19/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por Léo Rodrigues – Repórter da Agência Brasil

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, disse ontem (18) que os empréstimos feitos para Cuba e Venezuela não deveriam ter ocorrido. A dívida dos dois países com o BNDES é de aproximadamente US$ 1 bilhão.

“Olhando hoje, fica claro que eles [Cuba e Venezuela] não tinham condições de pagar. Provavelmente não deveriam ter sido feitos, mas agora temos que ir atrás do dinheiro”, afirmou Oliveira, ao participar do 9ª Seminário Internacional Patentes, Inovação e Desenvolvimento, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Compartilhe:
19/09/2018
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Conheça a trajetória de sucesso da Del Rayssa, uma das maiores marcas de lingerie do Brasil

Conheça a trajetória de sucesso de uma das maiores e melhores marcas de lingerie do Brasil:

Del Rayssa Lingerie – Uma história de sucesso

Conheça a trajetória de sucesso de uma das maiores e melhores marcas de lingerie do Brasil.Seja uma revendedora de sucesso Del Rayssa Lingerie ou um revendedor exclusivo Calle em sua cidade. Cadastre-se agora:Del Rayssa Lingerie: bit.ly/revendadelrayssaCalle: bit.ly/revendedorcalle#empreendedorismo #empreendedorismofeminino #empreender# #sucesso #mulheresdenegocios #mulheresdesucesso #maesdesucesso #amomeutrabalho #empoderamentofeminino #desenvolvimentopessoal#sourevendedora #soudelrayssa #delrayssalingerie #revendolingerie #lingerieatacado #atacadolingerie #atacado #lingerie #consultoradesucesso #souconsultora #vendas #varejo #oportunidade #independenciafinanceira #oportunidades #rendaextra #lucros

Posted by Calle Jucurutu on Tuesday, September 18, 2018

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Hamilton Mourão: Família sem pai e avô é ‘fábrica de desajustados’

Foto: Marcelo Chello / CJPress / Estadão Conteúdo

O general Hamilton Mourão (PRTB), candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições 2018, disse nesta segunda-feira (17) que a diplomacia “Sul-Sul” exercida durante os governos petistas aproximou o país de uma “mulambada”. Ele voltou a defender uma reforma da Constituição, “a mãe de todas as reformas” e, ao falar de segurança, disse que famílias sem pai e avô em áreas pobres são “fábrica de elementos desajustados.”

Adotando um tom presidencial, o candidato a vice discursou por cerca de uma hora para empresários e representantes da construção civil, em evento promovido pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) com outras 21 entidades, que se reuniram num grupo chamado Reformar Para Mudar. Em sua fala, Mourão citou apenas uma vez Bolsonaro, que continua internado no Hospital Albert Einstein se recuperando da facada que tomou há duas semanas. “Bolsonaro é um estadista, não pensa apenas nesta eleição, mas sim nas próximas gerações”, declarou.

O candidato a vice também reclamou da forma como as forças policiais brasileiras são criticadas caso ajam “como polícia”. “Temos que lembrar que direitos humanos são para humanos direitos”, disse o general. “Nosso aparato de segurança pública, se a polícia age como polícia, é duramente criticada: é o genocídio, o martírio da população brasileira. É trabalho enfrentar isso daí”, disse o general, que foi aplaudido pela plateia.

O general da reserva atacou a crise dos costumes e defendeu a instituição família como base social e da prevenção do aliciamento para o tráfico. “A partir do momento em que a família é dissociada, surgem os problemas sociais. Atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai e avô, mas sim mãe e avó, por isso é fábrica de elementos desajustados que tendem a ingressar nessas narcoquadrilhas”, criticou.

Terra

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Presidente do TSE defende a confiabilidade das urnas eletrônicas

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, defendeu nesta terça-feira (18) a confiabilidade das urnas eletrônicas. Ela lembrou que o equipamento vem sendo utilizado há 22 anos sem que houvesse, em todo esse período, nenhum caso de fraude comprovado. “As pessoas são livres para expressar a própria opinião. Mas, quando essa opinião é desconectada da realidade, nós temos que buscar os dados da realidade. Para mim, as urnas são absolutamente confiáveis”, afirmou.

Rosa Weber, que também é ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), se manifestou sobre o assunto em resposta a questionamentos de jornalistas antes da sessão da Primeira Turma da Corte. Ela também ressaltou que o sistema eletrônico de votação utilizado pela Justiça Eleitoral é passível de checagem e monitoramento contínuos pela sociedade. “As urnas são auditáveis. O mais importante que todos nós temos de repisar e repisar é que elas são auditáveis”, destacou.

A lei eleitoral faculta aos partidos políticos e a diversas instituições a possibilidade de fiscalizar o sistema eletrônico de votação.  No entanto, afirmou a ministra, os que têm essa prerrogativa não costumam comparecer aos eventos de auditagem promovidos pela Justiça Eleitoral. “Nós abrimos para possibilidade de auditagem de maneira geral. Ninguém vai lá para ver. Me parece que há uma confiança”, disse.

A presidente do TSE rememorou o pedido de auditoria dos sistemas eleitorais, incluindo a checagem da urna eletrônica, nas eleições presidenciais de 2014. A solicitação foi realizada pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). “Houve uma desconfiança. O partido que não saiu vencedor requereu e o TSE abriu todos os dados. Depois de um ano, se constatou que de fato não havia nada”, afirmou.

Tecnologia brasileira

A urna eletrônica foi utilizada pela primeira vez nas eleições municipais de 1996. Na época, o primeiro pleito informatizado alcançou 32 milhões de brasileiros, equivalentes a um terço do eleitorado da época.

O Brasil foi pioneiro na utilização da tecnologia e na eliminação da interferência humana no processo eleitoral, da captação à totalização dos votos. A urna á uma criação genuinamente brasileira, desenvolvida pela Justiça Eleitoral, assim como os programas de processamento de votos.

As cinco últimas eleições presidenciais e seis municipais foram realizadas com a utilização do equipamento. Muito antes da realização do pleito, o TSE inicia o desenvolvimento do chamado “ecossistema da urna”, que é o conjunto de softwares que permite apoiar e automatizar as atividades e processos envolvendo a urna eletrônica, desde o tratamento das mídias até a apuração do resultado da seção, funcionando como uma unidade que interage em torno do equipamento.

TSE

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Prefeitura de Goianinha inicia novas pavimentações em localidades do município

Na semana passada, a prefeitura de Goianinha deu início à pavimentação da segunda etapa dos altos de São José, no Umari, e da última rua do conjunto Vida Nova – que também está sendo saneada – localizado no Matadouro Novo. As pavimentações estão sendo realizadas em convênio com o Governo do Rio Grande do Norte, com valores aportados por meio de emendas parlamentares do deputado estadual Dison Lisboa.

Paralelamente, estão em execução outras quatro importantes obras de pavimentação em Goianinha, concentradas na Batalha, Coqueiral, Lagoa do Poço e Bosque das Palmeiras, financiadas com recursos dos Governos Municipal, Estadual e Federal, respectivamente.

Desde o passado, a prefeitura municipal tem tratado serviços de pavimentação como prioridade. Em menos de dois anos, já são mais de 55 m² de ruas calçadas, entregues ou em fase de execução, beneficiando moradores de localidades das zonas rural e urbana, entre as quais estão: Batalha, Coqueiral, Sapucaia, Lagoa do Poço, Una, Novo Paraíso Itaperubú, Sumaré e Anacé.

Para o prefeito Berg Lisboa, “tão importante quanto erguer grandes edificações é investir em pavimentação. Ruas bem calçadas são primordiais para a elevação da qualidade de vida dos moradores, que devem usufruir do seu direito de ir e vir com mais mobilidade e segurança. Na nossa gestão, obras de pavimentação é prioridade”, frisou.

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Caern suspende abastecimento para cidades atendidas pela adutora Médio Oeste

As cidades de Triunfo Potiguar, Paraú, Campo Grande, Janduís, Messias Targino e Patu estarão sem abastecimento nesta terça (18) e quarta-feira (19). A medida foi necessária  para que a equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) faça a mudança do local aonde estão as bombas que captam água para abastecimento destas cidades.

A parada estava programada para esta semana, mas o serviço teve que ser antecipado em função da redução do volume de água na barragem. As bombas que ficam em cima de um flutuante dentro da água vão ser deslocadas para uma parte mais profunda da barragem distante cerca de 80 metros da captação atual.

Quando o abastecimento retornar voltará para a cidade de Patu e Messias Targino que estavam sendo abastecidas quando o sistema parou. Após dois dias de abastecimento em Patu e Messias Targino a água será direcionada para as cidades de Paraú, Campo Grande e Janduís e seguirão o cronograma de abastecimento normal.

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

TSE fecha sistema de registro de candidatos a presidente e gera dados para inserção nas urnas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fechou na noite de ontem (17) o Sistema de Registro de Candidaturas (Cand) relativo aos candidatos a presidente e vice-presidente da República que disputarão as eleições de outubro. Com isso, os dados foram gerados para que sejam inseridos nas urnas pelos 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), que são os responsáveis pela carga das máquinas. As eleições de outubro terão 13 candidatos a presidente da República: Álvaro Dias, Cabo Daciolo, Ciro Gomes, Eymael, Fernando Haddad, Geraldo Alckmin, Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, Jair Bolsonaro, João Amoêdo, João Goulart Filho, Marina Silva e Vera Lúcia.

O candidato Fernando Haddad, da Coligação O Povo Feliz de Novo (PT/PC do B/PROS), e sua candidata a vice, Manuela D’Ávila, foram atestados como aptos a terem seus nomes inseridos nas urnas, a despeito de estar pendente de julgamento o registro de candidatura da chapa. A circunstância decorre do fato de disputarem o pleito em substituição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve o registro indeferido. O prazo para impugnação do registro da chapa se encerra nesta terça-feira (18), às 23h59. Até o momento, não houve impugnações.

Substituição de candidato

Ontem também foi o último dia para substituição de candidatos aos cargos majoritários e proporcionais nas Eleições de 2018. A regra consta dos parágrafos 1º e 3º do artigo 13 da Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições). A exceção aberta é para o caso de falecimento de candidato, quando a substituição poderá ocorrer após esse prazo. Porém, em qualquer situação, a troca de candidato deverá ser solicitada em até dez dias contados do fato ou da data da notificação feita a partido sobre eventual decisão judicial que tenha dado causa à substituição.

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Faltam 19 dias: pioneiro, sistema eletrônico de votação fortalece transparência do processo eleitoral

Nas Eleições Gerais de 2018, mais de 147,3 milhões de brasileiros utilizarão a urna eletrônica em um processo eleitoral cuja transparência, qualidade e eficiência revelam o compromisso da Justiça Eleitoral com a lisura na escolha dos representantes dos brasileiros.

Essa será a 12ª eleição consecutiva realizada ao longo de 22 anos que utiliza a urna eletrônica: equipamento fundamental para a consolidação da democracia brasileira. Ela foi usada pela primeira vez nas eleições municipais de 1996 – primeiro pleito informatizado que alcançou 32 milhões de brasileiros, equivalentes a 1/3 do eleitorado da época.

O desenvolvimento da urna eletrônica fez do Brasil pioneiro na utilização da tecnologia e na eliminação da interferência humana em todo o processo eleitoral – da captação à totalização dos votos. Trata-se de uma criação genuinamente brasileira, desenvolvida pela Justiça Eleitoral, assim como os programas de processamento de votos.

As cinco últimas eleições presidenciais e seis municipais foram realizadas por meio da urna eletrônica. Muito antes da realização do pleito, o TSE inicia o desenvolvimento do ecossistema da urna, que é o conjunto de soluções de software que permite apoiar e automatizar as atividades e processos envolvendo a urna eletrônica, desde o tratamento das mídias até a apuração do resultado da seção, funcionando como uma unidade que interage em torno da urna eletrônica.

TSE

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Nelter é recebido com grande festa em São Rafael

A noite do último domingo (16) ficará marcada na história política de São Rafael. Na oportunidade, o grupo de oposição liderado pelo ex-prefeito Arimateia Braz, o “Zé do Povo”, realizou uma grande festa para receber o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) e o candidato a deputado federal Benes Leocádio (PTC).

Uma grande carreata partiu da comunidade Caraú até o município. Posteriormente, os presentes saíram em passeata pelas ruas do município até o Clube Náutico Piranhas, onde foi realizado comício com a presença de várias lideranças locais e a população de São Rafael.

Em suas redes sociais o deputado se mostrou bastante entusiasmado com a movimentação: “Obrigado, São Rafael. Ontem, à festa foi linda de se ver. Toda a animação e empolgação do mar vermelho que invadiu as ruas do município para receber o amigo Benes Leocádio e a mim, mostra a força e o prestígio do grupo de oposição liderado pelo ex-prefeito Arimateia Braz”, frisou.

Queiroz também agradeceu o empenho do ex-vereador Luiz Cunha, do ex-candidato a vice-prefeito Jean Lázaro, do vereador Wagner Moura e dos demais apoiadores no município nesta reta final da campanha. “Vamos juntos, cada vez mais, fortalecer esta corrente para que possamos voltar pela oitava vez à Assembleia Legislativa”, destacou.

ESTRADA

Antes da movimentação política em São Rafael, Nelter Queiroz já havia cumprido agenda nos municípios de Itajá, Açu (comunidades Olho D’água do Piató e Poré) e Serra do Mel, localizados nas regiões Vale do Açu e Oeste.

Compartilhe:
18/09/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Dia Mundial da Limpeza é celebrado em Angicos com grande mutirão nos bairros

Como forma de celebrar a passagem do Dia Mundial da Limpeza, que foi registrado no último sábado (15), a prefeitura de Angicos por meio da secretaria de Obras e Urbanismo realizou por diversos bairros da cidade um grande mutirão de limpeza.

A ação que teve a frente o secretário de Obras, Manoel Macedo, foi efetivada com o apoio da equipe de homens da referida secretaria e da patrulha mecanizada municipal com seus operadores retiraram lixo doméstico e restos de materiais de construção que foram detectados através de um levantamento prévio feito pelo órgão de limpeza pública municipal.

A ação também teve como meta mostrar aos angicanos que a gestão municipal que tem a frente o prefeito Deusdete Gomes tem esse preceito de zelar pela limpeza urbana com forma de manter a estética da cidade,e, principalmente evitar a proliferação de doenças que são causadas pelo acumulo inadequado desses detritos em vias públicas.

Compartilhe:
Página 2 de 1.56612345...102030...Última »

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros