31/01/2015
Por Danilo Evaristo em Mossoró

Oficial da PM/RN sofre tiro no tórax e foi salvo por colete

download

Jornal de Fato – O tenente PM Luciano da Costa e Silva e dois policiais militares foram atender uma ocorrência (briga de vizinhos) na localidade de Areia, em Pau dos Ferros, e sofreu um tiro de espingarda calibre 20 no tórax. Foi salvo pelo colete. O chumbo desviou e acertou, rosto, ombro e a mão, quebrando 3 dedos. O disparo no oficial foi feito pelo agricultor Roque Dário de Medeiros, de 54 anos, que terminou morrendo trocando tiros com os outros policiais que estavam com o tenente PM Luciano, pouco metros do local. Tombou com um cartucho na mão e a espingarda na outra.

Os policiais relataram que foram acionados por um servidor do Fórum Municipal de Pau dos Ferros, relatando o pai estava sendo ameaçado pelo vizinho conhecido por Roque Dário. Inclusive, o servidor do fórum teria dito que Roque Dário havia efetuado vários disparos na direção da casa do pai. Estava aflito. Diante do relato, o tenente Luciano acompanhado com dois policiais se dirigiu até a localidade Areia, onde mora o acusado e o pai do servidor do Fórum. Chegando ao local, Roque saiu por uma porta lateral e atirou no tenente Luciano, acertando em cheio no tórax, resvalando, no rosto, braço e mão.

Os outros dois policiais, em condições de proteção, reagiram atirando contra Roque Dário, que chegou a recarregar e efetuar outros dois disparos na direção dos outros dois policiais. Protegidos, os policiais conseguiram alveja-lo. Roque Dário morreu com um cartucho na mão e a espingarda calibre 20 na outra. Os policiais levaram o colega para o Hospital Regional de Pau dos Ferros. Comandante Cavalcante, de Pau dos Ferros, pediu ajuda em Natal para o colega baleado. O governo do Estado enviou uma aeronave e transferiu o policial para receber atendimento no Hospital Walfredo Gurgel.


Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Busca no Blog

Facebook


Twitter


Parceiros