26/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Wesley Safadão anuncia que fará show em Natal no dia 21 de novembro

Wesley Safadão anuncia show em Natal – Foto: Divulgação

Por G1 RN

Wesley Safadão fará show em Natal no próximo dia 21 de novembro. O cantor confirmou a apresentação durante a live do Garota Vip, realizada no sábado (24), em Recife.

De acordo com o próprio Safadão, a festa WS Limited será realizada na Arena das Dunas, para 3 mil pessoas. A venda de ingressos começa no dia 2 ou 3 de novembro.

Durante a live, o cantor também fez um apelo para que as autoridades deem mais atenção para o setor de entretenimento, um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus.

“Deixo mais uma vez o meu apelo aos governadores e aos prefeitos de todas as cidades. Olhem um pouco para o entretenimento. Não pode fazer show, mas pode fazer comício. Não pode fazer show, mas praia está lotada. Olhem para o entretenimento! Pelo amor de Deus. A gente precisa voltar a trabalhar. A gente precisa sentir essa energia novamente”, disse.

Na última quinta-feira (21), a prefeitura de Natal autorizou a reabertura e funcionamento de teatros, cinemas, museus, casas de shows e casas de espetáculos. A liberação é para ambientes com “público exclusivamente sentado” e reforça que sejam “atendidas as regras de distanciamento mínimo e prevenção estabelecidas no protocolo geral de enfrentamento à Covid-19”.

Compartilhe:
26/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Prazo para substituição de candidatos termina nesta segunda (26)

TSE

Partidos, coligações e candidatos devem ficar atentos: nesta segunda-feira (26), termina o prazo para o pedido de substituição de candidatos aos cargos de prefeito e de vereador para as Eleições Municipais de 2020.

A Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) permite que o partido ou a coligação substitua o candidato que for considerado inelegível, renunciar ou falecer após o termo final do prazo do registro ou, ainda, tiver seu registro indeferido ou cancelado.

A substituição pode ser requerida até 20 dias antes do primeiro turno do pleito, ou seja, no caso das Eleições 2020, no dia 15 de novembro, e deve ser feita em até dez dias após o fato que gerou sua necessidade.

A exceção só ocorre em caso de falecimento, caso em que a substituição poderá ser efetivada após essa data, observado, em qualquer situação, o prazo de até dez dias contados do fato – inclusive anulação de convenção – ou da decisão judicial que deu origem à substituição.

Regras

De acordo com a Resolução TSE no 23.609/2019, se o candidato pertencer a uma coligação, a substituição deverá ser feita por decisão da maioria absoluta dos órgãos executivos de direção dos partidos políticos coligados, podendo o substituto ser filiado a qualquer dos partidos que a integram, desde que a legenda à qual pertencia o substituído renuncie ao direito de preferência.

Se ocorrer substituição após a geração das tabelas para elaboração da lista de candidatos e preparação das urnas, o substituto concorrerá com o nome, número e a fotografia do substituído, sendo destinatário dos votos atribuídos ao substituído.

Na hipótese de substituição, cabe ao partido político ou à coligação do substituto dar ampla divulgação ao fato, para esclarecimento do eleitorado, além da divulgação pela Justiça Eleitoral.

Além disso, será indeferido o pedido de substituição de candidatos quando não forem respeitados os limites mínimo e máximo das candidaturas de cada gênero previstos no artigo 17 da Resolução 23.609.

Compartilhe:
26/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, mostra estudo

LMMV/IOC/Fiocruz

Uma das questões que mais tem suscitado interesse e investigação por parte da comunidade científica, desde o início da pandemia, é perceber se os organismos de doentes com covid-19 são capazes de ter uma resposta imune adequada e quanto tempo pode durar essa imunidade. Agora, um novo estudo norte-americano revelou que os anticorpos, que protegem o organismo de ser infectado com o novo coronavírus, podem ter uma duração de até sete meses.

Pesquisadores da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, acompanharam durante meses cerca de 6 mil pacientes infectados com o novo coronavírus e descobriram que os anticorpos contra o Sars-CoV-2 podem continuar presentes no sangue por um período de, no mínimo, cinco a sete meses.

Recentemente, foram confirmados casos de pessoas reinfectadas que, de acordo com o jornal espanhol El País, apresentaram sintomas mais graves quando ficaram doentes com covid-19 pela segunda vez – exemplos que suscitam duvidas à comunidade científica quando se fala em imunidade.

Ao longo dos últimos meses foram divulgados diversos estudos que mostravam que os anticorpos – proteínas do sistema imunitário que evitam que o vírus infecte as células do organismo – contra o novo coronavírus iam diminuindo passados alguns meses após a infecção, principalmente em pessoas que apresentaram sintomas ligeiros.

As teorias são várias e as dúvidas ainda mais. Mas a questão mantém-se: as pessoas ficam protegidas após a primeira infeção?

O estudo norte-americano, divulgado na terça-feira (20) na publicação científica Immunity, e considerado um dos maiores realizados até agora, por ter analisado cerca de 6 mil pessoas, indica que sim: quem já esteve infectado com o novo coronavírus pode ter imunidade até, pelo menos, sete meses.

“O nosso estudo mostra que é possível gerar uma imunidade duradoura contra esse vírus”, explicou ao jornal espanhol Deepta Bhattacharya, pesquisador da Universidade do Arizona e coautor do trabalho.

“Nas infeções moderadas que analisamos, a resposta de anticorpos parece bastante convencional. Os níveis dessas proteínas sobem primeiro, depois caem e no fim acabam por estabilizar”, continuou. E quanto às reinfecções, o investigador explica que pode acontecer mas que são casos “excepcionais”.

Quando um vírus infecta o corpo, o sistema imunológico produz células plasmáticas de curta duração, que produzem anticorpos para combater imediatamente o agente patogênico. Esses anticorpos aparecem no sangue, normalmente, até 14 dias após a infecção e, segundo o autor do estudo, alguns deles “são muito sofisticados”, podendo memorizar um patogênico para sempre e desenvolver armas moleculares para o destruir, incluindo diferentes tipos de anticorpos de elevada potência.

Estudo

O estudo norte-americano resultou de uma campanha de testes que envolveu 30 mil pessoas. Os investigadores, no entanto, analisaram e acompanharam 5.882 dessas pessoas, estudando a produção de anticorpos neutralizantes em mais de mil.

A prevalência de infeções é baixa, contando apenas com cerca de 200 pessoas que transmitiram o vírus e produziram anticorpos neutralizantes, explicou Bhattacharya.

“Se os anticorpos fornecem proteção duradoura contra o novo coronavírus tem sido uma das perguntas mais difíceis de responder, essa investigação não só nos deu a capacidade de testar com precisão os anticorpos contra a covid-19, mas também o conhecimento de que a imunidade duradoura é uma realidade”.

Ao analisar o sangue de voluntários que testaram positivo para o novo coronavírus, os cientistas descobriram que os anticorpos estavam presentes em níveis viáveis ​​por um período de, pelo menos, cinco a sete meses. Contudo, o máximo que a equipe conseguiu voltar atrás no tempo, para ver a duração dos anticorpos foi precisamente sete meses, uma vez que a epidemia chegou relativamente mais tarde ao Arizona.

“Só conseguimos testar seis pessoas que foram infectadas há cerca de sete meses, mas temos muitas outras infectadas há três, quatro, cinco meses”, disse o pesquisador. “Não temos uma bola de cristal para saber quanto tempo os anticorpos duram, mas com base no que sabemos sobre outros coronavírus, esperamos que a resposta imunológica seja mantida durante pelo menos sete meses, e provavelmente por muito mais tempo”.

“Sabemos que as pessoas que foram infectadas com o primeiro coronavírus da Sars, que é o mais semelhante ao Sars-CoV-2, ainda conseguem estar imunes 17 anos após a infecção”, acrescentou Bhattacharya. “Se o Sars-CoV-2 for parecido com o primeiro, esperamos que os anticorpos durem pelo menos dois anos, e seria improvável qualquer período muito mais curto [do que isso].”

Via Agência Brasil

Compartilhe:
26/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Força Aérea Brasileira já transportou 170 órgãos para transplante neste ano

Foto: Isac Nóbrega/PR

A qualquer hora do dia ou da noite uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) pode ser acionada para transportar um órgão que vai salvar uma vida. Na sexta-feira (23), data que é celebrado o Dia da Força Aérea Brasileira, a corporação também comemorou a marca de 170 órgãos transportados este ano.

O transporte de órgãos é uma das missões da FAB que se soma às funções de manter a soberania do espaço aéreo, integrar o território nacional e participar de missões humanitárias, entre outras.

O acionamento de uma aeronave ocorre de acordo com a demanda repassada pelo Ministério da Saúde, que coordena o Sistema Nacional de Transplantes. A partir de então, é ativada uma cadeia de eventos. É preciso checar as condições de pouso no aeroporto de destino, acionar a tripulação e avisar ao controle de tráfego aéreo que se trata de um transporte de órgãos, o que dá ao avião prioridade para procedimentos de pouso e decolagem.

Um decreto de 2016 determinou que a corporação mantenha uma aeronave permanentemente disponível para o trabalho de levar os órgãos ou tecidos até local onde está o receptor. Em muitos casos, o transporte é fundamental para que o processo de transplante aconteça.

Foi a FAB que transportou o coração que a menina Alicia Alves Silva, de 11 anos, recebeu. Diagnosticada com miocardiopatia dilatada, o coração de Alicia crescia e já não conseguia bombear bem o sangue. Hoje, recuperada e levando a vida normalmente em Araguaía (TO), ela expressa gratidão à FAB. “Nós só temos a agradecer por esse trabalho e dedicação da Força Aérea Brasileira”, disse Alicia.

Balanço

Só neste ano de 2020, de janeiro a setembro, a FAB já transportou 170 órgãos. Em 2019, foram 167 órgãos transportados. Nos últimos quatro anos de trabalho, a FAB já ajudou a salvar 933 vidas.

“As asas que controlam, que defendem e que integram o território nacional, são as mesmas asas que levam esperança aos brasileiros que mais precisam de ajuda”, afirmou o tenente-coronel aviador, Christiano Pereira.

Logística

De acordo com a FAB, há tripulações de sobreaviso nos Esquadrões de Transporte, em tempo integral, em todo o Brasil. Assim que o Sistema Nacional de Transplantes recebe as informações iniciais para a captação de um determinado órgão, a FAB é acionada e aloca os meios mais próximos para cumprir a missão de transporte.

Decreto

O Decreto 8.783/16 prevê que, para atender às requisições do Ministério da Saúde, a FAB manterá permanentemente disponível, no mínimo, uma aeronave, que servirá exclusivamente a esse propósito.

Compartilhe:
25/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

SENAC RN oferta cursos gratuitos de biossegurança para profissionais que atuam na área de eventos

Dando continuidade nas ações previstas no Plano de Retomada do Turismo – documento elaborado em parceria com o Governo do Estado e entidades ligadas ao trade turístico – o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, irá ofertar, a partir desta segunda-feira (26), mas uma etapa de inscrições em cursos gratuitos de biossegurança, focados em habilitar trabalhadores para o retorno das atividades no contexto pós-pandemia Covid-19. Nesta etapa, serão ofertadas 50 vagas para profissionais que atuam no setor de Eventos.

Ao todo, já foram ofertadas 1.350 vagas em cursos gratuitos de Boas práticas de prevenção e combate à Covid-19 em Meios de Hospedagem; Alimentos e Bebidas; Serviços Receptivos e Eventos. A participação nestes cursos permitirá que as empresas se habilitem a receber o Selo Turismo Mais Protegido, lançado pelo Governo do Estado com o objetivo de atestar os padrões de qualidade implementados nesses empreendimentos.

“Desde o mês de junho o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, vem capacitando gratuitamente trabalhadores envolvidos no setor turístico. Essa iniciativa tem sido de fundamental importância, pois garante a segurança sanitária no retorno da atividade turística do RN, colocando nosso estado em um excelente patamar competitivo, que impulsiona a movimentação da economia”, disse o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

Para se inscrever, é preciso ter renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos federais, comprovados por meio de auto declaração, e apresentação de documentos pessoais, como RG, CPF, comprovante de residência e escolaridade. O candidato também deve dispor de computador com acesso à internet, visto que as aulas ocorrerão no formato on-line.

Sobre o PRT

O Plano de Retomada do Turismo do Rio Grande do Norte é uma ação liderada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, em parceria com o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), Sindicato das Empresas de Turismo do Rio Grande do Norte (Sindetur RN), Sebrae RN, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel RN) e a Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do RN (SUVISA-RN), com o objetivo de promover ações integradas dos empreendimentos turísticos para garantir a saúde pública e organizar a retomada gradativa das atividades, preservando os empregos e auxiliando na segurança econômica e sanitária.

Serviço:

Curso Gratuito – Boas práticas de prevenção à Covid para o setor de eventos

Período de inscrição:  26/10 a 03/11.

Inscrição:rn.senac.br

Vagas: 50

Compartilhe:
24/10/2020
Por Danilo Evaristo em Esporte

Renata Fan repete palpite certeiro e diz que final da Libertadores será entre Flamengo e River Plate

Reprodução/Jogo Aberto

Band, com Jogo Aberto

Em 2019, quando foram definidos os duelos das oitavas de final da Libertadores, Renata Fan disse que a decisão seria entre Flamengo e River Plate.

A apresentadora do Jogo Aberto acertou o palpite: os times se enfrentaram em Lima, no Peru, e o Fla se sagrou bicampeão com a vitória por 2 a 1. Nesta sexta-feira, 23, Renata fez novo palpite. Na verdade, “velho”: vai dar Flamengo e River na final novamente.

“Na minha opinião, River e Flamengo se enfrentam na grande final da Libertadores, no Maracanã”, disse Renata.

A final é possível porque os dois times estão em lados opostos no chaveamento.

A decisão da Libertadores estava marcada originalmente para fins de novembro, mas a data teve que ser modificada por causa da paralisação forçada pela pandemia de Covid-19. Com isso, a previsão é que o jogo aconteça em janeiro, possivelmente no dia 23.

Compartilhe:
24/10/2020
Por Danilo Evaristo em Esporte

Oitavas de final da Libertadores terão três duelos entre brasileiros e argentinos

Foto: Marcos Brindicci/Reuters

Por Redação do ge

A Conmebol sorteou no início da tarde desta sexta-feira os confrontos das oitavas de final da Libertadores. Haverá três duelos entre equipes brasileiras e argentinas: o atual campeão Flamengo enfrenta o Racing, enquanto o Internacional vai encarar o Boca Juniors, e o Athletico Paranaense pega o River Plate. Clique aqui e veja datas e horários.

Os outros três times brasileiros nesta fase terão desafios em outros países. O Grêmio pega o Guarani, do Paraguai; e o Palmeiras joga contra o Delfín, do Equador. Por fim, o Santos vai encarar a LDU, do Equador.

Os jogos de ida das oitavas acontecerão na semana dos dias 24 e 25 de novembro. A volta acontece na semana seguinte, nos dias 1 e 2 de dezembro.

Confira todos os duelos (à direita o time que decidirá em casa):

Guarani (Paraguai) x Grêmio (Brasil)

Independiente del Valle (Equador) x Nacional (Uruguai)

Delfín (Equador) x Palmeiras (Brasil)

Internacional (Brasil) x Boca Juniors (Argentina)

Racing (Argentina) x Flamengo (Brasil)

Libertad (Paraguai) x Jorge Wilstermann (Bolívia)

Athletico Paranaense (Brasil) x River Plate (Argentina)

LDU (Equador) x Santos (Brasil)

O sorteio também definiu os cruzamentos até a final, que acontecerá no Maracanã, no fim de janeiro de 2021, em jogo único.

Compartilhe:
23/10/2020
Por Danilo Evaristo em Mega-Sena

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 38 milhões

Dezenas sorteadas no concurso 2311 da Mega-Sena — Foto: Reprodução/Caixa

Por G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.311 da Mega Sena sorteados nesta quinta-feira (22), no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou e, para o sorteio deste sábado (24), o valor previsto para quem acertar as seis dezenas é de R$ 38 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 03 – 05 – 09 – 35 – 43 – 60.

A Quina teve 58 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 42.990,76.

A Quadra teve 5.162 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 690,06.

Compartilhe:
23/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Armando Ribeiro Gonçalves acumula 1,39 bilhões de metros cúbicos

Foto: Bruno Andrade

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora os 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado na última quarta-feira (21), indica que a barragem Armando Ribeiro Gonçalves acumula, atualmente, 1.390.415.909 m³, o que equivale a 58,59% da sua capacidade total, que é de 2,37 bilhões de metros cúbicos.

Já as reservas hídricas totais do RN atualmente são de 2.179.564.682 m³, correspondentes a 49,8% da capacidade total dos reservatórios monitorados pelo Igarn que é de 4.376.444.842 m³.

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do RN, acumula 189.353.350 m³, equivalentes a 31,57% da sua capacidade total que é de 599.712.000 m³.

O reservatório Umari, localizado em Upanema, terceiro maior manancial do Estado, acumula 236.399.967 m³, correspondentes a 80,73% da capacidade total da barragem, que é de 292.813.650 m³.

A barragem Pau dos Ferros acumula 15.427.988 m³, correspondentes a 28,13%do seu volume total que é de 54.846.000 m³.

O açude Itans, localizado em Caicó, acumula 7.659.585 m³, equivalentes a 10,1% da sua capacidade total, que é de 75.839.349 m³.

O reservatório Sabugi, localizado em São João do Sabugi, acumula 25.948.263 m³, equivalentes a 41,97% do seu volume total que é de 61.828.970 m³.

O Boqueirão de Parelhas represa atualmente 20.205.749 m³, o que equivale a 23,83% do seu volume total, 84.792.119 m³.

O açude Bonito II, localizado em São Miguel, acumula 2.297.550 m³, equivalentes a 21,15% da sua capacidade total que é de 10.865.000 m³.

O açude Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, acumula 9.133.333 m³, sendo atualmente o único reservatório, monitorado pelo Igarn, a permanecer acima dos 90% da sua capacidade com 91,33%. Ele possui um volume total de 10 milhões de metros cúbicos.

Os mananciais com volumes na faixa dos 80% das suas capacidades, além de Umari, são: Santana, localizado em Rafael Fernandes, com 82,33%; Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz, com 80,33%; Encanto, localizado em Encanto, com 81,04% e Mendubim, localizado em Assu, com 87,85%.

Os açudes com volumes na faixa de 70% são: Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes, com 77,68%; Rodeador, localizado em Umarizal, com 73,41%; Morcego, localizado em Campo Grande, com 74,17%; Santo Antônio de Caraúbas, localizado em Caraúbas, com 70,38%; Beldroega, localizado em Paraú, com 72,43%; Pataxó, localizado em Ipanguaçu, com 72,55% e Dourado, localizado em Currais Novos, com 70,93%.

Já os reservatórios, monitorados pelo Igarn, com volumes inferiores a 10% e, portanto, considerados em nível de alerta, são: Flechas, localizado em José da Penha, com 7,92%; Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 1,49% e Passagem das Traíras, que continuam passando por obras em sua estrutura e acumula apenas 0,35% da sua capacidade.

Os secos continuam sendo apenas dois: Inharé, localizado em Santa Cruz e Trairi, localizado em Tangará.

Situação das lagoas

A Lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital, está atualmente com 10.946.719 m³, o que corresponde a 99,34% do seu volume total que é de 11.019.525 m³.

A Lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, acumula 9.767.510 m³, percentualmente, 88,2% da sua capacidade total que é de 11.074.800 m³.

A Lagoa do Bonfim, localizada em Nísia Floresta, está com 44.764.699 m³, correspondentes a 53,12% da sua capacidade total de acumulação que é de 84.268.200 m³.

Compartilhe:
23/10/2020
Por Danilo Evaristo em Notas

Jardim do Seridó inicia rodízio de abastecimento

A cidade de Jardim do Seridó passa a adotar rodízio de abastecimento. A partir desta semana, a cidade foi dividida em três setores, que vão receber água conforme cronograma da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

A cidade tinha captação na barragem de Passagem das Traíras, que foi desativada, devido à redução no volume de água. O açude Boqueirão será o manancial utilizado para abastecer tanto Jardim do Seridó como Carnaúba dos Dantas, pela adutora Parelhas/Carnaúba dos Dantas.

O rodízio de Jardim do Seridó ocorrerá da seguinte forma: nas segundas e quintas feiras é a vez do setor 1. Nas terças e sextas-feiras o abastecimento é feito para o setor 2. Nas quartas e sábados a água irá para o setor 3. Confira abaixo os bairros e conjuntos que fazem parte de cada setor:

Setor 1 (abastecimento nas segundas-feiras e quintas-feiras) – Alto da Caixa de Água, Baixa da Beleza Comissão e os conjuntos habitacionais Ana Cunha, Luzia Leopoldina e Aluízio Alves

Setor 2  (abastecimento nas terças-feiras e sextas feiras) – Novo Horizonte, Cohab, Bandeira Branca, Fazenda Petrópolis, Conjunto Walfredo Gurgel e Bela Vista.

Setor 3 (abastecimento quartas-feiras e sábados) – Centro, São João e Matadouro

Compartilhe:

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros