter cometido o atentado por motivos políticos e religiosos. Revela também, perguntado pelos advogados de defesa, que não tem tomado medicações psiquiátricas. Ele afirmou ainda que, desde o momento em que foi preso, sofreu em Juiz de Fora “humilhações verbais” e agressões de agentes prisionais supostamente simpatizantes de Bolsonaro.

Adélio foi indiciado na Lei de Segurança Nacional, por admitir a motivação política do crime, e foi transferido pela Polícia Federal (PF) para o presídio federal de Campo Grande, onde encontra-se isolado, por questões de segurança, dos demais detentos. O inquérito apura se há mais envolvidos no ataque a Bolsonaro – hipótese negada pelo agressor.

Dores e remédios

No início da audiência, Bispo alegou dificuldades para falar por sentir dores nos pulmões e nas costelas, por conta das agressões sofridas desde o momento de sua prisão, ao ser imobilizado por policiais e agredido por supostos militantes do PSL.

O agressor ficou detido no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp), onde, segundo ele, dividiu com outros seis presos uma cela projetada para duas pessoas.

Perguntado sobre medicações controladas receitadas por psiquiatras, ele disse já ter tomado remédios bastante fortes, mas que, como não tem ido ao médico, não tem usado nenhum nos últimos dias.

“Já tomei diferentes tipos de remédios controlados. Tem um, que não me recordo o nome, que é extremamente forte e derruba em menos de 15 minutos. Também fiz uso do Pamelor 50 [antidepressivo], que é mais brando. Fiz uso de um terceiro que não me lembro mais, mas não estou fazendo uso regular neste momento. Faz um bom tempo que não visito o médico”, disse o autor do atentado.

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Carros do Rio começam a receber placas com padrão do Mercosul

Foto: Reprodução

Alexandre Garcia, do R7

Os motoristas do Estado do Rio de Janeiro que comprarem automóveis zero quilômetro ou fizerem transferência de veículos para seu nome a partir desta terça-feira (11) já receberão as novas placas com o padrão do Mercosul. O valor pago pelo modelo novo é de R$ 219,35, o mesmo pago anteriormente.

Com a determinação, o Rio será o primeiro a começar a adotar as novas placas, que devem ser implantadas em todos os Estados até o dia 1º de dezembro, conforme prevê o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). A troca de toda a frota brasileira é prevista para o ano de 2023.

Nesta primeira etapa, a alteração do modelo não será obrigatória para todos os veículos. A placa nova só será instalada nos veículos de motoristas que quiserem trocar o item voluntariamente ou realizarem operações que envolverem a mudança.

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Goianinha tem 12 equipes de Estratégia de Saúde da Família certificadas com média alta pelo PMAQ

O Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde divulgou na última quinta-feira (06), a primeira lista das equipes certificadas no terceiro ciclo do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ).

Nesta lista, todas as equipes de Atenção Básica e Saúde Bucal de Goianinha foram homologadas. De acordo com a Portaria Ministerial nº 2.777, de 04 de setembro de 2018, 10 equipes obtiveram a classificação ÓTIMA e duas alcançaram desempenho MUITO BOM, gerando uma média final de 9,83.

Para a secretária municipal de Saúde, Rusivete Lisboa, “a conquista é fruto da contribuição de todos os servidores que se empenharam para melhorar o acesso e a qualidade do atendimento a sociedade goianinhense. E resulta também dos esforços realizados pela administração municipal”. O processo de certificação das equipes é constituído por três dimensões: utilização de instrumentos autoavaliativos; monitoramento dos indicadores de saúde; e padrões de qualidade verificados por avaliadores externos.

O principal objetivo do PMAQ é incentivar os gestores e as equipes a melhorar a qualidade dos serviços de saúde ofertados à população. O programa eleva os valores do incentivo federal transferidos para os municípios participantes que obtiverem melhora no padrão de qualidade no atendimento. Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) receberão certificação na segunda lista, com divulgação prevista para o mês de dezembro deste ano.

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Angicos/RN

Programa Água Doce: Parceria entre prefeitura e Governo do RN instalará sistema de dessalinização em Angicos

Ampliar o acesso à água potável e de qualidade para a população: esta é a intenção do prefeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros.

Após firmar parceria entre a prefeitura e Governo do Estado para levar para o município ações do programa Água Doce, uma força tarefa do município se mobilizou na intenção de adiantar a construção e instalação de um novo e moderno sistema de dessalinização concentrado em um poço perfurado/abandonado há mais de 26 anos por gestões passadas. O poço fica situado próximo ao Açude José Teodoro (Açude Velho).

Nesta terça-feira (11/9), o chefe do Poder Executivo Angicano e o tesoureiro do STTR-Angicos, Almir Medeiros visitara, o local onde está sendo construído a estrutura para instalação do sistema de dessalinização.

“Estratégias como estas são importantíssimas, pois facilitam o enfrentamento e combate contra a seca e concomitantemente, melhoram a qualidade de vida do nosso povo que sofre com os efeitos devastadores da estiagem”, salientou Deusdete Gomes. A vazão produzida pelo poço chega a 12.000 litros por hora.

Sistema de dessalinização

O sistema de dessalinização é composto por: um poço tubular, bomba do poço, reservatórios de água bruta, de água doce e de água do concentrado, um chafariz de água potável, reservatório e tanque de contenção, a caixa do tanque do concentrado e um chafariz de distribuição de água.

Água de qualidade   

O programa Água Doce estabelece uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano, a partir do aproveitamento de águas subterrâneas salobras ou salinas, oferecendo mais uma opção de fonte hídrica para a população do semiárido.

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Desafio 100 dias: lançado edital com regras do concurso especial de produtividade

Foi publicado o edital do concurso especial de produtividade integrante do “Desafio 100 Dias”, o qual irá premiar as unidades judiciárias que apresentem, até o dia 10 de dezembro, melhorias no cumprimento das metas lançadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no ano de 2018, além do maior número de arquivamento de processos e maior produtividade de sentenças. Todas as unidades judiciárias do 1º Grau da Justiça Estadual e as Turmas Recursais dos Juizados Especiais estão automaticamente inscritas no concurso.

O resultado final será divulgado no dia 14 de dezembro, com solenidade de premiação dos vencedores no dia 17 de dezembro.

O projeto “Desafio 100 Dias” foi lançado ontem (10) pelo Tribunal de Justiça do RN e tem por objetivo estimular magistrados e servidores das secretarias judiciárias da Justiça Estadual potiguar a realizarem medidas de incremento da eficiência e produtividade, como a movimentação de processos paralisados há mais de cem dias e a priorização do julgamento de processos relacionados às metas nacionais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Critérios

Os conceitos de avaliação dos resultados serão apurados considerando a atribuição de notas. As unidades receberão 1,5 ponto para cada uma das quatro metas do CNJ cumpridas (Metas 1, 2, 4 e 6). Além disso, receberão 2 pontos as unidades que reduzirem em 50% o número de processos conclusos para sentença; e outros 2 pontos as unidades que obtiverem a quantidade de movimentos processuais (TPUs), igual ou superior ao quádruplo do número de casos novos que ingressaram na unidade durante o período do concurso.

A classificação será estabelecida a partir da aferição dos dados estatísticos extraídos em relatórios específicos para o concurso no sistema GPS-Jus.

A comissão avaliadora será formada por representantes da Presidência do TJRN, da Corregedoria, do Núcleo de Governança Estratégica, da Secretaria de Gestão Estratégica, Escola da Magistratura, Associação dos Magistrados e SindJustiça.

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Sistema FIERN sedia seminário da Sudene sobre gestão sustentável

A Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) sediou, nesta segunda-feira (10), o seminário “Fortalecimento da Gestão Municipal para o Desenvolvimento Local”, realizado pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Na abertura, o Diretor de Inovação da FIERN Djalma Barbosa Júnior representou o Presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo. “No nosso modelo de gestão proposto para os próximos anos a ideia é que o Sistema “saia da caixa”, que vá até às indústrias verificar o que a indústria precisa”, disse Djalma.

A abertura também contou com a presença do Secretário de Estado do Planejamento, Gustavo Nogueira, que elogiou a iniciativa de debater o tema. “Esse é um tema importante num momento difícil que estamos vivendo. Precisamos pensar o desenvolvimento sustentável. E também, precisamos repensar o estado brasileiro, e priorizar as reformas”, afirmou.

Ele explicou que o modelo adotado até agora no Brasil está falido. “The Game Over” (fim de jogo), disse o Secretário, ao se referir ao modo de governar exploratório, falou dos altos salários dos três poderes, e da forma viciosa de gestão. “Esse modelo acabou. O que existiu até agora foi uma apropriação do excedente público pelos recebedores de salários elevados em função de outros. As reformas se fazem necessárias e urgentes”, disse.

A programação do evento contou com a apresentação do Programa +Gestão, pela Coordenadora de Infraestrutura e Meio Ambiente da Sudene, Isis Moreira, e a palestra “Gestão Municipal para o Desenvolvimento Local e Sustentável”, ministrada pela professora da Universidade Federal de Campina Grande/PB, Maria de Fátima Martins.

Também aconteceram apresentações das instituições convidadas: SEPLAN, SICONV, BNDES, SEBRAE, e FEMURN seguidas de debate e encerramento.

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Jucurutu Notícias registrou aniversário de seu Jorge no Sítio São Braz que completou 91 anos de idade

Jucurutu Notícias registra aniversário de seu Jorge no Sítio São Braz que completou 91 anos de idade

Posted by Jucurutu Notícias on Tuesday, September 11, 2018

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Pais têm até sexta-feira para vacinar contra sarampo e poliomielite

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite em Parnamirim deverá ser encerrada na próxima sexta-feira, 14. A Secretaria de Saúde (Sesad) faz um apelo para que os pais com filhos de 1 a 5 anos de idade compareçam à unidade básica mais próxima para imunizar as crianças.

A meta de vacinação é de 95%, cerca de 12.426 crianças, mas até o momento foram imunizadas 11.693 crianças. De acordo com Nicelha dos Santos, responsável pelo setor de imunização da Sesad, a faixa etária com maior déficit de imunização é a de um ano. “Só conseguimos vacinar 73% das crianças com até um ano. Precisamos intensificar, principalmente, essa faixa etária”, disse a coordenadora.

A campanha tem por objetivos: vacinar quem nunca tomou a vacina; completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as vacinas; dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção).

Compartilhe:
11/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

MPs de 15 estados fazem operação para combater desmates na Mata Atlântica

Unidades do Ministério Público de 15 estados brasileiros lançaram na manhã desta segunda-feira, 10 de setembro, uma operação nacional com o objetivo de identificar desmatamentos em áreas Mata Atlântica, punir os responsáveis e cobrar a reparação dos danos. A Operação Nacional Mata Atlântica em Pé, que conta com a participação de polícias ambientais e órgãos públicos da área, é realizada pelos MPs dos seguintes estados: Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará.

No Rio Grande do Norte, as equipes do MPRN, compostas por integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Meio Ambiente (CaopMA) e das Promotorias de Justiça com atuação na área, realizaram as ações de fiscalização em conjunto com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) e a Polícia Militar.

Foram vistoriados cerca de 90 hectares em seis municípios: Canguaretama, São Gonçalo do Amarante, Touros, Nísia Floresta, São José de Mipibu e Extremoz. A inspeção constatou que os desmatamentos ocorreram nas áreas entre os anos de 2014 e 2017. Nos locais, as equipes encontraram desde loteamentos residenciais a plantações de batata-doce, abacaxi e cana-de-açúcar. Ao todo, participaram da operação no RN quatro promotores de Justiça, 11 agentes do Gaeco, 16 servidores do Idema e oito policiais militares.

O bioma da Mata Atlântica está presente em 17 estados brasileiros e cobre (em sua extensão original) cerca de 13% do território nacional, onde vivem aproximadamente 140 milhões de pessoas, que dependem das múltiplas funções ambientais da Mata Atlântica. Apesar disso, continuam ocorrendo desmatamentos em toda a sua extensão.

Reparação – A iniciativa busca a proteção e a recuperação do bioma a partir da identificação das áreas degradadas nos últimos anos e dos responsáveis pelas agressões, para cobrar a reparação dos danos e outras medidas compensatórias. Com duração prevista para até a quarta-feira, 12 de setembro (exceto em Minas Gerais e no Ceará, onde as ações se estenderão por um dia a mais), os trabalhos de fiscalização serão conduzidos e coordenados por equipes formadas por representantes dos Ministérios Públicos, órgãos públicos ambientais e polícias ambientais de cada estado participante, a partir da organização e planejamento idealizados pelo Ministério Público do Estado do Paraná. Os resultados da operação serão apresentados no início da tarde do dia 13 de setembro.

Os Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente dos MPs de cada estado assumirão as tarefas de sistematizar os resultados das fiscalizações. Na sequência, encaminharão os relatórios, junto com material de apoio, às Promotorias de Justiça das comarcas onde forem identificados dos danos ambientais.

Compartilhe:
10/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Datafolha: Bolsonaro tem 24%; Ciro, 13%; Marina e Alckmin, 11%

Agência Brasil

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) atingiu 24% das intenções de voto em pesquisa divulgada hoje (10) pelo Instituto Datafolha. Ciro Gomes (PDT) teve 13% das preferências; Marina Silva (Rede), 11%; Geraldo Alckmin (PSDB), 11% e Fernando Haddad (PT), 9%.

De acordo com a pesquisa, Ciro tem 13%, Marina, 11%; Alckmin, 10%; e Haddad, 9%. Eles estão tecnicamente empatados, conforme margem de erro de dois pontos percentuais que pode oscilar para baixo ou para cima. A margem de pesquisa divulgada pelo Datafolha é de 95%.

Álvaro Dias (Pode) foi indicado por 3% dos eleitores entrevistados, o mesmo percentual de João Amoêdo (Novo) e de Henrique Meirelles (PMDB). Guilherme Boulos (PSOL), Vera Lúcia (PSTU) e Cabo Daciolo (Patri) pontuaram com 1%. João Goulart Filho (PPL) e José Maria Eymael (DC) não pontuaram.

Os brancos e nulos somaram 15% e não responderam ou não quiseram responder 7%.

Essa foi a primeira pesquisa do Datafolha após o ataque a faca contra Jair Bolsonaro, ocorrido na última quinta-feira (6), em Juiz de Fora (MG). É o primeiro levantamento que exclui o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba (PR) desde abril. Não foram divulgados resultados de intenção espontânea de voto.

Na comparação com a pesquisa de opinião realizada pelo Datafolha em 20 e 21 de agosto, Bolsonaro cresceu 2 pontos percentuais (p.p); Ciro, 3 p.p; Alckmin, 1 p.p. e Haddad 5 p.p. Marina Silva caiu 5 p.p. As oscilações de Bolsonaro e Alckmin estão dentro da margem de erro.

Entre os dois levantamentos, caiu em 7 p.p o número de eleitores que pretendem votar em branco ou nulo. Subiu em 1 p.p o número de entrevistarados que não quiseram ou não souberam responder.

A pesquisa atual ouviu nesta segunda-feira 2.804 pessoas em 197 municípios. O levantamento foi encomendado pela TV Globo e o jornal Folha de S.Paulo e registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR 02376/2018.

Compartilhe:
Página 10 de 1.569« Primeira...89101112...203040...Última »

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros