09/04/2015
Por Danilo Evaristo em Rádio Cidade FM Jucurutu, Segurança

Polícia Civil tem deficiência de 70% do efetivo no estado

Polícia Civil do Rio Grande do Norte possui atualmente deficiência de 70% do seu efetivo. A informação é da Secretaria de Segurança Pública do Estado, representada por Kalina Leite, em entrevista ao MOSSORO HOJE.  De acordo com a secretária de segurança pública do RN “é muito preocupante a questão da Polícia Civil no RN em razão da deficiência no efetivo que existe, e isso prejudica muito a atuação da polícia judiciária”.

A secretária esclarece ainda que uma das dificuldades por quais passam as Polícias do Estado é necessidade do preso muitas vezes ficar detido na própria sede da Delegacia. “Essa situação acaba atrapalhando as investigações”, diz ela. Mesmo com a deficiência, para a secretária, a interiorização da Polícia Civil não é uma saída para o problema da falta de policiais.

“Eu sou uma crítica ao processo de interiorização, sei que todos os municípios necessitam da presença das policiais, mas a gente tem que fazer a interiorização com responsabilidade, a gente não pode colocar um agente e um escrivão sem um delegado ou uma equipe que não tenha condições de fazer um trabalho de polícia judiciária que a sociedade precisa”, explica a secretária. Para ela, é preciso trabalhar com inteligência policial e buscar um reordenamento de recursos do RN para a situação se normalize. “Já estamos fazendo um estudo para redimensionar a atuação da polícia judiciária, que coincida com o poder judiciário e com o Ministério Público”, finaliza Kalina.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros