16/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Pagamento de abono para nascidos em outubro começa nesta terça (16)

Correntistas da Caixa Econômica Federal que nasceram em outubro começam a receber, a partir desta terça-feira (16), o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS). Os demais beneficiários começam a recebê-lo na quinta (18). Os pagamentos deste mês devem beneficiar 1,8 milhão de trabalhadores e injetar R$ 1,38 bilhão na economia brasileira.

De acordo com a Caixa, a gratificação será para trabalhadores nascidos em outubro e os valores a serem pagos variam entre R$ 80 e R$ 954, de acordo com o tempo de trabalho no ano passado.

Esses pagamentos começaram a ser feitos em julho e têm sido realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador. Quem ainda não retirou o dinheiro, pode fazê-lo até 28 de junho de 2019.

Em todo o calendário, serão pagos R$ 16,3 bilhões para 22,3 milhões de trabalhadores. Têm direito os inscritos no PIS ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos. Além disso, é preciso ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, com renda mensal média de até dois salários mínimos.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Caixa

Compartilhe:
16/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

MPRN abre seleção para assessor técnico de inovações tecnológicas

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) abriu processo seletivo para o cargo de assessor técnico de inovações tecnológicas. Os currículos devem ser para e-mail selecao@mprn.mp.br a partir desta segunda-feira (15) até o dia 22 deste mês. A carga é de 40 horas semanais e a remuneração do cargo é de R$ 5.545,77, mais benefícios (auxílio alimentação no valor de R$ 1.400 e auxílio saúde).

O cargo é de provimento em comissão, de livre nomeação e exoneração pelo procurador geral de Justiça (PGJ). O processo seletivo é composto de análise dos currículos, entrevistas técnicas e comportamentais e submissão dos candidatos pré-selecionados ao PGJ para nomeação.

A seleção leva em consideração a necessidade de o MPRN elevar a eficiência e a eficácia dos seus serviços e valoriza critérios objetivos e meritocráticos. Após a triagem e análise dos currículos recebidos, os candidatos que estiverem consonantes com o perfil definido serão selecionados para entrevista técnica e comportamental conduzida pela Gerência de Desenvolvimento Humano, em parceria com as chefias demandantes. Essa etapa tem caráter eliminatório e ocorrerá entre os dias 29 e 30 de outubro.

Ao final do certame, um único candidato será considerado aprovado, com a decorrente nomeação pelo procurador geral de Justiça. O candidato selecionado terá o prazo de 5 dias úteis para providenciar os documentos necessários para a posse. A relação dos documentos e exames necessários se encontra disponível no site www.mprn.mp.br, na seção concurso/cargo comissionado: gestor público.

Cargo

Podem concorrer ao cargo pessoas com nível superior em qualquer área (preferencialmente em Tecnologia da Informação), com cursos na área específica. É desejável pós-graduação em Tecnologia da Informação. Também é desejável conhecimento na área de sistemas, em nível sênior na linguagens Microsoft .NET, C# e Angular, gestão de projetos, inovação organizacional, desenvolvimento e manutenção de arquitetura de software. Preferencialmente, o candidato deve ter experiência profissional em gestão da inovação em tecnologia da informação, especialmente na administração pública; e gestão de equipes.

O assessor técnico de inovações tecnológicas tem como atribuições:

– Assessorar tecnicamente e munir de informações seu superior imediato, a Administração Superior e demais unidades da Instituição sobre assuntos relacionados à Assessoria de Inovações Tecnológicas;

– Assessorar e elaborar plano de implantação de governança de Tecnologia da Informação;

– Acompanhar a gerência dos projetos de Tecnologia da Informação;

– Estudar, fomentar, avaliar e propor inovações tecnológicas no escopo da Tecnologia da Informação, dentro da Instituição, que visem a melhorar o atendimento das demandas presentes e futuras e/ou a redução dos custos operacionais;

– Propor e implantar o Plano de Continuidade do Negócio de Tecnologia da Informação da Instituição;

– Planejar, propor, elaborar e assessorar na implantação da gestão do conhecimento na área da tecnologia da informação;

– Acompanhar e assessorar tecnicamente, em conjunto com as demais áreas da Diretoria de Tecnologia da Informação, os processos de aquisição de soluções tecnológicas;

– Estudar, implementar e implantar tecnologias e ferramentas que melhorem o processo de desenvolvimento de soluções;

– Elaborar os planos de formação, desenvolvimento e capacitação do pessoal vinculado à Diretoria de Tecnologia da Informação;

– Mapear as demandas relacionadas à Tecnologia da Informação;

– Emitir parecer técnico para aquisição e homologação de soluções tecnológicas relativas às soluções propostas pela assessoria;

– Planejar, elaborar e prestar suporte interno na implementação de frameworks de produção e controle visando a atender aos padrões de qualidade de serviço internacional (ISO);

– Apresentar à Diretoria de Tecnologia da Informação relatórios periódicos das atividades da assessoria;

– Assessorar as demais unidades da Diretoria de Tecnologia da Informação a acompanhar e certificar os serviços contratados e as aquisições relacionados a cada área;

– Planejar e administrar base de conhecimento para resolução de problemas futuros;

– Identificar e propor técnicas e ferramentas de gestão adequadas a sua área de atuação;

– Gerenciar os contratos administrativos e convênios vinculados a sua unidade;

– Elaborar relatório anual referente às suas atividades, o qual deverá ser enviado à Administração até o dia 15 de janeiro do ano subsequente para subsidiar o Relatório Anual das Atividades do MPRN;

– Elaborar planos operacionais da Assessoria de Inovações tecnológicas;

– Elaborar Termos de Referência para aquisição de bens ou serviços relacionados a sua área de atuação;

– Elaborar os atos administrativos relacionados a sua unidade;

– Desempenhar outras atividades que lhe forem delegadas por chefia imediata ou institucional.

Compartilhe:
16/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Em evento pró-Haddad, Cid Gomes chama petistas de ‘babacas’

Correio Braziliense

Um encontro entre lideranças cearenses e integrantes e a militância do Partido dos Trabalhadores (PT) acabou em bate-boca, na noite desta segunda-feira (15/10), no auditório do Marina Park Hotel, em Brasília.

O objetivo do evento era o lançamento de uma campanha em favor de Fernando Haddad, candidato petista à Presidência da República, no Ceará. Cid Gomes, do PDT, foi convidado a falar e criticou a postura do PT desde antes da corrida eleitoral.

“O PT tem que fazer um mea-culpa, tem que pedir desculpas, tem que ter humildade. E reconhecer que fizeram muita besteira”, afirmou o político. Alguém no público o critica e ele responde: “É assim? É? Pois tu vais perder a eleição”. Militantes, então, começaram a vair Cid Gomes, que seguiu afirmando que o partido perderia as eleições por causa da postura de achar que está sempre certo. “Vão perder porque aparelharam as repartições públicas, porque acharam que eram dono do país, e o Brasil não aceita ter dono. O Brasil é um país democrático. Quem criou o Bolsonaro foram essas figuras que acham que são donos da verdade”, subiu o tom, citando o líder das pesquisas de intenção de votos.

Mais uma vez, o público vaiou e puxou o coro: “Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”. “Não sei por que me chamaram para falar antes. É pra fazer faz-de-conta? Eu faço faz-de-conta”, seguiu Cid Gomes. “Lula o quê, babaca? O Lula está preso e vai fazer o quê, babaca?”, apontou o político.

O encontro foi realizado a fim de tentar transferir os votos de Ciro Gomes (PDT), que obteve mais votos no Ceará no primeiro turno, para Haddad. As articulações vieram por parte de Camilo Santana, do PT, reeleito governador no estado em primeiro turno. Depois do discurso, já fora do auditório, Cid Gomes ainda foi interpelado por outros militantes antes de sair do hotel.

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

Foto: Arte/G1

Por G1

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (15) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado na sábado (13) e domingo (14), e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 59%
Fernando Haddad (PT): 41%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

Entrevistados: 2506 eleitores em 176 municípios

Quando a pesquisa foi feita: 13 e 14 de outubro

Registro no TSE: BR‐01112/2018

Nível de confiança: 95%

Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Jucurutu/RN

Jucurutu: Vereador Francinildo Aquino faz festa no bairro Freitas para comemorar o Dia das Crianças

Vereador Francinildo Aquino faz festa no bairro Freitas para comemorar o dia das crianças

Posted by Jucurutu Notícias on Monday, October 15, 2018

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Bancos já podem receber boletos vencidos acima de R$ 100

Agência Brasil

Os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida entrou em vigor no último sábado (13) e o primeiro dia útil de compensação dos documentos é hoje (15). A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que começou a ser implementada em julho do ano passado.

Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito diretamente.

O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciadas com a permissão para quitação de boletos acima de R$ 50 mil. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

A previsão inicial era que a partir de 21 de julho deste ano fossem incluídos os boletos com valores a partir de R$ 0,01. A expectativa era de que em 22 de setembro o processo tivesse sido concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros. Pelo novo cronograma, os boletos a partir de R$ 0,01 serão incluídos a partir do próximo dia 27 e os boletos de cartões de crédito, doações, entre outros, no dia 10 de novembro de 2018.

Segundo a Febraban, apesar de o sistema passar a processar documentos de menor valor, com volume maior, os bancos não preveem dificuldade na realização dos pagamentos, com base nos testes feitos nas fases anteriores. Com a inclusão e processamento desses boletos no sistema, a Nova Plataforma terá incorporado cerca de 3 bilhões de documentos – aproximadamente 75% do total emitido anualmente no país. Nas próximas fases, serão incorporados 1 bilhão de boletos de pagamento.

A Febraban lembra que a nova plataforma é resultado de uma exigência do Banco Central, com incorporação de dados obrigatórios, como CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Fátima Bezerra lidera Segundo Turno na pesquisa FIERN/Certus

Na primeira pesquisa eleitoral FIERN/Certus do Segundo Turno para o Governo do Estado, na pergunta estimulada, a candidata do PT, Fátima Bezerra, tem 53,62% dos votos válidos, com um intervalo de confiança entre 50,62% e 56,62%. O candidato do PDT, Carlos Eduardo, está com 46,38%, com intervalo de confiança entre 43,38% e 49,38%.

No Primeiro Turno, conforme os resultados oficiais divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral, Fátima Bezerra obteve 46,17% dos votos válidos (748.150 votos) e Carlos Eduardo 32,45% (525.933 votos).

Considerando-se os votos totais, a FIERN/Certus apurou que Fátima Bezerra aparece com 44,61%, e Carlos Eduardo tem 38,58%. “Nenhum” chega a 9,72% e “Não Sabe” a 6,88%.

Fátima Bezerra e Carlos Eduardo apresentam números de rejeição muito próximos. Enquanto a candidata do PT atinge a marca de 40,07%, o candidato do PDT fica com 38,16%. Por região, a rejeição de Fátima Bezerra é maior na Grande Natal, 58,48%, e menor no Alto Oeste, 21,94%; Carlos Eduardo tem rejeição maior no Alto Oeste, 47,74%; e menor na Grande Natal, 27,61%.

A pesquisa também apurou a migração de votos do Primeiro para o Segundo Turno entre os candidatos a governador. 91,13% dos que votaram em Carlos Eduardo no Primeiro Turno responderam que pretendem manter a escolha; e 92,80% dos que votaram em Fátima Bezerra no Primeiro afirmaram que preservam a opção no Segundo Turno. Já 47,57% dos que votaram em Robinson Faria dizem que votarão em Carlos e 33,98% em Fátima; 62,71% dos que votaram em Brenno Queiroga afirmam que votarão em Carlos e 22,03% em Fátima; 35,71% dos que optaram por Carlos Alberto afirmam que votarão em Carlos Eduardo e 28,57% em Fátima.

Quanto ao voto casado de presidente e governador, 72,90% dos que votam no presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, pretendem votar em Carlos Eduardo e 13,14% em Fátima Bezerra. Já 76,60% dos que votam no presidenciável do PT, Fernando Haddad, declaram voto em Fátima Bezerra, e 17,00% em Carlos Eduardo.

Pesquisa registrada no TSE sob os números:
BR 00385/2018
RN 02146/2018

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/Agência Brasil

Agência Brasil  

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Apenas uma mulher disputa o 2º turno nos estados

Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Agência Brasil 

Apenas uma mulher irá concorrer às eleições estaduais no dia 28, em segundo turno. Somente a candidata do PT ao governo do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, está na disputa. Com uma carreira política construída no Legislativo, ela é senadora pelo estado e cumpriu três mandatos como deputada federal.

No primeiro turno, Fátima Bezerra ficou na frente do candidato Carlos Eduardo (PDT). Mas, se ela for derrotada, não haverá mulheres governadoras em nenhum estado, antítese em um país cujo eleitorado é formado majoritariamente por mulheres.

Compartilhe:
15/10/2018
Por Danilo Evaristo em Notas

Carlos Eduardo recebe novos apoios de prefeitos

A campanha do candidato ao Governo do Rio Grande do Norte e ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, recebeu na manhã de sábado, na sede do diretório estadual do Partido Democrático Trabalhista – PDT, o apoio de seis prefeitos que votaram em outros candidatos no primeiro turno.

Confirmaram apoio a Carlos Eduardo os chefes do Executivo dos Municípios de Maxaranguape (Luiz Eduardo – PSD), Japi (Jodoval Pontes – MDB), São Tomé (Anteomar Pereira “Baba” – PSD), Vera Cruz (Marcos Cabral – PSB), Passa e Fica (Léo Lisboa – PSD) e Bodó (Marcelo Porto – PSD).

Além dos novos prefeitos, durante reunião na sede do PDT, Carlos Eduardo recebeu a confirmação de vários outros prefeitos e lideranças políticas de diversos municípios do interior. O candidato destacou a importância da participação de todos na campanha, com objetivo de conquistar a vitória nas urnas no próximo dia 28, enfatizando a aliança com o candidato a Presidente Jair Bolsonaro(PSL). “Firmamos essa aliança pois o Rio Grande do Norte está numa situação de grave crise que não pode ser agravada nas mãos do PT”.

“Estamos agora numa nova eleição, com somente dois candidatos e nós temos ainda 15 dias para campanha. Vocês são lideranças importantes e essa liderança de cada um precisa ser confirmada. Temos um dever com o RN e temos que lutar por isso. Nossos estado tem que reagir. Outros estão conseguindo superar as dificuldades e sair da crise. Nós também precisamos seguir esse mesmo caminho”, afirmou Carlos Eduardo.

O deputado estadual Tomba Farias(PSDB), que anunciou apoio à dobradinha Carlos Eduardo/Bolsonaro defendeu que Carlos Eduardo é o mais preparado para tirar o Estado da crise. “Chegou a hora, não podemos perder tempo nem temos outro caminho. Temos que apoiar quem tem capacidade de Governar”, completou Tomba. “Precisamos eleger Carlos Eduardo, PT de jeito nenhum”.

Estiveram presentes cerca de 30 prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças políticas de várias regiões.

Via Heitor Gregório

Compartilhe:
Página 30 de 1.617« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros